sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Desafio de Julho (Parte 2)

Olá, Pessoal!
Aqui está a segunda parte do Desafio de Julho que fiz para a página de Facebook Ficwriter Facts.

Primeira parte: Desafio de Julho (Parte 1).



"Uma jovem normal como todas as outras, com os seus momentos de imperfeição, assim era Juliana Moura. Com vinte e dois anos, já era independente, tinha a sua própria casa, vivia sozinha e não dependia da disponibilidade financeira dos seus pais. Tinha esse sonho e concretizou-o, embora sempre ter tido uma boa relação com os seus pais e irmãos mais velhos. Cabeleireira de profissão, detesta fazer amizades no salão. Juliana não dá confiança às senhoras com mais de quarenta anos que lhe falam da vida das vizinhas enquanto ela está a cortar-lhes o cabelo. Detesta mexericos. Não namora e tem poucos amigos, mas sabe que esses amigos são fiéis.
Assim é Juliana Moura."


"Desde o momento em que nasceu que Cristiana Abreu foi amada por todos. A sua mãe não conseguia engravidar e a menina nasceu de uma inseminação artificial. Nascida com quase 3 kg e com 44 centímetros, Cristiana nasceu saudável.Desde sempre mantinha um sorriso no rosto e dava sinais de ser uma menina rebelde, de certeza que no futuro quando tiver perto de 5 anos, vai ser um problema para os seus pais e familiares.
Adorava brincar com um elefante rosa de peluche e nunca o perdia. Dormia sempre com uma luz de presença porque não gostava da noite nem do escuro.
Com olhos grandes, a querida Cristiana era uma criança sonhadora e feliz."


"Nome: Miguel Matos.
Idade: 12 anos.
Miguel é um jovem de poucas palavras. Foi criado pela avó materna, pois nasceu sem conhecer a mãe. Uma complicação no parto levou à morte da progenitora. Do pai pouco conhece. Só o vê de duas em duas semanas nos fins de semana. Sabe que ele casou uma segunda vez e que não tem filhos desse casamento. Teme perder a avó, que é a pessoa mais importante da sua vida.
Ele é introvertido, mas também um pouco violento, se o irritarem, o que acontece um pouco na escola.
É um aluno mediano.
Não lida bem com a frustração e, por isso, a avó decidiu levá-lo a um psicólogo. Miguel não se opôs, nem está revoltado com isso.
Ele gostava de passar o tempo a escrever, a ler ou a estudar porque era o que o levava a esquecer-se da sua vida por breves minutos.
O jovem apenas sonhava com uma vida melhor do que aquela que tem. Queria ter uma mãe, queria ter um pai presente, queria ter uma família."


"Nome: Clarissa Nunes.
Idade: 21 anos.
Clarissa revelava mais os seus defeitos que as suas qualidades. A sua educação não foi uma das melhores. A jovem sempre foi conhecida por ser agressiva, falsa, egoísta, ambiciosa e arrogante. Não tinha amigos, apenas um pequeno grupo de colegas na escola que manteve até hoje, na faculdade. Todas essas colegas são quase como "criadas" da Clarissa. Fazem tudo o que ela ordena.
Nunca recebeu carinho por parte dos pais, pois os dois davam mais importância ao trabalho do que a ela. Sendo filha única, também acabou não se importando com nenhum familiar. Sempre foi pressionada para ter boas notas na escola, o que nunca foi um problema para Clarissa. Estudava ou simplesmente pedia a colegas mais inteligentes do que ela para a ajudarem nas provas.
Não revela ter medo de nada, nem de ninguém, mas no seu interior, Clarissa tem medo de ser esquecida e sofre de uma certa insegurança. A sua defesa para não se sentir frágil é tratar as pessoas de uma forma altiva, dando a entender que ela é importante, quando no seu íntimo, ela pensa que não é. Acha que não é adorada por ninguém, nem mesmo pelos seus pais.
Clarissa é apenas uma jovem que deseja ter alguém que se preocupe com ela, que lhe pergunte se ela está bem, que queira aproximar-se dela.
Clarissa é apenas uma jovem insegura."


"Nome: André Lopes.
Idade: 28 anos.
André é um homem de bem com a vida. Calmo, divertido e amigo do seu amigo. É tatuador e joga futebol nos tempos livres. Tem uma boa relação com os seus amigos, os seus pais e familiares, mas não tem uma boa relação com as suas ex namoradas. Ficou noivo uma vez, mas não chegou a casar. Ele acha todas as suas ex namoradas umas completas idiotas. Ainda não conseguiu encontrar alguém que o amasse como devia, ou talvez ele ainda fosse uma alma aventureira e não quisesse ter um relacionamento sério com ninguém.
Não gosta de pessoas egoístas e arrogantes.
Sonha casar um dia com alguém interessante, mas enquanto esse dia não chega ele vive a vida dele de um modo livre. Tem medo de perder todas as pessoas que ama, não só os pais como os amigos.
André é apenas uma alma aventureira e livre."

E terminei aqui, antes do final do desafio.

Irei revelar também em breve o meu Desafio de Agosto, onde eu também participei.

Beijos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo comentário, a sua opinião é importante para o escritor.