sábado, 27 de agosto de 2011

1ª parte do capitulo 37

Olá Pessoal! Desculpem por vir tarde. Andei postando no 2º blog porque quero acabar com aquela história depressa para postar a nova que se virem já tem sinopse. Acho que me superei na história "O Colégio Interno" porque vai ser um policial enorme. Acho que só terá uns 30 e tal capitulos mas enfim...Acho que ainda terei acabado em 2011 e não 2012 como tento não prever. Não entrei no msn de novo porque com estas mudanças todas a net está uma porcaria. Mas como prometi, aqui está o capitulo. Nestas últimas partes do capitulo eu posto conforme os comentários. Por isso agora no final do capitulo vão ter sempre o número de comentários que quero e não vale se os comentários forem da mesma pessoa.
Obrigado pelos 18 comentários. Vocês são os maiores mesmo.

Afonso: Pois, tu sabes tudo mas podes te enganar. Mafalda e Ricardo. Muito bem. Estou a marcar aqui num papel. E, pois, se calhar não morrem.

Helena: É emocionante essa parte mas depois ficarei na dúvida se farei espiritos.

Felipe: Claro que vou matar alguém (não literalmente). Não sei se matarei a Patrícia. Ficaria muito á "superficie". Já se saberia quem era a culpada...ou talvez não.

Sónia: És a primeira pessoa que diz Gonçalo. Dizem que ele é muito responsável e que tem cabeça mas foi bom saber disso. Obrigada.

Anónimo: Gostei do comentário. São comentários muito construtivos. Eu não vou comentar. É a tua decisão mas espero pela resposta mais confiante. Obrigado.

Natasha: Mafalda já é normal agora José? Outra personagem que não imaginaria que respondessem. Obrigada pela ideia amiga.

Dimitry: No Ricardo também falam muito. Obrigado pela ideia amigo.

Cátia e Sara: Claro que não. Talvez não. Obrigada pelo comentário.

Tomás: Outro ponto para o Ricardo. Obrigado!

Juliana Dindarova: Outra vez a Mafalda. Obrigada.

Cathie: Paz e Amor ahahah! Não há problema amiga! Comenta quando pode. As nossas conversas de msn são engraçadas. Como comentei no teu blog não fiquei zangada e como disse, os leitores é que sabem. Beijos! E também te adoro.

Rui: Quem diria! A primeira pessoa a entrar na "área de personagens" que eu pensei. Estás perto mas não chegaste lá :D  Agora chora!

Aqui está a 1ª parte do capitulo 37.

A Mafalda foi para a sala e viu que eles já estavam todos levantados com as mãos na cabeça. A Patricia foi fazer o pequeno almoço pois eles não conseguiam sequer se mexer sem terem de meter as mãos na cabeça. Quando tomaram o pequeno almoço, abriram as prendas e de seguida saíram da casa da Mafalda e da Patricia e a Mafalda teve de arrumar toda a bagunceira que estava na sala. Por sorte, os pais não chegaram a ver a desgraça.
O Bernardo que já estava um pouco mais lúcido, foi a casa da Carolina. Bateu á porta e a Carolina foi abrir.
- Olá! - exclamou a Carolina.
- Olá!
- Entra. - pediu a Carolina.
- Obrigado.
O Bernardo entrou dentro de casa.
- Os teus pais estão? - perguntou ele.
- Não. Fica descansado.
- Podemos conversar? - perguntou ele.
- Sim, claro.
A Carolina fechou a porta e foram os dois para a sala.
- Queres falar do quê?
- Do dia 31 de Dezembro.
Eles foram se sentar no sofá.
- Queres passar a noite comigo? - perguntou a Carolina.
- É mais o contrário.
- O quê?


Está feito!
E regressou o nosso amigo questionário. Há semanas que não "falávamos" dele.

Questionário:
1- Qual será a reacção da Carolina? Têm 3 opções: 1- Reage mal e manda o Bernardo sair de casa dela; 2- Não percebe o que ele quer dizer mas depois acaba por aceitar; e 3- Ela insiste em passar a noite com ele e ele não consegue inventar nada para se escapar.

É isto! Comentem! 16 comentários. Ah, e ia esquecendo: faltam 3 capitulos para o final desta primeira parte.
Bjs :)

sábado, 20 de agosto de 2011

Capitulo 36

Olá Pessoal! Aqui está o capitulo 36. Para vos compensar do capitulo anterior vim quatro dias depois postar este capitulo. Faltam 4 capítulos para o final da primeira parte da história.

Helena: Obrigada! Então posso matar esses quatro que não te faz diferença. O pior é que eu tento sempre matar personagens "queridas" pela maioria do público. Tens que ler para saber quem morre (ou não morre).

Patrícia: Obrigada!

Felipe: Tens que ler! Obrigada pelo comentário!

Sónia: Obrigada! É muito importante saber isso.

Tomás: Obrigado! Espero que continues a ler!

Juliana Dindarova: Eu não gosto da série mas até que o casal é "amigável", simpático. Mas isso não quer dizer que ache piada à série e a veja.

