sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Capítulo 11

(Observação da autora no dia 04/10/2018 - Corrigi possíveis erros ortográficos deste projeto chamado "Um Segredo Bem Guardado". Já é possível relê-lo de forma mais adequada. Não sei se será lançado em livro algum dia, mas não alterei qualquer palavra ou enredo, apenas erros).

Capítulo 11

Entretanto, no quarto das meninas, a Marcela e a amiga, já vestida de Maria, estavam a falar.
– Maria, eu tenho uma coisa para te contar.
– Conta.
– A Van descobriu que a Marcela sou eu, a Zélia.
– O quê?
A Maria não estava a acreditar que a amiga tinha feito uma coisa daquelas.
– A sério. Ela percebeu quem eu era.
– Onde é que ela está agora?
– Ela deve estar com o César, se é que ainda não se levantaram.
– Como assim?
– Na festa de máscaras, ela estava com o mesmo vestido da Nicole, que desapareceu com o César.
– Então… estás a pensar o mesmo que eu?
– Acho que sim.
Elas sorriram uma para a outra. A Maria, de seguida, olha para o relógio que trazia no pulso.
– Tenho de ir. Tenho um encontro com o João.
– Então não te esqueças da peruca e de te transformares em Teresa Cristina.
– Eu vou de Maria. Se perguntarem pela Teresa, diz que ela foi à casa de banho, ou que não sabes dela.
A amiga sorriu.
– Ok. Boa sorte.
A Maria saiu do quarto e foi encontrar-se com o João à porta do acampamento, como estava combinado. Quando chegou ao local, viu que o rapaz já estava à espera do outro lado da rua e foi ter com ele.
– Olá.
– Olá. Maria?
Ela afirmou com a cabeça.
– Queres conhecer o acampamento?
– Claro.
Eles caminharam pelo acampamento e foram conversando. Mais tarde, sentaram-se num banco e o João ficou a reparar mais na Maria, já que estavam frente a frente.
– Pareces-te muito com a Teresa Cristina.
A Maria assustou-se.
– Eu? Eu não sou ruiva.
O João achou estranho.
– Como é que tu sabes que ela é ruiva?
A Maria não sabia o que dizer. Teve que pensar rápido. O João nunca lhe tinha dito que a Teresa Cristina era ruiva.
– Tu contaste-me. – Disse-lhe ela.
– Não me lembro, mas se tu dizes…
Finalmente, a conversa tinha ficado por ali quanto à Teresa Cristina. Eles despediram-se um do outro e decidiram encontrar-se mais vezes pessoalmente.

Entretanto, o Mário, a Vera, o César e a Vanessa tinham regressado para perto dos outros.
– Finalmente, estão cá e vivos! – Disse a Laura.
– Que bom! Nicole, boa estadia aqui no acampamento, não? – Perguntou o Ivo.
O César olhou para a Nicole.
– Acho que está na altura de tirares isso.
O Ivo olhou para os dois, sério.
– Vocês estão…?
– Sim, estamos a namorar. E não é com a Nicole. – Voltou a olhar para a rapariga – Tira isso!
– Tira o quê? A roupa? – Perguntou o Ivo.
A irmã olhou para ele.
– Cala-te, Ivo! – Disse a Laura, dando-lhe um estalo de leve.
A Vanessa riu.
– Não, é a peruca.
A Vanessa tira a peruca e todos ficam de boca aberta.
– Eu infiltrei-me como Nicole, para me tornar uma aluna como as outras, mas ao mesmo tempo era a Vanessa, a vossa professora.
A Solange falou ao ver tudo aquilo.
– Até a professora agora mente!
O Rafael decidiu calar a Solange, que saiu chateada.
– Marcela, é melhor sairmos daqui. – Disse a Teresa Cristina à amiga.
– É verdade.
E saíram sem os restantes colegas darem por isso. Chegaram ao quarto e tiraram as perucas.
– Então, Maria, como foi com o João?
– Foi emocionante.
A Zélia sentou-se.
– Conta tudo.
A Maria conta tudo à amiga e, de seguida, a Vanessa entra disparada no quarto.
– Meninas!


Fim do Capítulo 11.

8 comentários:

  1. A Vanessa teve sorte porque o César gosta dela senão estava lixada.
    Posta logo.

    ResponderEliminar
  2. Porque é que a Maria não revelou ser a Teresa Cristina?Estou revoltada!
    Posta logo.Beijos.

    ResponderEliminar
  3. a maria não disse a verdade a ele porquê se ela sabe que ele gosta dela?
    detestei a atitude dela.

    ResponderEliminar
  4. Pensava que o César ia ficar chateado mas não,aceitou de boa.não sei porquê.
    A Vanessa vai ver as duas agora!Quero saber o que ela vai dizer.

    ResponderEliminar
  5. Não sei porque é que a Maria não confessou.
    Posta logo.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  6. Porque é que ela não disse nada ao João? :(
    não gostei dela.
    Posta logo.

    Beijos :)

    ResponderEliminar
  7. Acho que entendo porque é que a Maria não disse nada ao João. Ela tinha medo que ele a deixasse.
    Quero saber a reação da Vanessa ao ver as meninas.
    Posta logo.

    Beijos,
    Juh :)

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário, a sua opinião é importante para o escritor.