AVISO...

Olá Pessoal!

Já avisei na Página do Facebook e decidi avisar no blogue também.

Na página Livros têm os links onde poderão comprar o livro "A Escola do Terror".


Aviso mais uma vez que tem alterações ao que está no blogue!


Obrigada.

sábado, 29 de setembro de 2012

Capitulo 37 e 38

Olá Pessoal! Eu decidi juntar estes dois capitulos. O capitulo 37 é pequeno e o 38 é o inicio de uma das partes mais surpreendentes da história. Faltam apenas dois capitulos para o final da segunda parte.

Capitulo 37


Com o Luís e a Márcia:
- O que queres Márcia?
- Tu terminaste com a Diana portanto tenho tudo para falar contigo.
- O quê?
- Luís, a Diana não te merecia.
- Como assim a Diana não me merecia?
- És rapaz para raparigas mais, mais rebeldes.
- Está calada! Não vou ter nada contigo nem quero ter.

E saiu deixando a Márcia zangada.
- Bem, nem sequer te estava a pedir isso! – Disse ela.

Capitulo 38

Falta um dia para acabarem as aulas. Neste dia não se fez absolutamente nada, a não ser a parte da Carolina dizer a toda a turma que queria falar com eles no dia seguinte, amanhã. A Inês entendeu-se com o Luís, o irmão do Tiago, e com o Diogo e estava a namorar com os dois. A Juliana “entendeu-se” com o Ricardo e os dois estavam a namorar. Algo não muito sério. A Diana e o Bernardo continuavam com a rivalidade e o Bernardo continuava a namorar com as três raparigas da turma (Carolina, Angelina e Mariana) mas via-se mais com a Angelina. Eles estavam mais vezes juntos. O Gonçalo estava cada vez mais preocupado com a Mafalda e a Mafalda sentia isso.

Bem, o segundo período termina amanhã. O que será que vai acontecer?

Está feito.
O próximo capitulo vai ser um dos melhores desta segunda parte da história. Não percam!
Até Sábado.

Bjs :)

sábado, 22 de setembro de 2012

Capitulo 36

Olá Pessoal! Obrigado pelos comentários. Este capitulo tem apenas duas personagens que pouco têm sido faladas: o Ricardo e a Juliana.
Uma dica para descobrirem o culpado pelo desaparecimento da Mafalda: estejam atentos a todas as conversas que os 7 suspeitos (estou a incluir a própria Mafalda) têm com os restantes membros do grupo, eles podem se "descair" por breves momentos e se não tiverem atentos pode vos passar ao lado. Nem todas as discussões que escrevo são em vão.

Capitulo 36.

Entretanto com o Ricardo e a Juliana na escola.

- Olá querido!

- Olá Juliana!

- Tudo bem?

- Já estive melhor. Já estive melhor quando tu não estavas perto de mim e a falar comigo.

- Ai, deixa de ser antipático.

- O que é que queres Juliana?

- Não é óbvio?! Terminar com os teus planos de 1º lugar de chefe.

O Ricardo respirou fundo.

- Sabes que não vais conseguir.

- Não custa tentar.

- Tu já tentaste. – Disse ele zangado.

- Eh, tem lá calma, Sr. Assassino em série. – Disse a ela a brincar.

- Não me chateies. – Pediu ele.

- Então pára de tentar ser o chefe. – Disse ela séria.

- Não vais conseguir-me fazer mudar de ideias.

E dizendo isto saiu.

Este capitulo é uma pequena discussão entre a Juliana, uma das suspeitas pelo desaparecimento da Mafalda, e o Ricardo, o inimigo direto da Juliana. Não se esqueçam que o Ricardo quer tirar o primeiro lugar de chefe ao Gonçalo já que ele odeia ser o segundo do grupo. A Juliana é a quarta chefe.
O que terá ela de interesse em mudar os planos do Ricardo?

Esta pergunta fica para vocês desvendarem.

Bjs e até Sábado.

sábado, 15 de setembro de 2012

Capitulo 35

Olá Pessoal! Obrigado pelos comentários. Aqui está o capitulo 35.
Estou já a avisar que faltam apenas 5 capitulos para o final desta segunda parte de A Escola Do Terror. A Terceira e última parte irá começar em breve. E confirem também o último capitulo da história Há Procura da Sobrevivência. Acabei de postar lá há uns minutos. A próxima história será A Noiva Do Irmão.

