AVISO...

Olá Pessoal!

Já avisei na Página do Facebook e decidi avisar no blogue também.

Na página Livros têm os links onde poderão comprar o livro "A Escola do Terror".


Aviso mais uma vez que tem alterações ao que está no blogue!


Obrigada.

terça-feira, 29 de julho de 2014

Capítulo 18 e Capítulo 19

Olá Pessoal!
Obrigada pelos comentários.
Peço que continuem a votar para a próxima estória.
Até lá, fiquem com o capítulo 18 e o capítulo 19. Falta um capítulo para o final.

Atenção: Esta história não foi escrita nos termos do novo acordo ortográfico.

Capítulo 18

“Porque é que eu fiz isto com ela? Sei que o que fiz foi errado mas eu nunca estive arrependido e é isso que está a acontecer agora.” – Pensou o Gustavo.

Nesse momento, a Natasha abriu a porta.
- O Felipe contou-te? – Perguntou ele.
- Sim. Como pudeste fazer isso com ela? – A Natasha olhava para o Gustavo, desiludida.
- Tu sabias que eu a traia.
- Eu sei mas mesmo assim. Porquê assim?
- Natasha, eu gostava dela mas depois de um tempo de namoro eu desisti. Eu já não estava mais feliz.
- Mas como podias estar com uma pessoa que não te fazia feliz?
- Por um motivo estúpido. Mesmo ela não me fazendo feliz ela era tudo para mim.
- E chegaste a contar a ela o que sentias antes de ela ter visto o que viu?
- Não. Ela só fazia joguinhos estúpidos. Saía com amigos rapazes dela mesmo tendo algum ciúme mas era normal.
- Acho que vocês precisam de conversar com calma. Ela está no quarto do Felipe.
O Gustavo respirou fundo e foi ao quarto do irmão.
- Marisa, precisamos de falar.
- Vai embora. – Disse ela.
- Não vou, só vou depois de eu te falar uma coisa.
- Então diz e vai-te embora.
- Eu sei que te magoei, sei que o que fiz foi errado. Mas eu estou arrependido. Eu adoro-te.
- Não parece. – Disse ela séria.
- Não parece? E até quando tu vais parar com esses jogos?
- Que jogos?
- Dos teus jogos de ciúmes, de mentiras. Tu sabes que se pedisses para sair com os teus amigos rapazes que eu não te proibia mesmo que eu não gostasse.
- Como soubeste?
- Eu segui-te. Achas que eu ia-me sentir como? Mentias para mim. E eu não aguentava mais a tua mudança de humor.
Eles continuaram a conversar um longo tempo. A Natasha e o Felipe ficaram até assustados com todo aquele tempo sem nenhuma notícia mas finalmente os amigos se entenderam.

Capítulo 19 (Penúltimo)

Umas semanas passaram, e numa sexta-feira, o Gustavo entrou disparado dentro de casa. O Felipe e o Edson assustaram-se.
- Felipe, Edson venham ter comigo ao meu quarto.
Os irmãos olharam um para o outro e foram atrás do irmão.
- O que se passa mano? – Perguntou o Felipe.
- A Marisa viajou. Foi-se embora simplesmente.
O Felipe baixou a cabeça.
- Nós sabíamos disso.
- E porque é que não me disseram nada? – Perguntou o Gustavo, zangado.
- Porque ela não te quis contar. – Disse o Edson.
O Gustavo abanou a cabeça. Nesse momento, a Natasha entra no quarto.
- A vossa mãe abriu-me a porta. – A Natasha olhou para o namorado e para o Edson – Vocês contaram?
- Ele já soube. – Respondeu o Edson.
- Porque é que vocês não contaram? Ela apenas escreveu uma estúpida carta para mim.

Ele passou a carta ao irmão Edson que a passou para a Natasha que se pôs a ler.

