AVISO...

Olá Pessoal!

Já avisei na Página do Facebook e decidi avisar no blogue também.

Na página Livros têm os links onde poderão comprar o livro "A Escola do Terror".


Aviso mais uma vez que tem alterações ao que está no blogue!


Obrigada.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Capitulo 63 - É um psicopata, não um assassino

Olá Pessoal!
Obrigada pelos comentários.
Amanhã haverá um especial aniversário e na quinta feira também por isso, terão mais dois capítulos esta semana.
Espero que estejam a gostar da história.

Diana
No dia seguinte, fui a casa do Magalhães. Tinha uma cópia da casa dele. Fui ver se havia alguma prova do 666. Existia apenas um filme: Encontro com o 666. Fiquei a ver o filme. Arrepiei-me com as semelhanças que o filme tinha com a realidade. Um assassino que assombrava uma escola. Tudo o que o ator fazia no filme, na vida real acontecia o mesmo. Saí da casa do Magalhães e voltei a casa do Henrique. Estava apenas a minha irmã em casa.
- Precisamos de conversar. – disse-lhe.
- Eu sei que tu já sabes. Desculpa.
- Nós teríamos te ajudado. Tu podias-nos contar a verdade.
- Desculpa.
Ela estava a ser sincera. Eu respirei fundo antes de fazer a próxima pergunta.
- Trabalhavas para o 666?
- Comecei a trabalhar para ele graças ao Miguel.
Fiquei atenta ao que ela dizia.
- O Miguel conhece o 666.
- Vê a cara dele?
- Ele diz que sim. – respondeu-me.
- Bem, o 666 é o Magalhães. E confesso que fui uma idiota em tentar protegê-lo. Em tentar convencer-me a mim mesma que ele não era o assassino.
A minha irmã negou.
- Acho que fizeram um erro ao prender o Pedro. Ele não é o 666 de certeza. Como é que a Madalena poderia estar a falar do 666 ao próprio 666?
- Poderia ser um filme. Como foi.
- Não, o Pedro não é o 666.
Fiquei a pensar no que a minha irmã me disse.
Quando cheguei à escola, as duas irmãs do Miguel, a Cátia e a Ana Gláucia vieram ter comigo.
- O 666 ainda está à solta! – exclamou a Ana.
- Não. Era o Magalhães. Já estão fora de perigo. – disse.
- Não Diana. O Magalhães não é o 666. – disse a Cátia.
A Andreia ouviu a minha conversa com as irmãs do Miguel e veio ter comigo assim que elas se afastaram.
- Eu vou falar com o Magalhães hoje mas garanto-te, ele é o 666.

Andreia
Eu sabia que ele não era o 666 mas eu estava chateada com ele. Eu só queria que ele pagasse!
Fui falar com o Pedro. Assim que me viu perguntou-me o que eu estava ali a fazer. Ele estava com a Ana Carretas.
- O que é que a Ana está aqui a fazer? – perguntei.
- Fui falar com o Pedro. Mas já estou de saída.
Vi a Ana a afastar-se. Depois, comecei a falar com o Pedro.
- Com que então és o 666!
- Andreia, tu sabes perfeitamente que eu não sou. Ambos sabemos.
- Pois, mas a polícia pensa que és.
- Admito que tiveste razão. Tiveste sempre razão. A Diana é polícia.
- Eu sabia. Pelas atitudes dela. – voltei ao assunto principal – Tu sabes quem é o 666?
Ele afirmou.
- Sem máscara? – perguntei.
- Sim, sem máscara.
Fiquei séria. Ele sabia quem era ele.
- É algum traidor?
Ele riu-se.
- Trabalhas para a Diana agora?
- Há muito tempo que trabalho para a Diana e ao mesmo tempo para o 666.
Ele ficou curioso.
- Desde que a Bruna foi para o hospital.
- Ah, bem me parecia. – ele ficou calado por breves segundos – A Joana também está cá.
- Quem é que matou a Marta?
- Foi o 666. Achavas que era eu?
- Era possível.
- O 666 não é um assassino, é um psicopata. Já viste o filme Encontro com o 666?
- Não gosto de filmes de terror.
- Bem, o 666 real faz o mesmo que o ator que fez de 666 no filme. O 666 é um obcecado nesse filme.
- Aquele filho da mãe matou os meus pais graças a um filme? – disse revoltada.
- Não foi ele que matou os teus pais.
A resposta do Pedro caiu como uma faca na minha mente.
- Não foi? Então, quem foi?
- O assassino dos teus pais morreu.
- Como é que eu não soube disso?
- Porque o nome do 666 já era falado e tu colocaste a hipótese de ter sido ele.
- E quem é o psicopata? O obcecado?
- Eu não posso dizer!
- Mas Pedro, ele colocou-te aqui e ainda o defendes? – parei de falar por breves segundos – Ele é o teu melhor amigo?
O Pedro riu.
- Não.
- Porque é que és o “filho” dele? – perguntou fazendo aspas com os dedos.
- Porque eu gosto de filmes de terror. Eu já conhecia o filme Encontro com o 666. É um dos meus favoritos.
- Como é que ele te chantageou?
- Ele disse que ia colocar as provas contra mim.
- Só por isso? Tu podias chantageá-lo também.
- O pior é que eu não tinha provas. A polícia não iria acreditar em mim.
- Pois mas arranjavas. E se fosse preciso, criavas.
Ele riu-se.
- É tudo muito fácil para ti mas não és tu que vais morrer se o 666 saber que te contei.
- A Diana vai-te proteger.
- Só se me tirar daqui. – disse ele. O Pedro tinha razão. Preso era um alvo do 666. Eles nem conheciam o assassino.
- Acredito que vais dizer à Diana que eu sou o 666.
- É verdade, eu vou dizer isso.
- Mas acredita, nunca te fiz mal Andreia.
- Descobri isso hoje. – apenas disse.
O meu telemóvel tocou.
- Estou?...a Cátia e a Gláucia?
Apoiei-me à parede com a notícia que recebi da Ana Rodrigues. Terminei a chamada e olhei para o Pedro.
- A Cátia e a Gláucia foram mortas.
- Elas disseram algo sobre o 666?
- Disseram que ele ainda estava à solta.
- Ora aí está! Queres mais pistas? A pessoa está bem perto do vosso nariz.
Fiquei a olhar para ele. A frase dele ficou memorizada na minha mente.
- Alguém sabe quem é ele verdadeiramente?
- Eu e o César somos os únicos. Mas duvido que o César conte. Ele está longe de tudo isto.
Acabei de ouvir o que ele me disse e saí dali.