Capitulo 35 já aqui em baixo.

Esta é a última semana de aulas do 2º período e a Carolina decidiu terminar o namoro com o Bernardo no último dia de aulas.

Entretanto com a Diana e com a Márcia nada estava a correr bem. Primeiro porque as duas discutiam e segundo porque a Márcia já sabia que a Diana estava a namorar com o Luís, um que não pertencia ao grupo. Para piorar a situação, a Márcia estava a conversar demais com o Luís, até chegar o dia em que a Diana viu o Luís e a Márcia a beijarem-se no parque.

- Está tudo acabado.

- Diana! – Exclamou ele largando a Márcia.

- Acabou tudo entre nós.

- Só por isto? Foi a Márcia que me beijou.

- Não Luís. Eu é que preciso de espaço.

E dizendo isto saiu, deixando o Luís e a Márcia sozinhos.

- O que é que te deu? – Irritou-se ele.

- A mim? Nada.

- És ridícula. – Disse ele saindo dali. - Ah vocês vão pagar-mas, todos vocês. – Disse ela zangada.

Aqui está.
É um capitulo pequeno? Já sabem a razão pelos capitulos pequenos. Quando começa assim é sinónimo que algo de misterioso irá acontecer. Fiquem bem atentos a estes últimos capitulos desta segunda parte. Vão ser importantes para a terceira parte.

Comentem! E por favor, não se iludem com algumas personagens, como escrevi na descrição: "As pessoas não são o que parecem".

Bjs e até Sábado (talvez).

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Capitulo 34

Olá Pessoal! Primeiro que tudo vou responder a um comentário.

baby_monster: Seja bem-vinda! Que bom que gostou do blog.

Depois, como alguns de vocês sabem (aqueles que são meus amigos no Facebook), as minhas aulas vão começar no dia 14, sexta-feira, por isso já não vou postar nos blogs de 2 em 2 dias como postava ultimamente. Neste momento, os meus posts serão aos Sábados e quando digo posts digo capitulos. No entanto, quem é meu amigo no Facebook pode me pedir para que eu dê uma dica do próximo capitulo. Eu darei. Eu já fiz isso à Daniele Ferrer.

Outra coisa é que eu só vou estar disponível nas minhas redes sociais aos fins de semana por isso ou perguntam no Domingo, ou perguntam Sábado depois de eu postar.

Ainda uma outra coisa, a segunda parte desta história A Escola Do Terror está a terminar. Como já tinha dito, a história termina em 40 capitulos. Ainda haverá uma terceira e última parte desta história. Espero que estejam a gostar.

Agora sim, vamos ao capitulo 34.


Semanas passaram, chegou o tempo dos testes e da parte da Carolina a semana correu bem. A única negativa que tinha saiu e subiu demais.

Numa aula de entrega dos testes de Português, encontrou o seu teste com a classificação de Satisfaz Bem. Como foi possível uma aluna tão baixa na disciplina conseguir subir? O seu namoro com o Miguel, o filho da professora, deu uma grande ajuda, disso a Carolina tinha a certeza. Quando chegou nesse dia a casa começou a pensar em tudo o que aconteceu com o Bernardo e com o Miguel.

- O Bernardo faz-me bem mas o Miguel, o Miguel é mais especial. Para mim, com o Bernardo não é nada sério, com o Miguel está a ser e gosto mais dele que do Bernardo.

A Carolina suspirou.

- Vou terminar tudo com o Bernardo. Está decidido!

A Carolina irá terminar com o Bernardo. O que será que vai acontecer?

Desculpem por ser pequeno. Queria terminar uma pergunta e com isso acabou por ficar mais pequeno do que os meus outros capitulos.
Então e agora? O que acontecerá? Vocês queriam a Carolina com quem? Com o Bernardo ou com o Miguel? Só há estas duas opções. Não criem mais hipóteses nas vossas cabeças mas obrigado por o fazerem, é sinal que vocês estão a gostar. Muito obrigado por essas observações.

Comentem! Quero saber a vossa opinião.

Bjs :)

Entrevista a Elifcr

Olá Pessoal! Aqui está a entrevista que fiz à Elifcr, autora da história "A Chave Verde" - Clique Aqui para ir directamente ao blog.