Aqui está o capitulo 36.

No dia 26 de Dezembro, ás 11:30, na casa da Mafalda, ela estava a despertar. Estava com uma ressaca. Assim que viu as horas, assustou-se. Os pais chegariam ás 12:00 e a casa estava numa bagunceira. Acordou os outros, excepto o Luís, que já estava acordado. Depois de os ter acordado, foi á procura do Luís. Quando abriu a porta do quarto da irmã Patrícia, viu os dois (Patrícia e o Luís) a conversarem. Ficou irritada.
- O que se está a passar aqui? - perguntou ela, a falar alto mas depois pôs a mão na cabeça, com dor, pois lembrou-se que tinha estado a beber.
- Estamos a falar. - respondeu o Luís depois saindo para fora do quarto.
- Não penses... - pôs a mão na cabeça outra vez e continuou a falar mais baixo - ...que vais livrar-te de mim tão facilmente, Luís.
Depois, a Mafalda olhou para a irmã.
- Gostaste do que te fiz?
- Adorei. - respondeu, irónica.
A Patrícia ia saindo do quarto mas a Mafalda agarrou-lhe o braço e disse-lhe:
- Se os nossos pais não estivessem a chegar, tu ficavas aqui mais um bocado.
A Mafalda largou-lhe o braço e a Patrícia saiu do quarto.


Um capitulo só com as personagens Mafalda, Patrícia e Luís. Comentem!
E já que estamos 4 capítulos do final, porque não me dizerem quem queriam que morresse nesta primeira parte. Só para eu ter uma ideia. Podem responder agora ou depois do capitulo 37 mas queria que respondessem.
Bjs :)

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Capitulo 35

Olá Pessoal! Mais uma vez não entrei no msn mas vocês já sabem qual é o problema. Enfim...vi os vossos comentários, no capitulo e no post anterior. Obrigado pela vossa opinião.

Afonso: Hoje? Só? Bem, pensava que era mais.

Cátia e Sara: Obrigada pelo comentário!

Helena: Essa tua opinião serviu-me de muito. Obrigada!

Tiago: Pois, eu já sei qual é a vossa relação de supostos "irmãos"!

Juliana Dindarova: Essa foi boa, nem segundo! Quanto à opinião sobre a Mafalda obrigada. Quanto ao dia 13: tive de me esforçar para ficar sentada no mesmo sofá que tu a ver aquele episódio.

Anónimo: Claro que já todos sabem. Os que sempre leram as histórias sim. Obrigado por comentar.

Patrícia: Na verdade lembrei-me da relação que tens com a tua irmã para escrever o capitulo. Claro que não chegam a tanto mas coloquei mais dor.

Cathie: Que saudades! Há muito tempo que não comentava no blog. Obrigada! É muito bom ver um comentário teu :)

Tomás: Bem vindo! Eu sei, o final de "Uma Vida De Sombra" torna-se um pouco decepcionante para algumas pessoas. A maioria de fora do blog gosta mais dessa história e as que estão aqui no PC preferem esta. Obrigado por comentares e pelo conselho!

Pessoal, obrigado a todos que responderam ao meu post anterior. Já estava à espera que a maioria não gostasse da primeira história e que gostasse mais desta história. Ando a pensar em escrever só algo relacionado com Drama, Terror, assassinatos etc...
Mas só lá para a frente.
Aqui está agora o capitulo 35. É pequeno porque os outros vão ser maiores. O terror está a chegar. Algo que pouca gente era capaz de imaginar o que vem aí. Faltam precisamente 5 capítulos para o final da primeira parte.

A Mafalda foi ter com os amigos e contou-lhes o que fez á irmã. Depois de ter contado, a Mafalda deu copos com vodka aos amigos. Quando chegou as 24:00 eles já estavam todos a dormir e nem sequer foram abrir as prendas. Entretanto na casa da Carolina, ela e o Miguel estavam a abrir as prendas. O mesmo acontecia com o Francisco e a Alexandra que também estavam a passar o natal juntos na casa dele. Na casa da Cristiana, ela, a Mariana e a Inês estavam a desembrulhar as prendas mas a Sofia, o Diogo e o Luís estavam já a dormir. O natal da turma foi "normal". Não houve nada de especial.

Está feito!
Pequeno eu sei pessoal mas os próximos serão já o final desta primeira parte e para acabar em grande os capítulos finais serão sempre cheios de terror. Não fiquem decepcionados por não ter acontecido nada de especial na noite de natal (excluindo a Mafalda mais a irmã gémea). Os próximos capítulos serão já a entrada do novo ano e novidades e mudanças de vida. Escolhas. Muitas escolhas. Mas esperem até esses capítulos aparecerem.
Comentem!

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

A história que vocês gostam mais da minha autoria leiam pf

Olá Pessoal! Não é nenhum capitulo que vou postar aqui hoje. Só quero saber uma coisa e com as vossas respostas eu vou ter uma ideia geral. É o seguinte: um novo leitor do blog chamado Tomás me fez pensar sinceramente em que histórias vocês gostam mais até agora da minha autoria. Vocês podiam responder por comentários aqui neste post por favor?

