AVISO...

Olá Pessoal!

Já avisei na Página do Facebook e decidi avisar no blogue também.

Na página Livros têm os links onde poderão comprar o livro "A Escola do Terror".


Aviso mais uma vez que tem alterações ao que está no blogue!


Obrigada.

sábado, 22 de agosto de 2009

Capitulo 1

Era uma vez uma rapariga que se chamava Susana tinha 1,63m de altura e pesava 50kg.Tinha uns longos cabelos castanhos encaracolados e uns grandes olhos azuis.Esta rapariga teve um passado difícil,tem 16 anos e aos 14 anos matou o namorado,depois daí a sua vida mudou completamente.Foi abandonada pela mãe Vitória e o pai Luís suicidou-se,até hoje vive com a tia Elisa (irmã do pai) que ajudou-a nesse momento difícil.

Entretanto nas férias do verão a Susana está a falar com a tia em casa:
-Olá tia!
-Olá Susana como correu o dia?
-Bem.
-tenho uma novidade para te contar.
-Diz!
-Matriculei-te numa escola nova.
-Ah!a serio?
A Susana ficou triste mas a tia ao principio não reparou.
-Sim,percebi que na escola não estavas muito contente,devia ser por causa do João e então decidi mudar-te de rumo.
-Não me fales dele,há dois anos que quero esquecer o que aconteceu.
-Ainda me custa acreditar que fizeste isso.
-Então vai-te embora,como fez a minha mãe por vergonha.
A Susana começou a ficar zangada por a tia estar a falar dele de novo.
-O que fizeste foi intolerável só não foste presa porque não tinhas idade suficiente.
-Foi sem querer,a faca caiu-me sem que ninguém pudesse impedir,e eu gostava dele.
-É difícil de acreditar.
-É,mas foi assim.quando eu mais precisava de vocês,não estavam comigo,a minha mãe abandonou-me por vergonha,o meu pai matou-se,há dois anos que a minha vida parou e tu és a única pessoa que me resta no mundo,os meus colegas viraram-me as costas.Eu já não vivo,eu só tenho aqui o meu corpo,a minha alma já se foi.
A cara de zangada da Susana desapareceu e veio uma cara de tristeza.A tia percebeu que ela estava triste e tentou ajudá-la.
-Vais recuperar a tua vida.
-Se fosse fácil.
-O que importa é que vais mudar de escola e encontrar novos amigos.
-Sim,pode ser que me faça bem.-concordou a Susana já um pouco feliz.
-Mas dou-te um conselho de amiga ,de tia e de tua segunda mãe:-a tia pôs o braço a volta dos ombros da Susana-nunca mintas o que fizeste mal no passado,assim não vais ter ninguém.
-Está bem tia.
-Agora vamos almoçar.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo comentário, a sua opinião é importante para o escritor.