sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Capítulo 5

Olá Pessoal! Espero que tenham tido uma boa semana.
Sei que vocês têm achado estranho a minha forma de escrita e a maneira como a história tem corrido. Está muito "harmoniosa", como alguns disseram. Está diferente do que costumo escrever.
Na verdade, nem eu sei porque a história começou assim. Quando a escrevi (em 2012) não a achei muito diferente das outras mas hoje sinto que é realmente diferente.

Atenção portugueses: Esta história está escrita nos termos do novo acordo ortográfico.

Capítulo 5

Tenho tentado arranjar coragem para ir a casa da Marina. Falta apenas 5 minutos. Estou no autocarro. Se estou nervosa? Se dissesse que não estaria a mentir. É sábado. Não quero estragar o meu fim-de-semana com gente que não vale a pena. Já me basta os dias de semana. Enfim...acabei de sair do autocarro e estou a encaminhar-me para a casa dela. Respiro fundo. Dentro de segundos vejo-me em casa dela. Todos os amigos dela estão lá. Arrepiei-me! Isto costuma ser mau sinal. Ela mandou-me sentar no sofá dela.
- Olá nerd! Como não conseguia ficar sozinha contigo no mesmo compartimento pedi aos meus amigos para virem.
Olhei séria para ela. Queria partir para a violência física mas contive-me. Não me apetece sujar as minhas mãos por gentalha que não presta.
- Vamos fazer o trabalho. -disse-lhe eu.
- Sim, temos de acabar o quanto antes. -disse ela cínica como sempre.
Uma hora passou. A Marina foi buscar umas bebidas. Até correu bem. Enquanto ela andava na cozinha e os outros também, o Ricardo, que era o único que estava sentado ao meu lado, disse-me:
- Tu e a outra nerd são muito amigas.
- Sim. -disse eu sem olhar para ele.
- Pouca gente faz o que tu fizeste.
- Sim, imagino que pouca gente faça o que fiz, principalmente tu.
Ele ficou sério.
- A nerd merece.
Fiquei chateada.
- Então imagina seres tu a nerd. -disse-lhe eu olhando para ele zangada.
Ele, que estava a olhar para mim, baixou a cabeça. Afinal não é tão insensível. Ele percebeu o que eu disse.
- Cheguei!
A voz irritante da Marina estragou mais uma vez, todos os meus pensamentos.
- Trouxe as bebidas, querida. -disse ela com ar enjoado.
Não precisava de me chamar de querida se lhe dá tantos vómitos.
Sentou-se ao meu lado e passámos mais uns minutos a terminar o trabalho. O pior veio depois...
- Nerd, o que achas de amanhã à tarde sairmos para algum lado? -perguntou-me a Marina.
- Tenho de estudar. -respondei eu tentando me livrar.
- Vai, os nossos testes não são nesta semana. -disse o Ricardo.
Agora parece que foi em vão. Tenho que ir mesmo.
- Está bem. 
E pronto. Está marcada a minha sentença de morte...ou talvez não.

E fica por aqui. Espero que tenham gostado.
Dêem a vossa opinião.

Bjs :)

22 comentários:

  1. gostei do capitulo mesmo sendo diferente.como tinha dito,acho-a só diferente.

    ResponderEliminar
  2. Hum...que história estranha.acontece tudo mas ainda nem rasto de pessoas psicopatas,ou será a Marina?
    Posta logo.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  3. Não acho a história má de todo.Estou a gostar.

    ResponderEliminar
  4. Gostei!
    Posta logo.

    Beijos,
    Natasha Alyosha.

    ResponderEliminar
  5. Achei um bom capítulo.
    Continua.

    ResponderEliminar
  6. Já imagino treta amanhã à tarde.
    Estou curiosa para o que vai acontecer.

    Beijos,
    Juh :)

    ResponderEliminar
  7. se começa assim provavelmente vai acabar por ter o melhor final. já nao espero nada vindo de ti.

    ResponderEliminar
  8. Estou a gostar da história embora ainda ter algumas questões(de início).

    ResponderEliminar
  9. essa marina já mete raiva.

    ResponderEliminar
  10. É diferente mas não deixa de estar bem escrita.

    ResponderEliminar
  11. estou a gostar da mudança.não fiques com medo.

    ResponderEliminar
  12. Será que existe alguma coisa aí entre a Catharina e o Ricardo?
    Se calhar não,é o mais provável.

    ResponderEliminar
  13. Gostei da escrita e a história parece-me boa em apenas 5 capítulos.
    Continua!

    ResponderEliminar
  14. Esse grupinho parece ter segredos...acho que vai mais uma escola do terror.

    ResponderEliminar
  15. Li o comentário da Sílvia e não concordei.a Catharina e o Ricardo?Não faz sentido.

    ResponderEliminar
  16. OMG!Será que vai haver algo entre a Catharina e o Ricardo?Se isto fosse uma história normal teria romance mas como é tua duvido tal coisa!

    ResponderEliminar
  17. Estou achando que vai dar merda! (Dsculpa a expressão) nessa saída, vai acontecer algo.

    ResponderEliminar
  18. Ai estou gostando muito posta o mais rapido possivel bjs

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário, a sua opinião é importante para o escritor.