As histórias são estas:

História de uma adolescente (2007)

Sinopse: Basicamente é uma rapariga chamada Carla que vai para uma universidade e a sua paixão é música mas esconde ao pai porque ele não quer que a filha cante. A única pessoa que sabe a verdade é a sua grande amiga Luísa. O amor começa a entrar na vida da Carla. O pior vem depois quando o amor surge na vida desta rapariga é que a mais popular da escola Marta vai fazer-lhe a vida num inferno.

Género: Romance

Está no 2º blog.

Observações: Pela ideia que tive ao lerem a maioria não gosta da história. Se não gostarem digam também. Foi a minha primeira história era normal.

Uma vida de sombra (2008)

Sinopse: Era uma vez uma rapariga que se chamava Susana tinha 1,63m de altura e pesava 50k tinha uns longos cabelos castanhos encaracolados e uns grandes olhos azuis. Esta rapariga teve um passado difícil tem 16 anos e aos 14 matou o namorado, depois daí a sua vida mudou completamente foi abandonada pela mãe Vitória e o pai Luís suicidou-se, até hoje vive com a tia Elisa (irmã do pai) que ajudou-a nesse momento difícil.

Género: Drama, também podendo ser considerado terror.

Esteve neste blog com 26 capítulos no total.

Observações: As pessoas adultas na maioria gostaram mais desta. Quero a opinião dos leitores da minha idade e os deste blog no geral.

A escola do terror I - parte 1 (2009)

Sinopse: Isto passa-se numa escola em que os alunos não são lá muito normais. Começo a pôr o protagonismo numa personagem, a Angelina, que acaba de chegar à escola e depois passo para as outras. As personagens que vão estar mais activas são a Carolina, a Diana, o Bernardo, a Sofia, o José e o grupo de assassinos. Vai haver muito amor, muita emoção, muita morte (tinha de ser) e muitas apostas pelo meio. Todos do grupo de assassinos querem vencer mas a derrota faz-se  "romper" entre todos. E só há alguém que vence dali. Será que conseguiriam viver numa escola assim?! Eu acho que sim no vosso caso não sei.

Género: Romance e Terror (nesta primeira parte).

Neste blog finalizando com 40 capítulos.

Observações: Ainda a ser postado no blog.

Há procura da sobrevivência (2010)

Sinopse: A Demi teve uma irmã "emprestada" a Vanessa. Os pais da Demi são mortos por vampiros e a Vanessa e a Demi são transformadas em vampiras, nisso elas são salvas por uma família de vampiros e são adoptadas.

Género: Sobrenatural.

Está no 3º blog.

Observações: As personagens são da Disney, pedidas por leitoras do blog.

Digam o que acham? Do que gostam e das que não gostam. Obrigado :)

sábado, 6 de agosto de 2011

Capitulo 34

Olá Pessoal! Desculpem o atraso a postar. Estes dias são um pouco complicados e tenho pouco tempo para vir ao PC. Enfim, cheguei e nem entrei no msn por isso peço desculpa aos meus amigos que pensaram que um capitulo no blog era sinal que estava viva e que chegaria ao msn. Eu não entrei no msn porque o tempo que tenho é pouco por isso simplesmente posto no blog e vou embora.
Faltam 6 capitulos para o final desta primeira parte da história. Vamos às vossas respostas:

Afonso: acho que és tu :D É mesmo verdade. "OMG só mortes". Essa foi assustadora, preferia não te conhecer assim não seria tão assustador.

Juliana Dindarova: Segunda! Ganhas-te? Só o segundo lugar :D

Anónimo: Pois é. Mortes? Quantas mortes? Poucas, poucas (irónica).

Helena: Pois :D

Agora aqui está o capitulo. Este é pequeno para "preparação" do terror que aí vem. Se repararem escrevo sempre capitulos pequenos antes do terror aparecer. Na história "Uma Vida De Sombra" foi assim.

Passou um dia, ás 19:00 todos chegaram a casa da Mafalda para passarem o Natal como estava combinado. A irmã gémea da Mafalda, a Patricia esteve sempre a incomodar a Mafalda e a Mafalda a meio da noite pede-lhe para ir com ela para o quarto dela. A Patricia segue-a e entram as duas no quarto da Mafalda. A Mafalda pega na chave que estava em cima da cómoda e tranca a porta. A Patricia não percebendo porque é que a irmã trancou a porta, perguntou:
- O que é que estás a fazer?
- Uma coisa que tem que ser feita.
Quando a Mafalda acaba de trancar a porta vira-se para a irmã.
- Deixa-me fazer a minha festa em paz. - disse zangada a Mafalda.
- Mas vocês estavam a pegar em vodka.
- Não tens nada a ver com isso. E para castigo...
A Mafalda vai ter com a irmã e começa a bater-lhe. Depois, quando vê que a Patricia não se ia mexer, vai á porta, destranca-a e sai, trancando a porta de novo.


Está feito!
Guerra de irmãs neste capitulo. Esperemos que isto não passe para a realidade.
Comentem!