Diana (DSP): Fala um pouco da tua história “A Chave Verde”?

Elifcr: A Chave Verde desenrola-se num mundo muito diferente do nosso. Existem criaturas que para nós nunca passaram de lendas e invenções das mentes dos nossos antepassados. A história desenrola-se em volta dos amigos de um jovem rei e do mesmo. Na história, um grupo composto pelo rei e seus companheiros parte em busca da chave do rei que o ajudará a curar-se porém na realidade a verdadeira busca não é essa. À medida que a história se vai desenrolando e mais obstáculos aparecem à frente do grupo, vão-se desvendando passados e histórias secundárias que se relacionam com a verdadeira busca.

Diana (DSP): Porquê "A Chave Verde"?
Elifcr: Quando era mais nova tinha um fascinio por chaves. Comecei a escrever uma história, que na altura para mim era grande de três folhas, sobre uma chave que desaparecia. A essa história dei-lhe o nome de 'A Chave Desaparecida'. pouco depois, tive uma ideia amalucada de escrever um livro sobre essa mesma história e pedi ajuda à minha mãe. Ela leu o que eu tinha escrito e começámos a discutir os promenores. Quando dei por isso a chave era verde. e já tinha mudado o título da história para 'A Chave Verde'.

Diana (DSP): Já alguma vez te passou pela cabeça desistires do blog?
Elifcr: Muitas, infelizmente. Mas depois lia outros blogs e via a aceitação das pessoas a esses. Ganhava então a coragem de o continuar, apesar de que ultimamente não tenha ido ver o meu blog.

Diana (DSP): Já tiveste algum blog antes deste?
Elifcr: Já sim mas esse eu cheguei a acabar com ele.

Diana (DSP): Já recebeste alguns comentários maldosos? Se sim, quantos e como reagiste?
Elifcr: Creio que não recebi nenhuns no meu blog. Se recebi não me lembro deles.

Diana (DSP): O teu blog já foi plagiado alguma vez? Se sim, como foi que resolveste a situação?
Elifcr: Que eu saiba ele ainda não foi plagiado.

Diana (DSP): Qual foi a melhor coisa que já aconteceu no teu blog até hoje?
Elifcr: A melhor coisa? Essa é complicada... Acho que o melhor que já me aconteceu for ter a certeza que os leitores me apoiam.

Diana (DSP): Porque é que começaste a criar histórias?
Elifcr: Eu estava a passar um mau bocado e precisava de fugir à realidade, por assim dizer. Os livros que eu tinha em casa já não me ajudavam por isso voltei a pegar no esboço d' A Chave Verde' e continuei a escrevê-lo. Isso conseguiu desviar a minha atenção dos problemas que eu tinha. Então comecei A escrever tudo o que me vinha a cabeça. Uma dessas minhas ideias por acaso ganhou a forma de outra história. E fui escrevendo as duas ao mesmo tempo.

Diana (DSP): Em que é que te inspiras para escrever?
Elifcr: Em tudo! Situações do dia-a-dia, séries de televisão, filmes (principalmente os de fantasia) e até mesmo em outros livros.

A Elifcr inspira-se em filmes de fantasia

Diana (DSP): Uma das tuas leitoras estava a criar um blog agora, o que dirias a ela?
Elifcr: Dar-lhe-ia o meu apoio e sempre que pudesse veria como ela se estava a sair com o seu blog.

Diana (DSP): Gostaste da entrevista?
Elifcr: Gostei apesar de que estava á espera de algo um pouco mais intimidador.

Aqui está!
Todas as entrevistas estão feitas. Podem reler as entrevistas sempre que quiserem. Acabo aqui as novidades das férias no blog. Ficam as entrevistas às três excelentes escritoras: Natasha S., Sílvia e Elifcr.
Para o ano estarei a entrevistar mais alguns excelentes escritores.

Bjs, 
Diana (DSP)

Entrevista a Sílvia

Olá Pessoal! Aqui temos a entrevista da Sílvia, autora do blog Vidas Trocadas.

Diana (DSP): Porquê o título Vidas Trocadas?
Sílvia: Isto vai ser pensado como plágio mas...lembras-te da série que tu e a Juliana Dindarova tinham no YouTube que acabou por ser anulada? Pois, eu tirei a inspiração para o título daí. Embora a história não ter nada a ver com o título pelo menos nos primeiros capitulos não parece mas depois tem algo a ver porque a história é traição.

