domingo, 27 de março de 2016

Boa Páscoa!

Olá Pessoal!

Desejo a todos vocês que comentam, lêem e seguem o blogue uma boa Páscoa.

Imagem retirada do Google

Beijos!

quinta-feira, 24 de março de 2016

Capítulo 5

Olá Pessoal!
Finalmente temos novo capítulo após... um mês. É isso mesmo, exactamente um mês. A segunda parte do capítulo 4 foi postada no dia 24 de Fevereiro.
Enfim... peço desculpa pelo atraso. As coisas estão um pouco complicadas.

Aqui têm o capítulo 5 de Dupla Fatal.
Espero que gostem.

Capítulo 5

Narrado por Bruno Soares

No dia seguinte, na hora prevista, estava eu a entrar no ginásio. Vi-a a andar na bicicleta.
- Até para ir ao ginásio vais assim vestida? – Perguntei eu, aproximando-me.
Ela saiu de cima da bicicleta.
- Olá. – Sorriu com ironia – O que queres falar comigo?
- Bem directa.
Ela respirou fundo enquanto revirava os olhos.
- És tão irritante!
- Pois. É o que todos dizem! – Disse eu, a sorrir.
- Porque será? – Perguntou ela, irónica.
- Ok, eu vou falar. Eu estou sem trabalho ultimamente e sem serviços, o que achas de eu trabalhar contigo?
Ouvi ela rir.
- Nem pensar! Tu não entendes o meu trabalho. Só sabes julgar.
- É por isso que eu quero trabalhar contigo. Quero conhecer-te.
Ela olhou para mim, desconfiada.
- Hum... está bem, mas tens que ganhar-me aqui no ringue. – Propôs ela.
Eu tive de aceitar é claro e com algum esforço consegui ganhar. Sorri vitorioso.
- Palavra é palavra. – Ela respirou fundo – Bem-vindo aos GBVR, Bruno Soares. – Disse ela, estendendo-me a mão.
Eu apertei-lhe a mão e agradeci-lhe.
- Acho que deves ir trocar de roupa. – Disse eu a olhar para ela de cima a baixo.
- Seu pervertido! – Disse-me ela dando-me um murro de leve no braço – Venho já.
Ela saiu por breves minutos. Apareceu de novo com um fato de treino considerado normal para os olhos masculinos. Enfim... era mais aconselhável.
- Vamos? – Perguntou-me ela já com o seu saco de ginástica no braço.
- Claro.
Encaminhámo-nos para dentro do meu carro. Ela tinha vindo de táxi. Decidi começar alguma conversa enquanto guiava calmamente como um condutor civilizado.
- Posso te fazer uma pergunta? É um pouco íntima por isso se não quiseres não respondas. Não és obrigada.
- Podes. – Disse ela a olhar pelo vidro a rua.
- Porque trabalhas dessa maneira?
Senti os olhos da Gabriela pousados em mim.
- Bruno, eu sou uma pessoa normal. Isso é o que tu não consegues entender. Tenho problemas como todas as outras pessoas. Eu comecei este trabalho por causa do meu pai. Eu morava com a minha mãe porque os meus pais estavam separados. O meu pai era uma pessoa alcoólica e quando bebia era muito agressivo. Não sei como é que ele começou o vício da bebida porque os meus pais separaram-se tinha eu nove anos e a minha mãe não me iria contar uma história destas. Mais tarde conheci a história porque ele voltou para casa. Queria levar-me com ele. Tinha eu nessa altura uns quinze anos. Eu passei a viver em casa dele por ordem do tribunal. Eu é que fazia tudo em casa. Lavava, cozinhava, limpava. Até que um dia eu não consegui mais. A minha mãe apareceu morta e o culpado tinha sido ele, mas ele conseguiu virar as provas do seu próprio crime contra mim e eu, como na altura era menor, estive numa prisão. Para mim era uma prisão. Enfim... lá conheci os meus amigos da minha actual quadrilha que me ajudaram a virar as provas contra o meu pai. Ele acabou preso e eu fui viver com a minha tia da parte da minha mãe. Assim que ele saiu da prisão vinguei-me dele. Foi a minha primeira vítima. Matei-o.
Lágrimas caiam da sua face e eu estava totalmente chocado.
- Lamento, Gabriela. Eu não queria...
Ela interrompeu-me.
- Eu queria mesmo desabafar. Não sei porquê, mas confio em ti. – Disse ela, a sorrir para mim.
- Obrigado. – Disse eu, olhando por segundos para ela. Tinha que prestar atenção à estrada.

