sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Capítulo 10 (Parte 1)

Olá Pessoal! Obrigada pelos comentários.

Amanda Gomes: Não tem problema, eu entendo.

Sophia Gomez: Não há problema, comenta quando puderes.

Este capítulo vai ser dividido pois é enorme. Espero que estejam a gostar. De momento estão só a ler os ataques de alguém e os alunos a pensarem que são os seus inimigos a fazer. Há pessoas que pensam que é a Daniela, outros que com certeza irão pensar em outros personagens e outros ainda estão a pensar que a escola que está assombrada.
Vou responder a essa pergunta mais tarde.
Fiquem com a parte 1 do capítulo 10.

Capítulo 10 (Parte 1)

Um dia passou, a directora falou com a turma e disse que iam entrar mais dois rapazes. Chamavam-se Tomás e Duarte. Eles eram de Lisboa. Os rapazes chegaram à escola e partilharam o mesmo quarto. Eram amigos. Um novo ano estava a começar para estes dois rapazes. A primeira aula começou e o Duarte pediu à Vânia para lhe mostrar a escola. A Vânia mostrou-se prestável e acompanhou-o. A Fabiana comentou algo com a Camila e com a Zélia.
- O que acham daquele rapaz?
- Um pouco convencido. -respondeu a Camila.
- Parecem ter cara de mafiosos. O Duarte e o Tomás. -disse a Zélia.
As outras duas concordaram.
- Meninas, por não gostarem deles não quer dizer que sejam mafiosos. -disse o Raul indo para perto delas com os irmãos, a Melissa e a Estela.
- Esse tal de Duarte faz-se acompanhar pela minha melhor amiga. -disse a Fabiana cruzando os braços.
- A Vânia? -perguntou o Nélson.
- Sim, a Vânia.
- Eles devem ser uns meninos ricos mimados. -disse a Estela.
A Fabiana olhou para a Estela.
- Parece que concordamos em alguma coisa.
As duas olharam-se com desprezo.

Umas horas passaram e a Fabiana foi falar com a melhor amiga.
- Vânia, o que se passa contigo? Estás bem?
- Claro, o Duarte ajudou-me imenso. Estamos a conhecermo-nos.
- A conhecerem-se?
- Sim, estamos a pensar em namorar.
- O Duarte?
- Sim.
Foi então que ela compreendeu. Compreendeu mesmo.
- Vânia olha bem para mim. -pediu a Fabiana.
A Vânia subiu o olhar para a amiga (a Fabiana era muito alta). Percebeu logo tudo. O seu olhar, a expressão do rosto. Com o desgosto que teve com o Nélson, a Vânia queria outra pessoa que a fizesse feliz. Mas o Duarte? Aquele idiota com cara de “sou o melhor” e já com todas as raparigas do colégio apaixonadas por ele logo no primeiro dia. Ela não podia acreditar. Ele tinha apanhado a melhor amiga dela. Bem...o que é que ela podia fazer? Ficar quieta e deixá-lo levá-la? Não! Não haveria segunda vez para ser tarde demais. Teria que actuar já ou as consequências seriam terríveis.
Nesse momento, o Duarte apareceu no mesmo corredor que elas. Bem...ele até que era giro mas não prestava, pensava a Fabiana. Passado uns segundos, o Duarte tinha percebido o olhar da Fabiana e estava a virar-se na direcção das raparigas. “É agora ou nunca. Está na hora de mostrar quem manda. Adeus Duarte, a tua fama está prestes a acabar.” -pensou a loura.
- Bom dia meninas! -exclamou ele com uma cara de sonso.
Por momentos, a mente da Fabiana deixou de funcionar. Ele era mesmo giro, tinha de admitir, mas não podia dar o braço a torcer pois tinha que ajudar a Vânia.
- Bom dia Duarte. -saudou a Vânia.
- Bom dia idiota. -disse a Fabiana séria.
Ele olhou para ela. Parecia admirado.
- O que se passa contigo? Estás contra mim?
- Cara de anjo, alma de terrorista, tens uma bela combinação. -brincou ela.
- Pára Fabiana. Queres ir ao bar, Duarte?
- Claro anda.
Ele deu-lhe a mão e caminharam para fora do corredor. A Fabiana seguia-lhes com o olhar. “Tenho de fazer alguma coisa”. Caminhou no sentido contrário onde a melhor amiga e o idiota tinham saído e viu o Fábio com os irmãos e as duas inimigas. Decidiu ir ter com eles.
- Já viram esse Duarte?
- Aqueles rapazes são muito estranhos. -disse a Melissa.
- Pelo que sei o Duarte é filho de um pai polícia. -disse o Nélson.
- Coitado do pai dele. Não deve querer pôr o filho na cadeia. -comentou a Fabiana.
- Mas ele não é assassino. -disse a Estela.
- Não sabemos. -disse a Melissa.
O Nélson olhou para a Melissa.
- Também tu? Ele é só um idiota que decidiu mudar este colégio.
- Anda a enganar a minha melhor amiga. -disse a Fabiana.
- A Vânia sabe o que faz.
- Acredita em mim Nélson, ela não sabe.
- Aquele tipo deve ser só sarilhos. -disse o Raul.
O Nélson respirou fundo. Não havia maneira de o Raul ter a certeza disso. Basicamente o Duarte tinha aparecido do nada só naquele dia. Eles nem sequer o conheciam. Como é que ele podia saber alguma coisa sobre o rapaz? Qualquer coisa que fosse? Mas quando o Nélson disse isso, a Fabiana ripostou:
- Tu já olhaste bem para ele?
O Nélson tinha de admitir, eles tinham razão. Quer dizer, o tipo tem o ar de quem acabou de sair de uma prisão de luxo ou algo do género. Não se pode confiar num tipo assim tão, enfim, perigosamente charmoso para o sexo feminino.
- Vamos segui-lo. -disse a Fabiana.
- Estás louca?! -disse o Nélson.
Ainda que fosse estranho, não se sentia bem a seguir outras pessoas de um lado para o outro. Não é bonito. Mesmo que, tal como os amigos disseram, seja só para se certificarem de que a Vânia não se meteria em confusões. Sabia que a Vânia era a sua miúda, agora ex-miúda, graças ao Duarte (e também pela Melissa). E, bem, ela também nunca foi flor que se cheirasse. Mas ir atrás dela juntamente com o gajo que ela engatou? Parecia simplesmente um desperdício de tempo.
Aqui está. Pronto.
Espero que tenham gostado.

