AVISO...

Olá Pessoal!

Já avisei na Página do Facebook e decidi avisar no blogue também.

Na página Livros têm os links onde poderão comprar o livro "A Escola do Terror".


Aviso mais uma vez que tem alterações ao que está no blogue!


Obrigada.

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Capítulo 19 e Capítulo 20

Olá Pessoal!
Obrigada pelos comentários.
Não sei como é que consegui escrever um capítulo tão pequeno, devia estar desatenta ou então veio-me tantas ideias para a história que nem vi que tinha escrito algo tão pequeno para um capítulo. Enfim...deixo aqui dois capítulos porque o 20 é muito (muito) pequeno.
Devo dizer que enquanto escritora detestei estes dois capítulos. Clichê do mais alto nível! Mas deixo ao vosso critério.

Capítulo 19

No dia seguinte, estavam todos os alunos dentro da sala de aula do professor de música.
- Amanhã, todos iremos saber os classificados para o espetáculo final. Vamos ouvir-vos.
O professor ouviu todos os alunos atentamente. Foi uma aula cansativa mas foi muito agradável.

***

No dia seguinte a essa aula, o professor de música pede a atenção dos alunos.
- Aqui está a lista das pessoas que estão aprovadas para o espetáculo final. Nós, todos os vossos professores, refletimos bem e aqui estamos com a lista. Vai ficar aqui afixada para todos vocês verem.
O professor de guitarra, Mário, afixou. Todos foram a correr ver o papel.
- Nem vou ver isso. É lógico que passei. – Disse a Solange.
- Se eu fosse a ti não teria tanta certeza. – Disse a Teresa Cristina.
- Como assim? – Perguntou a Solange um pouco preocupada.
- Vê.
A Solange vai ver a lista e não encontra o seu nome. Pede explicações ao professor de música.
- Como é que isso é possível? Eu sou a aluna mais antiga daqui. Tenho mais competência e talento que eles.
- Não há assim tantas vagas, Solange. Tivemos de dispensar alguns alunos. Tu pertenceste ao espetáculo final no ano passado. Não podes tirar o lugar aos alunos talentosos. Tu já tiveste o teu lugar. Tu já aprendeste.
A Solange olhou para a Teresa.
- Isso não vai ficar assim.
E saiu chateada.

Capítulo 20

A Solange, no dia do espetáculo final, inventa algo para trancar a Teresa.
- Teresa Cristina! – Chamou – O João mandou-te chamar na sala de danças. Ele disse que era urgente.
- Achas que eu vou cair no que estás a dizer?
- Se não acreditas vem comigo. – Disse ela com um sorriso cínico.
A Teresa decidiu ir para ter a certeza que não era uma cilada.
- Aqui está. Estás entregue. – Disse a Solange empurrando a Teresa para dentro da sala e trancando-a. “Agora é só fazer o João ficar comigo.” – Pensou a Solange saindo dali.

Aqui está!
O que acharam?! Clichê, sim ou claro?! Que é um mau clichê todos concordam.
Vou deixar definitivamente esta escrita de romance/aventura/clichê (não tentativa de clichê falhada).

Boa leitura e até à próxima sexta!

8 comentários:

  1. Não tens mesmo jeito para clichês.
    Mas eu te perdoo! :D
    Posta logo.

    Beijos,
    Juh :)

    ResponderEliminar
  2. coitada da teresa cristina :(

    ResponderEliminar
  3. Eu sabia que a Solange iria acabar por fazer mais estragos que os que estão já feitos.
    Que idiota!

    ResponderEliminar
  4. O João e a Maria/Teresa não se fazem por se dar e agora essa idiota da Solange ainda intervém.
    Detesto essa personagem.
    Posta logo.

    ResponderEliminar
  5. E a Solange já fazendo estragos...
    Posta logo.

    ResponderEliminar
  6. Eu sabia que a Solange ainda faria alguma coisa.
    Posta logo.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  7. Essa Solange já mete raiva.
    Aparece sempre para atrapalhar.
    Posta logo.

    Beijos :)

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário, a sua opinião é importante para o escritor.