Diana (DSP): Fica descansada que isso não irá ser pensado como plágio. Tinha uma certa curiosidade em fazer essa pergunta. Era mais para mim do que para os teus próprios fãs, se bem que eu também me declaro uma fã tua. Ninguém, ou poucos, escrevem da mesma maneira tão perfeita como tu. Eu própria não utilizo essa forma de escrever quando escrevo terror. Enfim...fala um pouco sobre a tua história.
Sílvia: Obrigada. É quase uma honra ter-te lá no meu blog a comentar porque tu já és tratada no Blogger como uma excelente escritora de terror. E crias mistérios perfeitos. A minha história basicamente é sobre duas irmãs e um homem que quer destruir a família delas. Uma é namorada dele e parece completamente obcecada porque ele é um homem bastante bonito e a outra irmã acaba por fazer um erro em apaixonar-se pelo mesmo homem.

Diana (DSP): Tu já tiveste um blog e não era sobre histórias. Era sobre o quê?
Sílvia: Vendas. Eu vendia peças. Umas eram em segunda mão outras eram totalmente novas.

Diana (DSP): Alguma vez te plagiaram?
Sílvia: Até agora ainda não. E espero não ser.

Diana (DSP): Em quem te inspiras?
Sílvia: Amigos, família, histórias no Blogger e em outras escritoras fantásticas como tu.

Diana (DSP): Obrigada. qual é a tua melhor época do ano?
Sílvia: As minhas férias de verão! Para que fique claro, eu sou Portuguesa e a minha melhor época é em Julho e Agosto.

A melhor época do ano da Sílvia são as férias de verão

Diana (DSP): Quando é que começaste a escrever?
Sílvia: Desde os meus 12 anos e já tenho 18. Eu descobri que era bipolar. Ao principio foi complicado engolir aliás a bipolaridade é uma doença como todas as outras. Mas sabes, eu odeio aquelas pessoas que dizem ser-se bipolares sem terem completamente essa doença. Agora é já hábito as pessoas dizerem que têm mudanças de humor repentinas ou exageradas. Para mim é uma coisa ridicula. Eu mesmo graças a essa doença nunca fui gozada nem ninguém me virou as costas. Continuo a sair com os meus amigos que sempre foram meus amigos. É óbvio que a minha vida deixou de ser a mesma. Eu tomo medicação não posso esquecer-me dela. É verdade que é complicado conviver com a doença mas com o tempo habitua-se.

Diana (DSP): Qual foi a melhor coisa que aconteceu no teu blog?
Sílvia: Ter-te a comentar no meu blog foi a primeira melhor coisa. A segunda foi receber o primeiro selo no blog de histórias e mandado por ti também. Tenho 27 seguidores, nem sequer tenho muitos mas esses 27 já me dão alguma alegria porque tentam sempre comentar.

Diana (DSP): O que é que queres fazer a nível profissional?
Sílvia: Eu vou seguir sociologia e estava a pensar em jornalismo.

Diana (DSP): Gostas da entrevista? Feita pela escritora de terror que mal tem tempo para preparar perguntas de jeito ahah!
Sílvia: Eu gostei sim. Obrigada pela entrevista.

A próxima a ser entrevistada é a Elifcr, autora da história A Chave verde.

domingo, 9 de setembro de 2012

Capitulo 33

Olá Pessoal! Obrigado pelos comentários. Este capitulo vai mudar as vossas opiniões quanto ao desaparecimento da Mafalda e também quem é o "bonzinho" no meio de toda esta confusão. Acho que este capitulo vocês vão adorar, pelo menos eu adorei escrevê-lo.

Horas depois, a Diana foi falar com o Bernardo.

- Regressei ao grupo, estás feliz?

- Muito. – Respondeu ele, irónico.

A Diana sorriu.

- Agora que eu voltei tu vais voltar a ser vigiado.

- Vais pagar-mas. Mais tarde ou mais cedo.

A Diana riu-se.

- Eu já paguei quando fui retirada do grupo. Pena que a Mafalda voltou não é?

- Sua cobra!

- Eu sabia que mais tarde ou mais cedo a minha antiga vida iria voltar e olha, voltou mais cedo do que eu esperava.

- A Mafalda não devia ter voltado.

- Pois, isso na tua opinião.