O que acharam da entrada dos dois rapazes no colégio? Principalmente do Duarte?

Leitores que são do Brasil: Tipo/Gajo/Rapaz é o mesmo que garoto; A expressão: "Flor que se cheirasse" quer dizer que a Vânia não era boa rapariga (garota no Brasil). Espero te ajudado.

Comentem, por favor. Quero saber a vossa opinião.

Beijos.

27 comentários:

  1. bem grande!aposto que eles não sao grandes alunos/pessoas.mais outros a juntar-se à festa lool.

    ResponderEliminar
  2. tá lindo.
    posta logo.

    Beijos,
    Natasha Alyosha.

    ResponderEliminar
  3. Mais dois que podem ser suspeitos é o que acho.

    ResponderEliminar
  4. Esses dois são um perigo!
    posta logo.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  5. Quem é esse Duarte?Ele parece ser galanteador,e concordo,a Vânia quer esquecer o outro lá e logo partir para um relacionamento.
    Tem razão Rui,mais dois a ser investigados.
    Essa sexta feira demora demais pra chegar.Espero que consiga o mínimo de pista pra o próximo capítulo :*

    ResponderEliminar
  6. Uau, assim que entram na escola fazem furor. É bem! Se todos têm a impressão que eles não são boas pessoas, principalmente o Duarte, é porque não devem mesmo ser. Fico à espero pelo desenrolar desta nova situação.

    ResponderEliminar
  7. Esse Duarte...não gostei dele.
    A Vânia não devia tentar algo com ele.
    Posta logo.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  8. posta logo.
    quero mais! <3

    ResponderEliminar
  9. Antes foi o mistério com a possivel assombração e agora é sobre o Duarte?Isto de ser só às sextas é péssimo.

    ResponderEliminar
  10. que mistério!quero que sexta volte depressa.

    ResponderEliminar
  11. mais uma personagem para nos fazer ficar mais chateados de tanto pensar quem será o assassino.

    ResponderEliminar
  12. Que lindo!É bem feito ao Nélson.Quero que a Vânia fique com o Duarte.
    Posta logo.

    Beijos,
    Juh :)

    ResponderEliminar
  13. Bem grande.Gostei.
    Esse Tomás ainda tem muito para dar.

    ResponderEliminar
  14. Que confusão.como ficará isso tudo pergunto-me.

    ResponderEliminar
  15. adorei.gostei dos novos personagens.mais acção!

    ResponderEliminar
  16. não gostamos desse duarte mas acho que a vânia devia tentar alguma coisa com ele.achamos que o nelson gosta da vania ainda.

    ResponderEliminar
  17. tá giro!
    nao sei se consigo esperar até sexta feira.além disso com novos personagens.

    ResponderEliminar
  18. Gostei de ter entrado dois personagens.Terão sido eles a causar o pânico,fica a questão.

    ResponderEliminar
  19. Mais dois personagens?É para piorar mais as coisas.

    ResponderEliminar
  20. Cheguei tarde mas cheguei.
    Não tenho tido tempo para nada.Estou dececionada com o blogger,com tudo mas está tudo bem.
    Mais dois personagens para causar confusão?Não estou gostando disso.
    Posta logo.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  21. Adorei o post.Tem post novo no blog também ,visita ~>http://espacoteencomanaliasantos.blogspot.com.br/2013/10/tendenciaesmaltes-primaveraverao-2014.html
    Segue lá,eu sigo de volta! Beijos :*

    ResponderEliminar
  22. Continua, eu comecei a ler do inicio HOJE e já acabei. A historia é realmente MUITO boa. Parabens :) beijos _ maria_ <3

    ResponderEliminar
  23. Olá Diana,acabei de ler a história e até agora está bem interessante,dei uma olhada nos outros blogs que vc possui e os achei muito bons em especial o Terror 666,seus seguidores devem ter um carinho muito especial por vc,pois um deles entrou em contato comigo e estava preocupado,pois pensa que vc está desanimada e talvez até venha a desativar o seu blog,não sei o que está acontecendo pois não a conheço,o seu trabalho é muito bom, e se alguns dos seus leitores decidirem deixar de ver o seu blog pq não concordam em alguma parte de suas histórias não fique triste a vida tem dessas coisas e você terá sempre novos leitores,não desanime continue a escrever,vc é muito talentosa =D
    Estou seguindo o Terror 666 e esse também,pois me interessam mais já que o conteúdo de nossos blogs são parecidos e por falar esse é o nome do meu Meu mundo é assim,continue escrevendo pois está ótimo do jeito que está^^

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário, a sua opinião é importante para o escritor.