sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Capítulo 12

(Observação da autora no dia 04/10/2018 - Corrigi possíveis erros ortográficos deste projeto chamado "Um Segredo Bem Guardado". Já é possível relê-lo de forma mais adequada. Não sei se será lançado em livro algum dia, mas não alterei qualquer palavra ou enredo, apenas erros).

Capítulo 12

As duas raparigas olharam para a Vanessa, assustadas.
– Eu nem acredito que vocês estão aqui no acampamento.
– Nem nós. – Disse a Zélia.
– Por favor, maninha. Não digas que somos nós. – Pediu a Maria, cruzando os dedos das mãos.
– Está bem, mas vocês vão ter que me ajudar nas coisas do acampamento.
As duas amigas aceitaram. Tudo menos a Vanessa contar quem elas são.
– Como é que eu vou esconder isso da Vera? Ela é a minha melhor amiga.
– Como assim? Vocês nem se conhecem. – Disse a Maria.
– Na verdade, ela estava comigo no avião, quando eu fui viajar a trabalho e nós ficámos amigas.
– Que bom! – Exclamou a Zélia.
– E, conta lá, estás a namorar com o coordenador do acampamento, o César? – Perguntou a irmã.
– Hum… sim estou. – Respondeu ela, timidamente.
Elas abraçaram a Vanessa e, nesse momento, ouvem a Luciana a caminhar para perto do quarto com alguém. Estava a conversar. A Vanessa pega nas perucas das raparigas e entrega-lhes. Elas colocam as perucas e a Luciana entra com o Rafael. Foi numa questão de segundos que elas não eram apanhadas.
– Van? Que fazes por aqui? – Perguntou a Luciana.
– Estou a falar com as meninas, mas não contes nada ao César. Ele ficaria zangado! – Respondeu a Vanessa, a sorrir.
A Luciana percebeu a brincadeira e riu também.
– Meninas, este é o Rafael, o meu namorado.
As raparigas ficaram espantadas.
– Mas que raio de dia é hoje? É o dia dos casais ou algo assim? – Perguntou a Marcela, tentando parecer zangada – Só falta eu e a Teresa arranjarmos algum para nós.
A Vera entra no quarto também.
– Então, pessoal, como vai isso?
– Ouviste a novidade? – Perguntou a Marcela.
– Sim. A Luciana, em minutos, já está a marcar terreno. E eu também... com o Mário, o professor de guitarra.
A Luciana ficou um pouco incomodada com a frase anterior da Vera e a rapariga percebeu.
– Com todo o respeito, Rafael. – Disse a Vera, a sorrir.
– Que inveja de vocês, meninas. – Disse a Teresa Cristina, referindo-se à irmã mais velha, à Vera e à Luciana.
– Parem com isso! – Disse a Vanessa, já a ficar um pouco chateada com a conversa. Decidiu mudar de assunto – Hoje vamos fazer uma festa de despedida para a Laura, porque ela vai viajar para fazer um concerto.
Eles todos olharam uns para os outros.
– Fantástico! Aqui no acampamento fazem muitas festas? – Perguntou o Rafael.
– Parece que sim, Rafael, mas pergunta ao César. Ele é que sabe de tudo.
– Eu nunca olhei para ela. – Disse a Marcela.
– Ela é linda! E muito parecida contigo, Marcela. – Disse a Vera, a rir.
– Porquê esses risos? – Perguntou a Marcela, preocupada.
– Vais saber. – Disse a Luciana – Agora vamos arranjar-nos como deve de ser.
A Luciana despediu-se do Rafael e foram se vestir.


Fim do Capítulo 12.

10 comentários:

  1. Eu pensava que a Vanessa ia contar à Vera.Foi o que parecia na prévia.
    Estou chocada :O Parabéns.

    ResponderEliminar
  2. As duas vão se conhecer?hahaha!Espero para ver isso.
    Posta logo.
    Beijos :)

    ResponderEliminar
  3. Quero mais!
    Fiquei curiosa!
    Posta logo.

    Beijos,
    Juh :)

    ResponderEliminar
  4. percebi que se a maria nao contou a ele foi porque ainda há muito pela frente.

    ResponderEliminar
  5. Eu sabia que ela não ia desmascarar a irmã e amiga dela.Que irmã seria ela?
    Continua!

    ResponderEliminar
  6. Estou curiosa para o que vai ser da Vanessa e do César.
    Posta logo.

    ResponderEliminar
  7. Quero ver o encontro das duas.
    Posta logo.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  8. Oh, estou curiosa agora :B
    Quero muito ver o encontro das duas, posta logo.

    ResponderEliminar
  9. Adorei os capítulos anteriores e estou a acompanhar a história agora. Quero muito ver o encontro das duas logo, por isto, não demore para postar!

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário, a sua opinião é importante para o escritor.