A Diana fez uma pausa.

- Vais ser descoberto Bernardo e quando chegar esse dia, eu vou estar presente e vou comemorar tanto ou mais do que tu quando eu fui expulsa do grupo.

- Então e tu? Andas com o Luís que não pertence ao grupo.

- Pois mas eu não ando com dois rapazes ao mesmo tempo.

O Bernardo perante esta resposta não teve reação passando a ganhar aquela conversa a Diana que ao ver que ganhou, saiu.

Aqui está!
Eu diria que com este capitulo a Diana também é uma possível culpada pelo desaparecimento da Mafalda. Vocês é que sabem apenas estou a dar a minha opinião.
E quanto a estes dois personagens, acredito que vocês pensavam que um deles fosse o "bonzinho" mas enganaram-se com esta conversa. Viram agora que eles estão em guerra aberta e, ajudando-vos quanto ao mistério, não me admirava que fosse um deles a desaparecer com a Mafalda para um deles ficar a perder.
Fica a dica!

Comentem!

Bjs :)

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Capitulo 32

Olá Pessoal! Aqui está o capitulo 32. Obrigado pelos comentários.

No dia seguinte, o grupo foi falar com a Diana no intervalo.
- Precisamos de falar contigo. – Disse o Gonçalo.
- O que se passa?
O Gonçalo olhou para os amigos e depois voltou a olhar para a Diana.
- Tu vais voltar para o grupo.
A Diana olhou admirada para o grupo.
- O quê?
- Tu vais voltar para o grupo Diana. – disse o Gonçalo.
- Estão a brincar, não estão? – Perguntou a diana sem acreditar.
O Gonçalo negou com a cabeça.
- Estão todos de acordo.
- Não. Eu não estou. – Disse a Márcia.
“Nem eu.” – Pensou o Bernardo.
- Acho uma falta de respeito para comigo. – Disse a Márcia zangada.
- Márcia, a maioria quer a Diana no grupo então ela fica. – Disse o Gonçalo.
A Márcia cruzou os braços.
- Então Diana, aceitas? – Perguntou o Gonçalo.
A Diana suspirou. Ela lembrou-se do Luís. Ele não pertencia ao grupo e ela estava a namorar com ele. Mas ela não quis saber.
- Sim Gonçalo, aceito.
A Diana está no grupo.

Aqui está.
Espero que tenham gostado.
Neste momento eu diria que quanto à pergunt do lado direito vocês estariam indecisos entre a Márcia e o Bernardo. Neste momento a Diana está a fazer o mesmo que o Bernardo fazia. Será que o Bernardo vai descobrir e vingar-se?

Irão descobrir só no próximo capitulo.

Comentem.

Bjs :)

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Entrevista a Natasha S.

Olá Pessoal! Aqui está a entrevista que eu fiz à Natasha S. tal como o Afonso pediu. A entrevista foi feita via E-mail.


Diana (DSP):  Tiveste um blog que neste momento está desativado. O que te fez desativá-lo?

Natasha S: Eu tinha poucos seguidores e tu bem sabes como dói ver que nós escrevemos e damos um pouco do nosso tempo para escrever e ninguém lê o que escrevemos. Ou poucos.

Diana (DSP): Mas gostas de escrever?
Natasha S.: Sim, eu adoro escrever. É um dos meus passatempos preferidos.

Ler é um dos passatempos preferidos da Natasha S.
Diana (DSP): Neste momento começaste com uma nova história. Fala um pouco sobre ela.

Natasha S: A história chama-se um crime secreto. É um casal que vai passar férias em New Jersey. Há uma tentativa de assassinato e o marido é o principal suspeito do crime.

Diana (DSP): É a primeira vez que escreves com este género?

Natasha S: Mentiria se dissesse que não. Eu nunca gostei muito de terror e muitas mortes e assassinos e tudo o que pertence no género de terror. Leio a tua história porque é bem diferente das que costumo ler.

Diana (DSP): Alguma vez já te passou pela cabeça desistir do blog? Para sempre?

Natasha S: Sim mas desisti da ideia.

Diana (DSP): Porquê?

Natasha S: Porque o blog já fazia parte de mim mesmo com o pouco tempo.

Diana (DSP): Já recebeste comentários maldosos? Quantos e como reagiste?

