sexta-feira, 8 de março de 2013

Capitulo 25 e 1ª parte do capitulo 26

Olá Pessoal! Aqui está o capitulo 25 e a primeira parte do capitulo 26 como especial.
Espero que gostem.


O terror tinha-se alastrado na cara dos membros do grupo. A rapariga baixa levantou a Juliana do chão violentamente e empurrou-a para os restantes membros do grupo. A Mafalda foi amarrada pelos braços da rapariga.
- Dêem as últimas palavrinhas a esta criatura.
- Nem penses que isto vai ser assim!
Eles pegaram em facas e apontaram para a rapariga baixa. Quando estavam prestes a atirar, o barulho dos carros da polícia apanhou-os desprevenidos. O Gonçalo olhou espantado para os restantes membros do grupo.
- Quem é que chamou a polícia?
Os colegas encolheram os ombros. A rapariga baixa escolheu estes segundos para atirar ao Gonçalo com a arma que tinha escondida. A Mafalda que nessa altura estava no chão reparou no gesto dela e atirou-se para proteger o Gonçalo. Os restantes segundos foram de tensão. A Mafalda caiu no chão totalmente ferida no braço. Ainda se conseguiu levantar enquanto via o Gonçalo a ir a correr ter com a rapariga baixa quando uma bala vinda do outro lado da garagem acertou a Mafalda. Silêncio...

1ª parte do capitulo 26

A Mafalda caiu ao chão já incapacitada de levantar. O Gonçalo deixou cair a faca ao chão mas o Bernardo apanhou-a e guardou no bolso das calças. As raparigas fugiram e a Patrícia gritou. O Gonçalo e os restantes membros do grupo trocaram olhares. A Patrícia chamou a polícia. 
- Desculpa Patrícia, eu não atendi o telemóvel... -desculpou-se o Gonçalo. - Não faz mal. 
- Patrícia! -era a Mafalda com uma voz fraca. 
- Mafalda, calma está tudo bem. 
- Gonçalo, amigos! 
- Sim Mafalda nós estamos aqui. -disse o Gonçalo. 
- Patrícia, ouve-me. -disse a Mafalda fazendo uma pausa -toma conta de ti. 
- Eu tomo. -disse ela a sorrir. 
- E peço desculpa por não ter sido uma boa irmã para ti. 
- Irmãs são assim. 
A Mafalda sorriu. 
- Gonçalo! 
A Patrícia levantou-se e deu lugar ao Gonçalo. 
- O meu fim chegou e precisas de eleger uma líder. 
- Não Mafalda, tu vais melhorar. -disse o Gonçalo a sorrir. 
- Se eu ir não ponhas a Márcia como chefe está bem? 
- Porquê? 
- Tu vais percebe mais tarde. Põe a Diana como chefe por favor. 
- Eu faço. 
O Gonçalo não queria que a Mafalda morresse mas a Mafalda viu o seu fim.
Continua...

Aqui está. Pronto.
Comentem. Será este mesmo o fim da Mafalda?

18 comentários:

Obrigada pelo comentário, a sua opinião é importante para o escritor.