Aqui está. Pronto.
Novas pistas sobre o 666.
Quem acham que é?
Comentem abaixo por favor, quero saber a vossa opinião quanto ao 666 neste momento.
Obrigada.

Bjs :)

19 comentários:

  1. tá fixe!
    acho que é o Pedro Guerra.

    ResponderEliminar
  2. Gostei.
    Acho que é um dos policias que está a armar isto tudo.

    ResponderEliminar
  3. tá lindo.
    Posta logo.

    Beijos,
    Natasha Alyosha

    ResponderEliminar
  4. gostei.
    acho que é o pedro guerra e não pedro magalhães.

    ResponderEliminar
  5. Gostei.
    Muito bom.Afinal é um psicopata.
    Acho que é o Pedro Guerra.

    ResponderEliminar
  6. Foi bom!
    Acho que é a irmã dela.Acabaria mesmo bem se fosse a irmã da policia.

    ResponderEliminar
  7. Adorei!
    Capitulo perfeito!
    É o Pedro Guerra.Foi descoberta tanta coisa sobre ele.Só pode ser ele.
    Posta logo.

    ResponderEliminar
  8. Continua!
    Será a Bruna???Se o César conhece...

    ResponderEliminar
  9. Muito bom.
    Gostei da ideia de ser um psicopata.
    Penso que seja o Miguel,o Pedro Guerra ou até mesmo o próprio César.Não me admirava que o Pedro tivesse dito o nome dele já para o crucificar.

    ResponderEliminar
  10. estou todo baralhado,não faço ideia quem seja.às vezes parece a ana martins a armar tudo,depois parece o pedro guerra com as coisas que já foram descobertas dele.às vezes penso que as prostitutas e o pedro guerra é que são a quadrilha que faz o 666.

    ResponderEliminar
  11. adorámos!
    olha,nós não sabemos.achávamos que seria o pedro guerra mas não podia ser porque seria muito óbvio.provavelmente é um dos bêbados.o diogo sagres ou a carolina.

    ResponderEliminar
  12. Adorei!Ficou perfeito.
    Diana, tipo, eu não sei. Acho que é o Pedro mas como disse um dos anónimos, pode ser até mesmo o César. Não duvido que o Pedro tenha ficado contente de ir preso graças ao 666.
    Posta logo.Estou muito curiosa.

    Beijos,
    Juh :)

    ResponderEliminar
  13. É muito suspeito isso.
    Talvez seja o Pedro mas não sei.Acho que será o Diogo Sagres é menos provável.

    ResponderEliminar
  14. OMG!Eu não sei :S
    É muito esquisito isso.
    Mas aposto no César.

    ResponderEliminar
  15. não cogito nada :( estou a zeros.
    tipo,talvez seja o próprio césar.

    ResponderEliminar
  16. é a irmã da Diana,essa idiota parece ser a coitadinha que tem que ser salva pelo 666 mas ela é que é o 666.
    hahaha!
    acho que é ela.

    ResponderEliminar
  17. Adorei o capitulo.
    Penso que seja o Pedro Guerra.
    Posta logo.

    Beijos.

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário, a sua opinião é importante para o escritor.