AVISO...

Olá Pessoal!

Já avisei na Página do Facebook e decidi avisar no blogue também.

Na página Livros têm os links onde poderão comprar o livro "A Escola do Terror".


Aviso mais uma vez que tem alterações ao que está no blogue!


Obrigada.

domingo, 19 de março de 2017

Contrato Indesejado (Fim de mais um projeto)

Olá, Pessoal!
Já terminei um novo projeto. O projeto que eu já tinha falado desde o ano passado.
Terminei-o finalmente.

"Contrato Indesejado" está oficialmente terminado!


Novas informações serão dadas mais tarde!

quarta-feira, 15 de março de 2017

Não participação no Desafio de Março

Olá, Pessoal!
Eu não irei participar do Desafio de Março criado pela página de Facebook Ficwriter Facts.

Informações do Desafio de Março:

- Criar um poema.

Por que não vou participar?
- Porque se trata de um poema e eu e os poemas não estamos numa boa sintonia. Além disso, não me sinto inspirada, neste momento, para o tentar fazer.

Bem... esta é a razão.

Esperarei pelo Desafio de Abril!

Nova resenha/opinião do livro A Escola do Terror

Olá, Pessoal!

O blogue Gothic Clare fez uma opinião do livro "A Escola do Terror".
Já é a oitava resenha que fazem do livro.


Obrigada pela opinião!

Para lerem é só clicarem: AQUI.

Beijos.

quarta-feira, 8 de março de 2017

Tag: Cinco Autoras

Olá, Pessoal!
Recebi a tag cinco autoras, neste dia internacional da mulher. A tag é simplesmente mencionar cinco autoras que nós mais gostámos.

1ª- Agatha Christie
Dispensa apresentações. Mas posso apenas acrescentar que ela criou personagens como Miss Marple e Poirot.

2ª- Dorothy L. Sayers
Foi uma outra autora da mesma época que Agatha que escrevia thrillers e romances policiais.

3ª- Jane Austen
Mais uma que dispensa apresentações. Escreveu "Orgulho e Preconceito".

4ª- Julie Garwood
É uma autora americana de livros policiais. De uma época mais recente que Agatha Christie. Na verdade, a autora tem hoje 70 anos, ou por volta de 70 anos.

5ª- Camilla Läckberg
É uma autora que tem por volta de 40 anos que escreve romance policial. Tem uma particularidade: É sueca. E, para ser sincera, autores de países nórdicos têm mais facilidade a escrever policial. Talvez porque eu prefiro autores nórdicos.

A minha lista tem só autoras de romance policial e thrillers, excluindo a Jane Austen. Desculpem, mas são as minhas favoritas.

3 Blogues:
Antes de Ilegais
A Escolha Certa
Don't Say Goodbye

Beijos.

segunda-feira, 6 de março de 2017

Excertos/Trechos de "A Escola do Terror" que não estiveram em nenhuma das versões

Olá, Pessoal!
Não costumo divulgar estas coisas que nunca foram para o resultado final, mas como esta história/estória foi lançada em livro, eu decidi revelar-vos o que não foi para nenhuma das versões.

OBS: Os excertos/trechos podem conter erros. Qualquer erro ocorrido peço desculpa.

Vou sempre falar na versão do Blogue para não dar spoiler.

"A Escola do Terror" foi o último título que pensei para a história/estória

O título "A Escola do Terror" demorou a ser pensado. Tive vários títulos na minha cabeça antes de "A Escola do Terror" ser pensada. São eles:

- "O Segredo";
- "O Segredo dos Assassinos";
- "A Morte Chama Por Ti";
- "A Busca Por Um Mortal";
- "O Código do Ódio";
- "O Invasor" (Que poderia ter sido alterado para feminino devido ao assassino);
- "A Última Escola Dos Pesadelos";
- "A Santa Escola do Terror".

Antes de pensar no título "A Escola do Terror", o título que deveria ter ficado era "O Segredo Dos Assassinos", algo que, como viram, não ficou.

