AVISO...

Olá Pessoal!

Já avisei na Página do Facebook e decidi avisar no blogue também.

Na página Livros têm os links onde poderão comprar o livro "A Escola do Terror".


Aviso mais uma vez que tem alterações ao que está no blogue!


Obrigada.

sexta-feira, 21 de março de 2014

Capítulo 10

Olá Pessoal! Espero que tenham tido uma boa semana.
Agradeço pelos comentários. O número baixou mas enfim...agradeço as críticas.

Vou responder aos comentários que necessitam de resposta, agradeço aos restantes e espero que continuem por aqui:

Vasco F.: Entendo.

Estela: Bem, o género da história não é romance, mas sim drama. Se já não quiseres seguir compreendo.

Sílvia: Em breve irei responder a essa pergunta. Obrigada.

Marina: Eu compreendo. Espero voltar a ler comentários teus em breve. Com uma outra história, talvez.

Escritor: Boa sorte com o blog.

Elena: Realmente a história é muito diferente das minhas outras histórias. Um pouco mais clichê. Não li o livro "Um Amor para Recordar". Não aprecio os romances de Nicholas Sparks. Li apenas dois livros dele mas o segundo nem sequer terminei de ler. Esta história é um pouco inspirada nos livros do escritor português, Camilo Castelo Branco. Principalmente "Amor de Perdição". Agradeço o comentário.

Bem, aqui está o capítulo 10. Quem ainda estiver aí, comente por favor.


Atenção portugueses: Esta história está escrita nos termos do novo acordo ortográfico.

Capítulo 10

Dias mais tarde estava no refeitório com a Laryssa quando a Marina passa por mim e manda-me um copo de água para a blusa. Fiquei sem reação. Vejo a Marina a rir juntamente com a Stefanny. A Sílvia por incrível que pareça estava séria assim como o Afonso e o Ricardo... o Ricardo estava sem expressão. Parecia sem reação como eu. Porque é que a Marina fez isto? Não deve ter sido pelo Ricardo. Vejo o Afonso a ir ter comigo.
- Anda comigo, estão todos a olhar - disse ele a pegar na minha mão.
Vejo a Sílvia a ir ter connosco.
- Não! Afonso, eu vou com ela à casa de banho.
Eu neguei com a cabeça.
- Não! Eu vou com a Laryssa. - disse eu não querendo prescindir da minha amiga.
- Ela pode ir connosco - disse ela puxando a mim e à minha amiga.
O Afonso ainda tentou dizer algo mas foi em vão. A Sílvia já estava a sair do refeitório comigo e com a Laryssa.
- Mas...- disse eu. Não sabia o que dizer na verdade.
Nós entrámos dentro da casa de banho. A Sílvia olhou para mim.
- Vá, podes chorar agora à vontade.
A Laryssa olhava para nós sem dizer uma única palavra. Estava sem reação.
- Eu não vou chorar. - disse eu muito segura de mim. Nem sei de onde tirei esta segurança toda.
A Sílvia olhou espantada para mim.
- Não vais? Foste humilhada pela Marina.
- E tu devias estar com a Marina. És amiga dela. Só estás aqui para me humilhar mais.
A Sílvia negou com a cabeça.
- A Marina não merece a minha amizade, ela está a tornar-se falsa e uma má pessoa.
Eu não estava a acreditar no que ela estava a dizer. Antes que pudesse lhe dizer alguma coisa a Laryssa interfere.
- Como é que vamos ter a certeza que não estás a mentir?
Pois, por acaso queria mesmo saber isso.
- Falem com a Marina. Ou então com o Afonso.
- Eles são todos uns... - começou a Laryssa.
Eu já sabia o que ela ia dizer por isso travei-a. O Afonso não era tão falso. Eu tenho a certeza que ele não é falso.
- Ok. Eu irei falar com eles.
- Posso andar convosco? - perguntou a Sílvia com receio da pergunta que fez.
A Laryssa olhou para mim.
- Podes mas ainda não vou ter plena confiança em ti. Considera-te uma convidada. - disse eu sem dar o mínimo de confiança.
Só vi ela a afirmar com a cabeça. 
Das duas, uma: ou ela está a preparar alguma com a Marina ou então deixou mesmo de ser amiga dela. De qualquer das maneiras é melhor ficar alerta.

Fica por aqui o capítulo 10.

Será que a Sílvia é de confiança?

Verão isso no próximo capítulo.

Bjs :)

14 comentários:

  1. provavelmente ela não é de confiança.

    ResponderEliminar
  2. Acho que está a chegar o Drama.Será que a Sílvia vai tentar vingar-se da Catharina a pedido da Marina?

    ResponderEliminar
  3. O que posso dizer...acho que ela não está a ser sincera.Será que ela vai ser uma assassina?

    ResponderEliminar
  4. Gostei!
    Posta logo.

    Beijos,
    Natasha Alyosha.

    ResponderEliminar
  5. Estou tão curiosa. Vai ter romance ou não?
    Posta logo.

    Beijos,
    Juh :)

    ResponderEliminar
  6. esta história pode ser estranha mas este mistério de saber se é romance ou não está a deixar-nos a todos a ler a história.garanto.te que mesmo sem comentarem estão a ler para ver no que vai dar.

    ResponderEliminar
  7. será que ela vai matar a catharina ao tentar ser amiga dela?

    ResponderEliminar
  8. sera que a silvia vai tentar matar a catharina ou a laryssa?
    posta logo por favor!

    ResponderEliminar
  9. Estou farta de esperar.Acho que a Sílvia vai tentar matar a Catharina ou a Laryssa. Só uma ideia.

    ResponderEliminar
  10. Outro capítulo por favor.

    ResponderEliminar
  11. Talvez a Sílvia esteja a mentir para conseguir alguma informação da Catharina.

    ResponderEliminar
  12. Hoy sei que sumi, mas estou de volta agora. Pronta para me atualizar em suas estórias que digamos estou atrasada.
    Não o primeiro capítulo de uma vida eterna, mas li o 10 para ter algo para comentar. Não sei nada sobre a fic, mas vou ler e farei um comentário decente!
    Ainda não consigo me acostumar com o seu português, é muito diferente e tudo mais. Vou ler os capítulos e depois comento algo que preste, beijos e continua! o/

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário, a sua opinião é importante para o escritor.