AVISO...

Olá Pessoal!

Já avisei na Página do Facebook e decidi avisar no blogue também.

Na página Livros têm os links onde poderão comprar o livro "A Escola do Terror".


Aviso mais uma vez que tem alterações ao que está no blogue!


Obrigada.

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Capítulo 6 (Parte 1)

Olá Pessoal!
Obrigada pelos comentários. Vou responder, mais uma vez, a alguns que necessitam resposta.

Juliana Dindarova: As duas "vilãs"!
Elisa Rodrigues: Não tenho segredo! A verdade é que depende da história (estória) que tenha no blog no momento. Se for boa tenho uma boa resposta, se a maioria não gostar perderei seguidores e leitores.

Espero que estejam a gostar de História de uma Adolescente - Parte II.

Eu informei os meus leitores fantasmas (pessoas que lêem e não comentam) na minha Página do Facebook (se clicar irá parar à publicação) para que comentassem para eu tivesse alguma resposta ou opinião:

"Caro leitor fantasma!
A sua opinião sobre o enredo é importante para a autora. É fundamental para eu poder ter inspiração e continuar a escrever. A estória é de todos os leitores e não apenas da autora. Críticas e sugestões são sempre bem-vindas!
Obrigada pela sua atenção e faça o favor de clicar em comentar e dizer alguma coisa."

O número de visualizações está a ser muito superior aos comentários e confesso que esta é a primeira vez que está a subir tanto! Por favor, leitores fantasmas, comentem!
Termino aqui as minhas notas.

Aqui está a primeira parte do capítulo 6.

Capítulo 6 (Parte 1)

A Carla estava com o Ricardo, após as aulas. Os dois foram comer uma pizza. Tinham falado sobre as aulas de preparação para os exames e concordado que mal podiam esperar para fazer o exame para terminar toda aquela angústia. Tinham falado também sobre o espectáculo do Romeu e Julieta, onde a Raquel e o João seriam os protagonistas, e decidido que teriam que começar a ensaiar os seus papéis. A Carla sabia que, mesmo com a boa conversa, o namorado não estava muito bem. Parecia preocupado.
- Estás preocupado? – Decidiu perguntar-lhe. Ele afirmou com a cabeça.
- Os meus pais disseram-me que receberam uma chamada. Posso entrar numa empresa. Não me devia preocupar já que sempre quis ser modelo mas... agora que estou no último ano de secundário, o futuro parece muito mais perto do que antes. Não sei o que fazer.
- Ainda temos algum tempo para decidir isso.
- Algum... mas o tempo tem-se esgotado aos poucos. Vou ter que escolher alguma coisa.
- Mas seguir a moda não era o que querias?
- Mas isso pode terminar. Não vou ser modelo toda a vida!
- Entendo... Então, estás a pensar vestir o quê no dia da festa?
- Não sei. Talvez opte por um smoking, um pouco diferente do Luís, já que ele sabe que vai ser advogado num futuro próximo.
- Se isso te faz sentir melhor, ainda não consegui arranjar uma boa roupa para levar, e isso começa também a deixar-me preocupada.
- As pessoas dizem que devemos concentrar-nos naquilo que gostamos, mas se só me centrar na moda não vou ter grande coisa. Se calhar, o melhor é arranjar um emprego bem pago.
A Carla respirou fundo. Como é que havia de conseguir ajudar o namorado se ela também estava preocupada com o seu próprio futuro? Que roupa iria levar na festa?
- Não sei, Ricardo. Desculpa. – Disse ela, pegando nas suas coisas e levantando-se da cadeira. – Se calhar, o melhor é ires marcar um dia com a psicóloga da escola. Eu não sou uma boa ajuda! Até amanhã.
E dizendo isto, despediu-se do namorado.

Termina aqui a primeira parte do capítulo 6.
Espero que tenham gostado.

Em breve irei colocar uma sondagem/enquete (PT-BR) para votarem qual é a próxima estória que vocês desejam ler no blog.
O Capítulo 6 (Parte 2) será postado na Segunda-Feira, 21 de Setembro.

Beijos.

26 comentários:

  1. Esses leitores fantasma podiam desaparecer.
    A questão dessa parte do capítulo foi interessante. Muita gente a tem.

    ResponderEliminar
  2. Essa é uma pergunta que qualquer pessoa tem e não só o personagem.
    Gostei :)

    ResponderEliminar
  3. gostei.
    eu também não gosto de leitores fantasma por isso eu comento até um gostei para veres que eu leio.