“Gustavo, eu vou precisar de viajar. Vou para casa de um parente meu e como não quero que me sigas eu não direi para onde vou só te digo que estarei longe. Eu não sei se contigo eu vou estar bem. Eu preciso de encontrar mais alguém, preciso de conhecer pessoas. Se eu realmente não te tiver esquecido durante este tempo eu volto para te ver (se ainda não tiveres ninguém). Beijos. “

- Deixem-me sozinho por favor. – Disse o Gustavo a deitar-se na cama.
O Felipe decidiu ficar. A Natasha percebeu e assentiu e levou o Edson consigo para a sala.
- Mano, - O Felipe sentou-se na cama do irmão – tu sabes que comigo e com a Natasha aconteceu o mesmo, não sabes? Eu tive de ficar dois anos lá e namorei com outra rapariga, a Carina, mas o meu pensamento sempre foi a Natasha. Isso pode acontecer com a Marisa.
O Gustavo sentou-se na cama.
- Explica-me como conseguiste viver sem ela durante dois anos.
O irmão respirou fundo.
- Foi complicado. Mas pergunta à Natasha. Talvez ela te responda. Ela é que estava cá.
O Gustavo baixou a cabeça.
- Ela sofreu. Por isso é que mudou. E tu sabes disso.
O Felipe sorriu.
- Manda-lhe uma carta. Passa pela Natasha que ela irá colocar no correio. Ela sabe onde a Maris está mas eu não posso contar. Acredito que ela irá regressar. Acredito que ela não te irá esquecer.
Os irmãos abraçaram-se e o Felipe saiu do quarto do irmão, deixando-o pensativo.

Bem, decidi postar dois capítulos, embora ter falado na página de Facebook que só iria postar o capítulo 18.
O último capítulo será postado no dia 1 de Agosto, Sexta-Feira.
Ter colocado em negrito uma frase no capítulo 18 foi propositado.

Até Sexta e boa leitura!

17 comentários:

  1. Isso foi um romance dramático?
    Até gostei a Marisa ter ido embora.

    ResponderEliminar
  2. A Marisa foi embora?Não faz sentido Diana!Nunca pensei que isso aconteceria.
    Vou esperar ansiosamente por Sexta Feira.

    ResponderEliminar
  3. A miúda virou mulher no final.Que bom!Já merecia!Ahahah!

    ResponderEliminar
  4. As minhas prezes foram ouvidas.A Marisa virou mulher de armas!Aquela que eu não tinha esperança que pudesse fazer algo foi a que mais fez.
    Estou feliz pela personagem!

    ResponderEliminar
  5. Adorei a atitude da Marisa.
    Grande mulher!
    Sempre enxovalhada por ser uma idiota e pensar "mal" mas finalmente teve a atitude que ela mereceu tomar em toda a história.
    Estou muito feliz pelo percurso dela.
    Posta logo, Diana!
    Vou sentir saudades dessa história.

    Beijos,
    Juh :)

    ResponderEliminar
  6. não fazia ideia que a marisa teria uma resposta destas.

    ResponderEliminar
  7. A atitude da Marisa foi perfeita.

    ResponderEliminar
  8. esse gustavo é um idiota só sabe que perdeu depois do mal que fez.

    ResponderEliminar
  9. o gustavo merece sofrer.
    posta logo o final!

    ResponderEliminar
  10. A Marisa fez isso :O ?
    Ok...

    ResponderEliminar
  11. O Gustavo vai acabar sozinho?!Primeira vez no mundo da histórias.
    Posta logo,quero que amanhã já seja 1 de Agosto.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  12. Gostei muito da Marisa.
    Acho que ela foi a minha favorita dessa estória.
    Espero pelo final ansiosamente.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  13. Gostei da Marisa,ela depois de tudo o que parecia ser,revelou-se uma personagem madura.
    Parabéns!

    ResponderEliminar
  14. Depois da atitude do Felipe,vejo a atitude da Marisa.
    Acho que eles foram os melhores personagens!
    Vou esperar pelo final.

    ResponderEliminar
  15. Está aqui. Já actualizei-me.
    O Gustavo faz lembrar-me muitos os homens insatisfeitos e inseguros. Porque só eles é que fazem o que ele fez. Não conseguem ficar com uma mulher quando amam outra. Acho que isso irá fazê-lo perceber o que quer. Ansiosa

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário, a sua opinião é importante para o escritor.