sábado, 13 de setembro de 2014

Capítulo 4 e Capítulo 5

(Observação da autora no dia 04/10/2018 - Corrigi possíveis erros ortográficos deste projeto chamado "Um Segredo Bem Guardado". Já é possível relê-lo de forma mais adequada. Não sei se será lançado em livro algum dia, mas não alterei qualquer palavra ou enredo, apenas erros).

Capítulo 4

– Ok. Vamos ver as raparigas a fazerem o teste.
– Vamos.
Os dois irmãos encaminham-se para a sala e vêem as duas raparigas cantarem. Ao saírem da sala de audição, a Teresa encontra de novo João.
– Outra vez aqui? – Disse a Teresa.
– Eu trabalho aqui. – Respondeu o João – Tenho que estar sempre por aqui.
– Hum… está bem. Xau.
– Xau.
Os dois afastam-se. A Marcela e o Ivo ficaram sozinhos, mas não tiveram nenhuma conversa. Apenas olharam-se e cumprimentaram-se.

Passaram dois dias. A Maria entra na sua rede social e vai falar com a Zélia.
– Olá, tudo bem?
– Olá. Quem és tu?
– Desculpa. Pensava que era a minha amiga.
– Não há problema. Quem és tu?
– Chamo-me Maria e tu?
– João.
A Maria e o João tiveram a falar durante um tempo e ficaram amigos.

Capítulo 5

Na casa da família de cantores. Aliás, o apelido da família de cantores é Santos.
– Mário! Onde estavas na escolha dos campistas? – Perguntou a irmã Laura, a gritar.
O Mário olhou-a, apavorado.
– O que foi?
– Era para estares lá com eles.
– Ok. Certo. Eu vou lá, mas acalma-te. Estás a assustar-me.
A Laura sorriu.
– Desculpa. Agora vai!
O Mário saiu e foi para o acampamento. Enquanto se encaminhava, falava sozinho.
– Só a Laura para me fazer vir hoje ao acampamento!
Enquanto andava, sem olhar para o caminho, vai contra alguém.
– Desculpe. Peço imensa desculpa. – Pediu ele.
A rapariga riu.
– Não há problema.
– Peço desculpa mais uma vez. Como te chamas?
– Vera e tu?
– Mário.
– O que fazes aqui no acampamento?
– Eu vim fazer a minha inscrição, mas já vi que enganei-me no dia. Não há aqui ninguém a não seres tu.
– Eu trabalho aqui e, se quiseres, posso abrir uma excepção para ti e faço o teu teste.
– Fazias isso por mim? – Perguntou ela, com os olhos a brilharem.
– Claro. Não vou deixar uma rapariga tão bonita sem fazer o teste.
– Obrigada.
– Anda.
O Mário levou-a à sala de inscrições.

Momentos depois ele tinha o resultado.
– Então, eu passei?
Nesse momento, entra uma mulher na sala.
– Vera! Onde estavas? Vim buscar-te.
– Estava a fazer o teste.
– Quem é ela? – Perguntou o Mário à Vera.
– É a Núria, a minha irmã. Núria, este é o Mário. Ele trabalha aqui.

Nesse momento, a Maria estava a falar com a Zélia.
– Maria, viste a cara que o João fez para ti?
– Nem prestei atenção. E a que o Ivo fez para ti?
– A sério? Eu nem sequer o conheço bem.
Nesse momento, o telemóvel da Maria toca. Era a Vanessa.
– Olá, mana. Tudo bem? Como vão as coisas por aí?
– Olá. Eu estou bem. Eu vou voltar amanhã para Portugal.
A Maria olhou para a Zélia.
– A Van vem amanhã para cá.
A Zélia deu pulos de alegria com a amiga.
– A que horas chegas?
– Chego de manhã, às 7. Agora tenho que ir. Até amanhã.
– Até amanhã. 
A Maria desligou a chamada. A Vanessa iria voltar para Portugal.


Fim dos Capítulos 4 e 5.

9 comentários:

  1. Gostei dos capítulos.
    Espero que tenhas inspiração em breve.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  2. Calma,deixa ver se eu entendi:a Maria e o João falam pelas redes sociais enquanto a Teresa Cristina não gosta dele?Hahaha!
    Gostei.
    Posta logo.

    Beijos :)

    ResponderEliminar
  3. Oh Meu Deus que perfeito!
    Posta logo.

    ResponderEliminar
  4. Que capítulos...
    O Mário a ir contra a Vera.
    A Maria a falar com o João (e a Teresa Cristina não gostar dele).
    Quero ver é quando a Vanessa ver a irmã e a amiga da irmã mascaradas das suas personagens.
    Posta logo.

    Beijos,
    Juh :)

    ResponderEliminar
  5. Continua! Está muito engraçado.

    ResponderEliminar
  6. Foram capítulos engraçados.
    Por favor senhor, que a inspiração venha à Diana!

    ResponderEliminar
  7. o mário parece ser engraçado.

    ResponderEliminar
  8. Novo leitor.
    Li encontro com o 666 em apenas um dia e adorei.
    Vai ter segunda parte não é? Aguardo que tenha imaginação.
    Vou ler a recente.
    Beijos.

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário, a sua opinião é importante para o escritor.