    ResponderEliminar
  4. Eu abomino qualquer leitor fantasma!
    Gostei do capítulo! A Carla parece mais preocupada que o Ricardo.

    ResponderEliminar
  5. os leitores fantasma são horríveis.
    fixe!

    ResponderEliminar
  6. Fizeste um bom "drama" aí.
    Continua!

    ResponderEliminar
  7. A Carla e o Ricardo parecem os mais desorientados, sem saber o que fazer da vida. Também já me senti assim.

    ResponderEliminar
  8. o drama que colocaste nessa parte do capítulo é tão semelhante ao drama de um adolescente que acaba de sair da secundária...

    ResponderEliminar
  9. talvez com isso alguns leitores fantasma apareçam :) pensamento positivo.
    os dois parecem desorientados :/

    ResponderEliminar
  10. Elas não são vilãs, então?
    Gostei muito do capítulo! Não se sinta mal com os leitores fantasma, eles aparecerão mais cedo ou tarde. Pelo menos você sabe que eles lêem.
    Estou achando esses personagens mais que simples personagens. Também me senti assim em algum momento da minha vida de ensino médio/secundário.
    Posta logo.

    Beijos,
    Juh :)

    ResponderEliminar
  11. Eles parecem não saber o que fazer. É tão "normal" em adolescentes quando saem do secundário.
    Posta logo. Pensamento positivo que os leitores fantasma vão aparecer.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  12. Leitores fantasma são O problema.
    Gostei do capítulo!

    ResponderEliminar
  13. Essa história tem tudo! Drama de adolescentes, coisas que eu já tive!
    Posta logo. Beijos.

    ResponderEliminar
  14. Eu gostava da Carla e agora gosto mais. Essas personagens parecem ser muito humanas.
    Posta logo.

    Beijos :)

    ResponderEliminar
  15. É o último ano de secundário, os problemas só agora começaram :D
    Posta logo.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  16. Gostei :)
    Os leitores fantasma são as coisas mais terríveis para um autor. Espero que com isso consigas encontrar alguns!

    Beijos.

    ResponderEliminar
  17. Grande questão que colocaste no capítulo. Ele tem razão, não será modelo toda a vida!
    Esses leitores fantasma são uns preguiçosos!

    ResponderEliminar
  18. Eu matava todos esses leitores fantasma! Assim não existiam mais! A vontade é essa mesmo mas não dá :)
    Se o Ricardo ficar com o pensamento de que tem que arranjar um emprego bem pago, a sua vida vai ser complicada.

    ResponderEliminar
  19. Dramas de adolescentes no pós-secundário. Tão natural!
    Não fiques triste, os leitores fantasma aparecerão. Eles costumam ser muito preguiçosos para comentar mas eles estão vivos e a ler.

    ResponderEliminar
  20. Esta história tem muito mais do que se lhe diga. Já não é a primeira vez que abordas temas que estão realmente ligados aos adolescentes e às suas dificuldades no dia-a-dia. E consegues manter o equilíbrio da história repetindo esses mesmo temas, o que para muitos escritores, amadores e consagrados, é difícil. Por isso só tenho a dizer, estás num caminho muito bom. Embora não esteja a perceber onde está o início do drama...

    ResponderEliminar
  21. Desculpa não estar a comentar, eu andava também principalmente a ler as tuas outras anteriores histórias.
    gosto muito das tuas histórias e fiquei feliz que a tua história A escola do terror fosse lançada em livro. Estarei aqui para ler!

    ResponderEliminar
  22. Pela primeira vez eu vou ler uma das tuas histórias em livro. Vai ser tão bom ter algo palpável para ler.
    As tuas histórias são muito boas e pareces ser muito jovem. Tens quantos anos? Gostava de te conhecer pessoalmente mas sei que não vivo em Lisboa e por isso não poderei estar presente no dia do lançamento. Estou no Porto :/
    As tuas histórias são muito boas, deves ser a única portuguesa a escrever mistério e suspense e que esquece completamente os romancezecos idiotas que hoje em dia se escreve. Acho que se fores diferente desta maneiras vais marcar pela diferença e conseguirás ganhar dinheiro com esse trabalho apenas. És a única portuguesa a escrever este género, pelo menos que eu conheça.
    Espero que tenhas êxito. Eu adoro todas as tuas histórias e vejo que mudaste muito e aprendeste muito.
    Parabéns por fazeres as pessoas sonhar.

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário, a sua opinião é importante para o escritor.