Após a morte da Angelina, o Bernardo iria revoltar-se contra Diana:

"O Bernardo estava farto que a colega o espiasse. O jovem agarrou-a pelo pescoço e arrastou-a para a parede de casa dela. Ele estava a sufocá-la...
Um grito grave masculino travou-o. O Bernardo virou-se. Era o Gonçalo. O amigo estava com um revólver a apontar para ele."
Numa das versões, o Gonçalo atiraria e mataria o Bernardo.

A personagem Diana se suicidaria após a morte da Angelina, da mesma maneira que a antiga amiga:

"A Diana olhou para a caixa de comprimidos, atentamente. A Angelina tinha morrido e ela não sabia o que fazer. A vida para ela já não fazia sentido. Pegou na caixa e olhou para ela mais de perto. Parecia pensar..."

A Carolina morreria num acidente de automóvel:

"A Carolina continuava a falar com o seu ex namorado Bernardo após a morte da Angelina.
O funeral da jovem ia se realizar. A Carolina estava a sair de casa com o Miguel, o namorado. Ambos estavam já atrasados. A Carolina foi a correr para o carro. O Miguel já a tinha chamado mais de três vezes. O local do funeral ainda era longe!
O automóvel vinha a alguma certa velocidade.
(...)
Nessa altura, estavam prestes a aproximar-se de um semáforo. E o carro não travou."
Numa das versões, o Bernardo confessaria ao Gonçalo que estava a ter uma relação com a Carolina, de novo. Ele não tinha mudado!

A Patrícia tinha morrido no lugar da Mafalda, elas tinham trocado de identidade:

"Algum tempo depois, a Patrícia e o Gonçalo foram até ao cemitério ver a Mafalda.
(...)
A Patrícia tinha morrido no lugar da irmã, num dia em que decidiram trocar de identidade.
Estava explicado a mudança de atitude da "Mafalda", era a Patrícia que tinha sido chantageada naquela altura."

Ideias dos leitores que nunca foram pensadas por mim:

- A Diana e o Bernardo nunca teriam (tiveram) um romance;
- A Alexandra nunca morreria;
- O Ricardo e a Juliana nunca teriam se matado um ao outro;
- A Diana ser a assassina.

O final seria diferente:

- A Inês namoraria com o Luís e não com o Diogo;
- O Bernardo e/ou a Diana morreriam (achei a Diana sair do grupo a melhor "quebra" da personagem);
- A Carolina morreria;
- A Mafalda estaria, afinal, viva;
- O Miguel tornaria-se dependente de drogas;
- A Mariana namoraria com o Diogo.

O assassino seria outro:

- Entre Gonçalo, Ricardo ou Sofia. O Gonçalo era o personagem mais suspeito. Ele seria preso por ter matado um dos professores.
O Ricardo nunca salvaria a Juliana nos últimos capítulos e a Sofia iria revelar-se no final.

Alteração de nome de personagem:

- Inicialmente, a Sofia iria chamar-se Maria da Luz.
- No começo da estória/história, a Alexandra seria um rapaz e iria chamar-se João.

Ideias que nunca foram escritas:

- A Mariana teria um romance com o Diogo ao mesmo tempo que ele namorava com a Inês;
- A Cristiana seria outra conquista do Bernardo, a quarta;
- A Elisa e a Bruna eram irmãs, filhas do mesmo pai;
- A Juliana morreria no final;
- A Sofia e o José nunca voltariam a namorar depois dela saber que ele pertencia ao grupo.

Estas foram as mudanças que pensei dar à história.

O que acharam?
Já tinham pensado em algumas?
Beijos.

sábado, 4 de março de 2017

Excertos/Trechos que nunca estiveram em nenhuma das versões de "A Escola do Terror"

Olá, Pessoal!
Nesta Segunda-Feira, dia 6 de Março, vou revelar-vos excertos/trechos (PT-BR) que nunca foram para nenhuma das versões de "A Escola do Terror".


Não costumo fazer isto, mas, como "A Escola do Terror" já foi lançada em livro, decidi revelar-vos.

Pode ser que alguns dos excertos vocês já tenham pensado.
Aguardem!