Termina aqui.
O que acharam do passado da Gabriela? Imaginavam algo assim?

O Capítulo 6 ainda não sei quando virá. Falarei mais tarde.

Beijos.

terça-feira, 22 de março de 2016

Próximo capítulo

Olá Pessoal!

Vim avisar-vos que o capítulo 5 vai ser postado dia 24 de Março, Quinta-Feira.

Espero que gostem.

Beijos.

domingo, 20 de março de 2016

Terceira resenha do livro A Escola do Terror

Olá Pessoal!
Já avisei na Página do Facebook e decidi avisá-los aqui também.

O blogue Duas Livreiras fez uma resenha do livro "A Escola do Terror". Já é a terceira resenha que fazem do livro e os comentários até são positivos. Obrigada!


Para lerem é só clicarem: AQUI

Beijos.

terça-feira, 8 de março de 2016

Tag: Personagens Femininas Fortes

Olá Pessoal!
Hoje é dia da mulher e nada como postar uma tag que recebi neste mesmo dia sobre as personagens femininas fortes. Agradeço à Estela por me mandar isto.

A tag consiste em fazer o TOP5 das personagens femininas mais fortes criadas pelo/a autor/a e explicar porque razão escolheu essa mesma personagem.

Aviso que o meu TOP5 não está com nenhuma ordem de preferência.

1ª- Ana Rodrigues (Encontro com o 666)
- A Ana foi criada para ser a agente da policia mais disciplinada e que actua com seriedade. É um exemplo de uma personagem forte.

2ª- Beatriz (Noiva do Irmão)
- A Beatriz foi descrita para ser a Cinderella do conto infantil, mas acabou por ter um rumo diferente nos últimos capítulos. Foi contra a madrasta para seguir o que ela queria, impôs-se.

3ª- Angelina (A Escola do Terror)
(Fiquei indecisa em colocar a personagem Mafalda em vez da Angelina, mas a Mafalda na versão do blogue passou de vilã a heroína pelos vossos olhos [os do leitor] e por isso decidi colocar a Angelina que sempre teve um ar de "sofredora" aos olhos dos que liam).
- Sem falar da versão que está em livro, mas sim a que está no blogue, a Angelina foi uma personagem que sempre sofreu do princípio até ao fim da "vida" (na versão no blogue. Não vou dar qualquer sinal na versão em livro). Engravidou, passou por uma depressão (o que a levou ao fim do seu percurso na história/estória), no entanto, eu (perspectiva da autora) acho que ela foi forte.

4ª- Gabriela Sousa (Dupla Fatal)
- A personagem é líder de uma máfia, a maior assassina no tempo em que decorre a história/estória. Enfim... não tenho muito a acrescentar. É óbvia a razão por a ter colocado no TOP.

5ª- Andreia (Encontro com o 666)
- Provavelmente muitos ficarão "o quê?", mas sim, eu acho a personagem Andreia de Encontro com o 666 uma personagem forte. Acho que coragem é a qualidade que define esta personagem. A Andreia, que era vista como uma possível suspeita de ser o tal assassino (666), ao ver a melhor amiga (Bruna) sendo vitima do assassino acaba por ir rapidamente aliar-se ao inimigo, ou seja, os agentes da polícia. Penso que isto foi um feito de coragem vindo desta personagem.

