domingo, 31 de dezembro de 2017

Balanço de 2017

Olá, Pessoal!
É o último post de 2017 e, por isso, deixo-vos aqui o balanço deste ano que está a terminar.


2017 foi um ano de trabalho quanto a criar e a reescrever projetos.
Participei em alguns Desafios, mas estive também empenhada em escrever algo com mais conteúdo e mais próprio para ser lançado em livro.
Foi um ano de mudanças na minha forma de escrever.
2017 foi um ano de trabalho e indecisões. O que fazer? Como fazer? Será que termino já este projeto e posto no blogue? Será que continuo? Fiz as minhas escolhas e algumas foram vistas ainda neste ano que está a terminar.
Lancei o segundo livro, "Encontro com o Passado", que foi o concretizar do que me competia. Penso que vocês, leitores, ficaram felizes com o desfecho deste ano. Escrevi, finalmente, uma continuação de "A Escola do Terror" que estava para ser escrita desde 2013.

2017 também foi um ano de aprendizagem. O lançamento do segundo livro já não é o descobrir de nada, já não é sentir medo de ter a minha alma revelada para o mundo, ou, pelo menos, para qualquer leitor novo que abrisse as páginas do meu livro. O lançamento do segundo livro levou-me a aprender mais sobre este mundo literário, sobre a "pessoa autora" e não a "pessoa leitora" que eu sempre fui.
Levarei na minha mente o facto de ter-me apresentado no mês de Março à Escola Dom Domingos Jardo, a primeira escola onde apresentei o meu primeiro livro "A Escola do Terror". Encontrar-me com adolescentes e, sobretudo, com jovens que gostam de ler foi uma experiência incrível.
2017 foi o ano em que aprendi a ser melhor a cada dia, a esforçar-me para escrever mais e melhor. Foi o ano em que eu escrevi todos os dias. Nem que fosse apenas uma frase.

Espero concluir alguns dos projetos que comecei ainda a meio de 2017 neste próximo.
Espero que 2018 se revele trabalhoso.
Penso que irei escrever muita coisa neste novo ano, terminarei as parcerias que me competem e decididamente continuarei a participar em alguns desafios, caso hajam.

Obrigada por estarem comigo nestes oito anos árduos no blogue. Alguns anos foram piores que outros, mas não me posso queixar quanto a este ano.
Obrigada por ter bons leitores e pessoas que ainda estão comigo depois de tanto tempo.
Feliz Ano Novo! Que 2018 seja de boas inspirações. Desejo-vos felicidade e muita saúde!

Imagem retirada do Google

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo comentário, a sua opinião é importante para o escritor.