sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Capítulo 6

(Observação da autora no dia 01/10/2018 - Corrigi possíveis erros ortográficos deste projeto chamado "Uma Vida Eterna". Já é possível relê-lo de forma mais adequada. Não sei se será lançado em livro algum dia, mas não alterei qualquer palavra ou enredo, apenas erros).

Atenção portugueses: Este projeto está escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Capítulo 6

Acordei mal. Pesadelos. Durante a manhã só pensava na saída. Mas o que será que vamos fazer? Coisa boa não era de certeza, mas eu também não iria aceitar. Espero eu. 

***

Está na hora. Fiquei à espera uns minutos na rua da casa da Marina. Vejo-os a subirem a rua à presa. Fiquei um tanto inquieta. Quando eles andam à pressa não é bom sinal, principalmente quando se trata da menina Marina. Estou a ser irónica, obviamente. A única coisa de que ela é menina é do seu nariz. Quando eles me alcançaram, a Marina agarrou-me o braço.
– Anda, nerd, vamos nos divertir.
Ela puxou-me. Por momentos perdi a minha segurança toda. Puxou-me pelo braço durante todo o caminho. Quando presto mais atenção aonde eles me estavam a levar, vejo o colégio. Eles estão loucos? Estava fechado. Estou atordoada com isto tudo.
– Onde tens a chave? – Perguntou a Marina ao Ricardo.
Eu não estou a acreditar! Ele traz a chave do colégio! Eu sabia que isto ia correr mal. Ele abre a porta e lá vou eu arrastada de novo. Se eles me vão trancar no colégio? Eu pensava que sim, mas na verdade não. Eles entram e encostam a porta. Tiram vários frascos nas malas que traziam. Não acredito! Vão grafitar! Isso dá expulsão. Gritei, mas eles não me deram ouvidos. 

***

Já passaram 30 minutos e eles ainda com isto. Sentei-me num canto, embora eu ter a certeza que seria cúmplice. Nada que eu me admirasse, a nerd paga sempre. Tudo estava “bem”, quando se ouve a buzina dos carros da polícia. Todos começaram a fugir. Eu tive uma reação tardia, mas também me levantei e comecei a sair.
– Nerd, espera por mim. – Disse o Ricardo, enquanto corria para me alcançar.
Eu tornei-me justa. Como trazia a chave comigo, só lhe disse:
– Não! Não vou esperar por ti. 
E virei-lhe as costas, tal como ele fez a muitos amigos meus do colégio.


Fim do Capítulo 6.

23 comentários:

  1. gostei da atitude dela.deixou-o lá sozinho.

    ResponderEliminar
  2. mesmo nerd é uma personagem vingativa.

    ResponderEliminar
  3. Hahaha!Deixou o Ricardo lá dentro!Será que ela é que é a assassina/psicopata??!

    ResponderEliminar
  4. Gostei!
    Posta logo.

    Beijos,
    Natasha Alyosha.

    ResponderEliminar
  5. Gostei do capítulo!Continua!

    ResponderEliminar
  6. A Catharina o deixou lá?Ele assim vai preso,não é?
    Posta logo!

    Beijos,
    Juh :)

    ResponderEliminar
  7. Ela deixou-o lá dentro da escola?Quando ele sair da prisao,se for preso,vai se vingar dela.ou então a Marina vai se vingar por ele.

    ResponderEliminar
  8. A Catharina vingando-se das maldades dele!E depois imagino que seja a Marina.Espero por terça.

    ResponderEliminar
  9. adorei!posta logo por favor.

    ResponderEliminar
  10. yeah!desta vez não tive pena nenhuma mas acredito que ele vai se vingar dela.Vai ter troco.

    ResponderEliminar
  11. A história está muito boa.Superaste-te.
    Continua!

    ResponderEliminar
  12. Bem feita a esse Ricardo!Não tenho pena dele!

    ResponderEliminar
  13. Pensava que ele começava a pagar mais tarde,não já tão cedo.

    ResponderEliminar
  14. Fui apanhado desprevenido,nunca pensei que essa personagem fosse fazer isso.Gostei.

    ResponderEliminar
  15. fiquei feliz por ela ter feito isso a ele!merecia!

    ResponderEliminar
  16. Ele vai ser preso?Isto está a começar bem!

    ResponderEliminar
  17. agora ele é preso e fim da história...
    hehehe!era no minimo esquisito.ainda muita coisa vai acontecer espero.

    ResponderEliminar
  18. Demorei massss cheguei hahah
    Amiga, a história está maravilhosa!
    Capítulo incrível, como de costume, e eu to amando muito essa fic. Talvez por ser tão jovial e realista, e mesmo vc escrevendo de maneira diferente das outras, continua deixando emoções e c um gostinho de quero mais ao fim de cada capítulo!
    Em relação a minha demora, acontece q após o 1o e 2o capítulo eu chequei o blog bastante na msm semana e nada, e qd eu vi hoje vários caps kk mas nada q não desse para acompanhar sem ficar enrolada.
    Enfim, tá tudo ótimo e a Cathie ta representando <333
    Bisous ♥

    ResponderEliminar
  19. Oi, voltei :D
    Estou adorando a fic, sim, está diferente do que vc costuma escrever, mas ainda assim, é um capítulo mais perfeito que o outro... Na hora que a Marina chamou Cathe para se sentar com ela, percebi que estavam a tramar algo, só não imaginava que era isso...
    Achei ótimo ela ter deixado Ricardo para trás, mas estou morrendo de curiosidade, eles vão todos conseguir escapar? E depois, será que vai cair tudo nas costas dela?
    Adorei.
    Posta logo!!
    Bjsss

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário, a sua opinião é importante para o escritor.