Incluiria ainda a Catharina (Uma Vida Eterna), que morreu de cancro nos últimos capítulos, mas que sempre a imaginei como uma heroína.

E termina aqui!

Passe para três blogs:
1º- Sons da Alma
2º- A Vingança
(Só poderei mandar para dois blogues pois os que eu comento regularmente já receberam a tag. Quem quiser responder é só comentar no post. Eu irei atualizar com o nome do blogue).

Feliz dia da mulher!

sábado, 5 de março de 2016

High School Musical 4

Olá Pessoal!
Após mais de cinquenta anos (foram quase três, na verdade) decido dar a "cara" ao meu antigo blogue "As Opiniões Válidas".

Ultimamente veio notícias sobre High School Musical 4, uma continuação de uma trilogia criada pelo Disney Channel há mais de 10 anos e que lucrou imenso e que fez as crianças da década de 90, a chorar e a rir e a cantar... enfim...




Deixo aqui um excerto/trecho (PT-BR) do que escrevi no blogue:

"Eu fui uma das pessoas pré adolescentes (mais criança, na verdade) que via High School Musical. Eu tenho os três filmes em DVD, tenho o DVD de um dos concertos que eles fizeram, tenho objetos com o filme, enfim... tenho uma variedade de coisas. Aliás, eu ficava, naquela altura, extremamente feliz pelo facto de fazer anos um dia depois do aniversário da Vanessa Hudgens, que fazia de Gabriella Montez no filme. Ainda hoje tenho a necessidade de comprar em DVD filmes onde a atriz interpreta alguma personagem. E eu não acho que seja por eu ser fã. Eu só aprecio realmente o trabalho dela. Pode ser que saiba algumas informações do que qualquer outra pessoa, mas não me considero fã dela. Penso que para ser fã teria que ter mais gosto do que eu tenho pela atriz.

E bem,  não fiquei feliz com este quarto filme por várias razões:
Primeiro, não terá os atores dos três primeiros filmes (o que eu acho ridículo para uma continuação).
Segundo, os nomes dos personagens já saíram e tudo indica que um deles será um primo das personagens Sharpay e Ryan Evans (porque razão é que isto me lembra mais um spin-off que uma continuação de High School Musical 3?)
Terceiro, apenas o homem que escreveu o roteiro dos três filmes de High School Musical vai fazer esta "continuação". Nem sequer Kenny Ortega (e este nome é bem conhecido pelos fãs da trilogia) vai trabalhar nisto.

Enfim... acho ridículo o facto de colocarem como título "High School Musical 4" quando não há nada no enredo que relembre os antigos personagens.
Aliás, este quarto filme lembra tanto um spin-off que é possível os atores Ashley Tisdale e Lucas Grabeel, ou seja, a Sharpay e o Ryan Evans, fazerem uma pequena participação.
Isto lembra tanto o filme "Sharpay's Fabulous Adventure" e, nessa altura, nenhum fã de High School Musical discutiu o facto de fazerem esse filme em 2011 (eu, pelo menos, não me lembro de ninguém).

Mas há quem defenda este filme e diga que para as crianças da década de 2000 até pode ser bom pelo facto de elas finalmente saberem o que é High School Musical.

Eu pergunto-me:
O que é que eles vão saber de High School Musical quando vão colocar um primo das personagens "originais" no filme?!

Para saberem realmente o que é High School Musical terão que ver os primeiros filmes.
Embora eu não consiga imaginar uma continuação quando no fim do terceiro filme, no final da última música, os personagens olham para o céu e vêem a cortina a fechar-se. Nós podemos ter chorado imenso, mas foi o fim. E eu prefiro ter este fim, do que ver uma continuação completamente idiota."

Link do blogue para lerem na integra: As Opiniões Válidas - High School Musical 4

Beijos.