quinta-feira, 17 de outubro de 2013

O rapper Eminem faz 41 anos

Olá Pessoal!
Não vim postar nenhum capítulo, vim dar os parabéns a um rapper que eu admiro.


Eu não poderia deixar em branco este dia especial para todos os fãs do Eminem.

Foi exactamente no dia 17 de Outubro de 1972 que nasceu Marshall Bruce Mathers III mais conhecido como Eminem. Queria usar as suas iniciais M&M, mas não podia devido a marca de chocolates. Foi quando surgiu a ideia de escrever o seu nome como é falado em inglês surgindo Eminem.
Nasceu em St. Joseph, nos EUA e mudou-se para Detroit quando tinha 5 anos, onde passou a maior parte de sua infância e adolescência. O rapper comemora hoje seu 41º aniversário.
Eminem começou com a carreira musical incetivado pelo seu tio Ronnie. Aos 9 anos de idade, o músico já teve contacto com o Rap. Aos 15 anos, ele largou a escola, quando conheceu Proof. Os dois participavam de concursos de Rap no Hip Hop Shop, em Detroit.
Mais tarde foi descoberto pelo produtor, rapper Dr. Dre, e logo depois se tornou um sucesso graças as suas famosas rimas. O seu primeiro CD foi muito criticado pela Billboard, que dizia "álbum feito para vender explorando o pior do mundo". Mas ele conseguiu vingar-se no Rap.
Chamado quase como um Rei do Rap, Eminem reproduziu a sua vida pessoal em músicas agressivas que simplesmente dominaram o mundo.
Hoje, completando 41 anos de idade, não é para menos que olhe para atrás e veja marcas deixadas no chão como conflitos com as maiores divas da actualidade, Mariah Carey e Christina Aguilera, duas adopções polémicas, dois casamentos e dezenas de álbuns extremamente confiantes e controversos. Eminem adoptou essa imagem agressiva e impiedosa, mas sabemos que dentro deste homem há inteligência, sabedoria, senso e amor.
Eminem teve pontos baixos na sua carreira, bem como uma luta muito divulgada contra o vício em drogas e alcóol. A perda do seu melhor amigo e rapper Proof do D12 à violência armada também causou um enorme efeito no rapper. As suas relações tensas com a sua mãe, muitas vezes serviram como alimento para as suas músicas mais pessoais, e as suas batalhas envolvendo a guarda da sua filha, agora adolescente, entre ele e a sua ex-esposa Kimberly Scott também alimentou a sua arte e raiva.
O filme semi-autobiográfico "8 Mile" do Eminem foi pensado por muitos como um relato exacto da vida do rapper, embora Eminem tenha negado que o filme é um retrato de sua vida.
O carinho e demonstração de apoio e amor pelo rapper são demonstrados mundialmente por vários actos, da criação de vídeos caseiros até tatuagens do rapper no corpo.

Enfim, eu podia passar aqui minutos, horas, dias, meses, anos a falar sobre o meu ídolo preferido que é o Eminem. Poderia escrever o que ele significa para mim e para todos os seus fãs espalhados pelo mundo inteiro. Todos nós temos orgulho no Eminem e em que ele se tornou. Um rapper absolutamente fantástico que não tem vergonha de dizer o que sente, nem de dar a sua opinião.

Nunca pensei que seria uma fã dele nem muito menos que ele seria o meu ídolo preferido. Hoje, o Eminem é praticamente a "minha música". Tenho todas as músicas dele guardadas e ouço-as sempre. Adoro as suas letras violentas, mas profundas. A maneira como as críticas não o abalam e como ele goza com artistas como Britney Spears, Christina Aguilera, Lady Gaga, Justin Bieber, etc.

Lembro-me de todos os albúns, faixas bónus, singles.

Slim Shady - Para sempre e sempre.


1 comentário:

Obrigada pelo comentário, a sua opinião é importante para o escritor.