AVISO...

Olá Pessoal!

Já avisei na Página do Facebook e decidi avisar no blogue também.

Na página Livros têm os links onde poderão comprar o livro "A Escola do Terror".


Aviso mais uma vez que tem alterações ao que está no blogue!


Obrigada.

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Capitulo 36 - Pedro Magalhães sabe de um segredo e Capitulo 37 - "Sim 666, sim vou."

Olá Pessoal!
Aqui estão os capítulos 36 e 37 de Encontro com o 666 tal como disse na página do blog.
Espero que gostem.

Ana Carretas

Assim que o Diogo saiu de casa, eu peguei no meu telefone e liguei para o Pedro Magalhães. Aquele desgraçado agora iria pagar.
- Vem aqui a minha casa já! - tinha-lhe ordenado.
Ele apareceu em minha casa pouco menos de 30 minutos. Mandei-o entrar e encostei-o à parede.
- Tu já sabias de tudo não é, seu mentiroso?
- Ah?
Fez de conta que não sabia do que estava a falar. Fingido!
- Pára de mentir Pedro! Se querias fazer sexo comigo era só dizeres seu safado. - disse eu continuando zangada.
- Sexo contigo?
- Sim, vá eu até posso fazer um preço amigável para ti tal como fiz para o Diogo.- comecei a pensar - Bem, desta vez ele levou grátis.
- Prostituta?
- Qual prostituta? Acompanhante de luxo Pedro. É diferente.
- Diferente?
- Sim. Agora tira essa roupa, eu vou fazer um desconto se gostar. - incentivei.
Ele travou-me. Eu percebi o que ele queria saber.
- Sim Pedro, eu tenho alguma coisa com o Diogo. E não passa de sexo. Há até um homem mascarado que é meu cliente. Não o conheço, não sei quem é.
- Um homem mascarado?
- Sim. - fiquei a pensar - És tu?
- Não, não sou eu.

Pedro Magalhães

A Ana Carretas a dizer-me que é acompanhante de luxo foi estranho. Ela pensava que eu já soubesse de tudo mas não, apanhou-me completamente desprevenido. O que me deixou mais intrigado foi o tal homem mascarado cliente da Carretas. Tinha ar de ser obra do meu "pai".

Capitulo 37 - "Sim 666, sim vou."

Andreia

Era o último dia de férias. Tinha saído de casa para ir ter com o 666. Ele tinha algo para me dizer. Cheguei ao local combinado e esperei por "ele" (666). A imagem dele não tardou a surgir. Vinha com a mesma máscara de sempre e um pouco mais magro desde a última vez que o vi.
- Andreia, apareceste?
- Eu apareço sempre que posso.
- Espero que sim.
- O que querias de mim?
- É um trabalho muito simples: quero que investigues uma pessoa, que tentes fazer mal de alguma maneira.
- E quem é essa pessoa?
- É o Pedro Guerra.
- Porquê ele? Parece inofensivo. - respondi eu em defesa dele.
- Quero saber coisas. Quero saber mais sobre a polícia. Eu sei que ele vai ajudar-nos. Vais ajudar-me?
Eu afirmei.
- Sim 666, sim vou.


Aqui está. Pronto.
Sábado irei postar um novo capitulo em principio.

Bjs :)

16 comentários:

  1. hehe!
    o Pedro e a Ana morria rir!

    ResponderEliminar
  2. O Pedro Guerra parece uma personagem suspeita.Bem sabia que ele devia ter alguma coisa de anormal.Diz que a Ana Carretas é acompanhante de luxo à Diana.No minimo estranho.E a cena entre o Pedro e a Ana foi engraçada.
    Continua!

    ResponderEliminar
  3. Eu cá acho que a Carretas é muito mais suspeita do que eu! Aquele comportamento desmesurado assim do nada é muito estranho... Estou para ver que informações é que o 666 quer sacar da minha pessoa. Continua ;)

    ResponderEliminar
  4. Está fixe!
    Estou para ver o que o Pedro Guerra tem para o 666 desconfiar dele.

    ResponderEliminar
  5. Adorei.
    Posta logo.

    Natasha Alyosha.

    ResponderEliminar
  6. mds ficou ótimo o capítulo.
    Agora me diz, de onde tira tanta criatividade?? kkkk
    me explica isso porque ta perfeito
    TUDO PERFEITO
    Continua assim :DDD
    Posta logo, bjs

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário, a sua opinião é importante para o escritor.