sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Capítulo 10

(Observação da autora no dia 04/10/2018 - Corrigi possíveis erros ortográficos deste projeto chamado "Um Segredo Bem Guardado". Já é possível relê-lo de forma mais adequada. Não sei se será lançado em livro algum dia, mas não alterei qualquer palavra ou enredo, apenas erros).

Capítulo 10

No dia seguinte, todos estavam a dar pela falta do César e da Vanessa.
– Laura, nós não podemos ficar aqui sem fazer nada. O nosso primo anda por aí perdido. – Disse o Mário.
– Mas o que é que nós podemos fazer?
A Vera teve uma ideia.
– Eu vi os dois a irem para a mata.
– Então vamos lá procurá-los. – Disse o Ivo.
– Mas nós temos que ficar no acampamento. Há alunos que temos de ensinar. – Disse a Laura.
– Então eu vou à procura deles. – Disse o Mário – Vocês ficam aqui.
– Eu vou contigo. – Disse a Vera.
O Mário e a Vera foram à procura do César e da Vanessa e os restantes ficaram no acampamento para darem as aulas aos alunos.

No final da aula de dança, o João foi às suas redes sociais e viu que a Maria encontrava-se disponível.
– Olá, Maria.
– Olá, tudo bem?
– Tudo e contigo?
– Também. Novidades?
– Acabei agora a minha aula de dança e fui para aqui para descontrair um pouco. Sabes aquela rapariga que eu te falei do acampamento?
– A Teresa Cristina, não é?
– Sim. Eu estou apaixonado por ela.
– O quê? Não acredito!
A Maria não estava a acreditar que ele gostava dela. Sim, ela era a Teresa Cristina, ou seja indirectamente ele gostava dela.
– É verdade. – Assegurou ele.
– Mas tu odiavas a Teresa.
– Sim, mas eu acabei por gostar dela.
– Ok, muitas felicidades para vocês os dois. Ela sabe disso?
– Não, não sabe. Eu tenho medo que ela não me ame.
“Lógico que ela ama-te.” – Pensou a Maria.
– É claro que ela ama-te.
– Espero que sim. Queres conhecer o acampamento?
– Claro.
– Pode ser? Consegues vir cá agora? – Perguntou ele, mais uma vez.
– Claro.
– Então encontramo-nos à porta do acampamento. Vou te mostrar tudo.

Entretanto, na mata, a Vera e o Mário tiveram inúmeros azares. A Vera tropeçou, caiu, enfim… mas conseguiram encontrar o César e a Vanessa, que estavam a dormir.
– Vanessa? – Disse a Vera, para se certificar que era ela.
O César e a Vanessa acordaram.
– Vanessa? Não, ela é a Nicole.
A Vanessa tirou a máscara. O César olhou para ela, espantado.
– Desculpa. Sou eu.


Fim do Capítulo 10.

8 comentários:

  1. Será que ela vai ser descoberta já pelo João?
    Posta logo.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  2. A Vanessa anda a brincar com a vida dela.
    Deve querer morrer! O César é o dono do acampamento e ela pode perder o trabalho.
    Posta logo.

    ResponderEliminar
  3. Acho que o César vai ficar muito chateado.

    ResponderEliminar
  4. Shi!o césar vai ficar uma fera.

    ResponderEliminar
  5. Claro.Isso fez-me todo o sentido logo que li.
    Espero que a Maria seja mesmo descoberta.Ela acabou de saber que ele gostava da Teresa Cristina,logo gosta dela.
    Posta logo.Beijos.

    ResponderEliminar
  6. Eu quero ver a Solange. Gosto dela.
    Posta logo.

    Beijos,
    Juh :)

    ResponderEliminar
  7. Que ela conte quem ela é, por favor!
    Estou a rezar para isso.
    Posta logo.

    Beijos :)

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário, a sua opinião é importante para o escritor.