Natasha S: Alguns e eram sempre de pessoas anónimas mas não liguei a isso.

Diana (DSP): O que é que tu queres fazer de futuro? A nível profissional?

Natasha S: Medicina dentária. É o meu sonho.

Diana (DSP): E a escrita? Ficava para segundo plano?

Natasha S: Escrever faz bem mas nem todos fazem disso um trabalho. Alguns fazem apenas de hobbie. E é isso que vai ser para mim.

Diana (DSP): Alguma das tuas leitoras pode estar a criar uma história e um blog agora, o que dirias a ela?

Natasha S: Paciência é o mais necessário.

Diana (DSP): Dizem que os escritores são melhores a português por escreverem muito. Achas que é verdade?

Natasha S: Haha! Não acredito! Não falo por mim porque eu sou péssima é a economia mas a português não tenho boas notas.

Diana (DSP): Quando é que começaste a escrever "verdadeiramente"? Quando é que começaste a escrever histórias? Não as brincadeiras que nós escrevíamos em português porque éramos obrigados mas sendo tu própria a escrever.

Natasha S: Eu comecei a escrever ainda era nova. Eu comecei a escrever numa altura critica da vida. A minha irmã sofre de autismo e eu era gozada na escola por causa dela. Eu comecei a escrever aí. Era como se fosse o meu "ataque" de raiva. Eu manchava no papel a minha raiva na altura.

Diana (DSP): Tu sabes Russo? (Não resisti a perguntar isto!)

Natasha S: Haha! Sei sim. Sei falar fluente Russo e Português. Eu tenho ascendência Russa.

Diana (DSP): Quanto tempo demoras a escrever um capitulo?

Natasha S: Dentro de 2, 3 dias se não tiver inspirada.

Diana (DSP): Gostaste da entrevista?

Natasha S: Muito. Obrigada ao Afonso por me indicar.

Aqui está a entrevista.
Em breve, a próxima entrevista é com a Sílvia, autora da história Vidas Trocadas.

As novidades das férias estão a acabar. Quem ainda quiser ser entrevistado comente aqui em baixo neste post.

Bjs :)

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Capitulo 31

Olá Pessoal! Obrigada pelos comentários.

Aqui está o capitulo 31.


Com o grupo na casa do Gonçalo:

- Eu vinha falar-vos da Diana. – Disse a Mafalda.

- O que é que aconteceu? – Perguntou o Gonçalo.

A Mafalda suspirou.

- Depois do que vocês me contaram, eu não estou convencida de que só por isso tivessem expulsado a Diana do grupo.

- Tu achas que ela não devia sair por ela quase me agredir? – Perguntou a Márcia chocada.

- Agredir? – Disse o Tiago boquiaberto.

- Como assim agredir? – Perguntou o Gonçalo.

- Sim, ela ia quase me batendo. Vocês acham que ela devia entrar depois de tudo o que ela me fez?

O Gonçalo olhou para a Mafalda e a Mafalda para ele. Ela suspirou.

- Acho que já não devia entrar.

- Pois eu acho que por mim ela devia entrar. – Disse o Gonçalo.

Todos olharam para o Gonçalo.

- Ela pode remediar o que fez.

- Acho que fazes um erro Gonçalo. – Disse a Márcia zangada mas tentando não demonstrar.

- Eu só digo que vamos tentar.

- Sim Gonçalo, estou de acordo contigo. – Disse a Juliana.

- E para lugar é que fica? – Perguntou a Márcia.

- Para o mesmo em que estava antes: o 3º lugar de chefe.

Assim que o Gonçalo disse isso, a Márcia saiu de casa dele, zangada. A expressão fácial do Bernardo também se modificou.

“Ela vai entrar outra vez, ai que raiva, lá vem ela estragar a minha vida outra vez.” – Pensou ele.

O regresso da Diana ao grupo estava a chegar.

Aqui está!
Ficaram contentes com o regresso da Diana ao grupo?
Comentem.

Bjs :)

domingo, 2 de setembro de 2012

Tuga Call Me Maybe

Olá Pessoal!
Já sabem que costumo postar vídeos aqui com músicas originais de amigos meus mas desta vez é diferente. Este vídeo abaixo é para ouvirem, comentarem, colocarem likes, enfim...vejam.


Eu quero likes no YouTube Pessoal! Ajudem um amigo :D

Obrigado por verem o post.