AVISO...

Olá Pessoal!

Já avisei na Página do Facebook e decidi avisar no blogue também.

Na página Livros têm os links onde poderão comprar o livro "A Escola do Terror".


Aviso mais uma vez que tem alterações ao que está no blogue!


Obrigada.

sábado, 24 de dezembro de 2011

Mini história como Especial Natal (Última parte)

Olá Pessoal! Aqui está a última parte.

 - Não. Vou te dizer que a mãe dela, a Adelaide, não é mãe dela.
O João não estava a perceber.
 - O que é que tu queres dizer com isso?
 - A Matilde foi abandonada pela mãe verdadeira, foi a Adelaide que cuidou dela. Eu e a Matilde somos amigas mais ou menos desde que nascemos. Numa conversa que a Adelaide teve com a minha mãe percebi que ela era mãe de um rapaz que era um ano mais velho que nós.
 - Um rapaz?
 - Sim, esse rapaz és tu João.
 - Mas o meu pai disse que a minha mãe andava desaparecida.
 - E talvez andasse. A Adelaide nunca teve um único homem na vida dela.
 - Mas a Adelaide sabe que eu e a Matilde não somos irmãos e se ela contar à Matilde?
 - Vais ter que continuar com ela.
 - Não, vou ter que matar alguém.
 - João, a Adelaide é tua mãe.
 - Eu não acredito numa única palavra que tu dizes. Até acredito a parte de a Matilde ter sido abandonada, para ser tão louca.
 - A Matilde não é louca, ela só não está saudável.
 - O que seja Vera. Vou ter com a Matilde.
E dizendo isto saiu de casa da Vera. Ele podia ter dito à Vera que não acreditava mas a verdade é que era mentira. Ele tinha acreditado em tudo o que ela lhe tinha dito...

Horas mais tarde a polícia chegou a casa da Matilde. Vera estava no local, ela sabia que algo iria acontecer. Reparou que o João estava no local e foi ter com ele.
 - O que é que aconteceu?
 - A Adelaide foi morta.
 - Como pudeste?
 - Não fui eu Vera, porque é que tu não me disseste que a Matilde tinha um revólver em casa dela?
A Vera não estava a acreditar.
 - O estado dela piorou João.
João abanou a cabeça.
 - Não temos muito tempo. Vem comigo!
Ele e a Vera encaminharam-se para dentro do carro dele. Vera ao entrar, reparou que a Matilde também estava presente.
 - João, o que é que ela está aqui a fazer?
 - Não faças perguntas.
Minutos depois estavam numa rua deserta.
 - O que é que se passa aqui? - Perguntou a Vera.
 - Tu vais ver o final. - Respondeu o João.
 - O final? - Perguntou Vera sem perceber.
O João foi à mochila que trazia consigo e tirou de lá umas bolachas.
 - A Adelaide estava a fazer isto antes de morrer. Acho que era para a Matilde, não sei. - Disse ele com um sorriso.
Vera percebeu tudo, foi ele que matou a mãe e é ele que vai envenenar a Matilde.
 - Matilde, não fazes nada? - Perguntou a Vera a achar estranho a atitude dela.
 - Claro que não Vera, ela confia mais em mim do que na melhor amiga dela. - Disse ele a sorrir.
e aconteceu...Matilde em minutos comeu uma das bolachas que o João trazia. Era o paraíso...a morte, porque a recebia dele.

Dias mais tarde, Matilde andava desaparecida, tinha saído da psiquiatria onde tinha estado. João estava morto, sepultado no cemitério de Lisboa, graças aquele incidente que aconteceu naquela rua deserta. Vera estava viva mas suspeita pela morte de João. Foi João que tinha morto Adelaide pois quando chegou a casa de Matilde, viu que esta já sabia a verdade. Vera, naquela rua deserta, ia sendo morta por Matilde, que trazia o revólver que pertencia não a si mas a João. Vera trabalhava com o pai de João que era da polícia judiciária mas pouca gente sabia. Com um revólver que trazia consigo matou João antes que Matilde pudesse fazer uma loucura. Matilde saiu a correr dali e mais ninguém a encontrou. Vera saiu dali mas esqueceu-se de apagar as provas ficando suspeita pela morte dele. Quanto a Matilde, ninguém sabe de nada mas algo que todos sabemos é que o João irá atormentar a pessoa que lhe acabou a vida. A Vera.

Fim!

Feliz Natal!


Espero que tenham gostado desta minha primeira mini história.

13 comentários:

  1. ta fixe!
    Adorei Diana!Adorei!

    ResponderEliminar
  2. que giro!
    adorei a mini historia!

    ResponderEliminar
  3. adorei!
    lindo!
    mini historia linda!
    feliz natal!

    ResponderEliminar
  4. Muito bom!
    Quanto ao final,nunca pensei!

    ResponderEliminar
  5. adoramos!
    feliz natal!

    ResponderEliminar
  6. ta lindo!
    tens muito jeito para escrever terror!
    Beijos,
    Natasha Alyosha :)

    ResponderEliminar
  7. Lindo,amiga!
    Tens um jeitinho para isto!
    Nunca pensei que o final fosse assim!
    Lindo!

    Beijos,
    Juh :)

    ResponderEliminar
  8. Adorei!
    Deves ter tido excelente nesse trabalho.

    Feliz Natal!

    Beijos :)

    ResponderEliminar
  9. oi entra no meu blog

    http://ansiacriativa.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  10. Oiie, Estou no começo do blog e queria alguns seguidores, será que pode divulgar?>> http://jemi-nos-vamos-ser-um-sonho.blogspot.com/

    Obrigadinha!♥

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário, a sua opinião é importante para o escritor.