AVISO...

Olá Pessoal!

Já avisei na Página do Facebook e decidi avisar no blogue também.

Na página Livros têm os links onde poderão comprar o livro "A Escola do Terror".


Aviso mais uma vez que tem alterações ao que está no blogue!


Obrigada.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

2ª parte do capitulo 19

Olá pessoal! obrigado pelos 17 comentários. Vocês são 5 estrelas.
Aqui está a 2ª parte do capitulo 19 e parece que vai ser surpreendente para algumas pessoas pelo que vi nas respostas que deram ao questionário. Vamos lá:

A Carolina olhou para ele.
- Para ti foi uma tolice? - perguntou-lhe.
- Não. Para mim foi um dia para esquecer. - respondeu ele.
- A mim também. - concordou a Carolina, baixando o olhar para o chão.
- Deves agora estar a perguntar se este namoro vai dar alguma coisa não é? - perguntou ele, deixando de ficar zangado.
A Carolina fez um sim com a cabeça.
- Eu acho que... - o Bernardo fez uma pausa e olhou para o seu lado direito. A Diana estava lá...e sorria com a situação.
- Eu acho que devemos continuar. - disse a Carolina voltando a olhar para ele.
O Bernardo olhou admirado para a Carolina.
- Continuar? - perguntou ele, olhando depois para o seu lado direito. A Diana tinha deixado de sorrir e estava a olhar séria para a situação.
- Sim. Eu sei que isto não começou na devida situação e quero ter pelo menos uma segunda hipótese. - disse ela.
A Diana ao ouvir: "quero ter pelo menos uma segunda hipótese" começou a sorrir. O Bernardo deixou de olhar para a Diana e olhou para a Carolina.
- Eu concordo. - disse o Bernardo.
A Carolina beijou-o...

Está feito!
Parabéns às pessoas que disseram que NÃO à primeira pergunta que eu fiz do questionário anterior e peço às pessoas que erraram que tentem de novo. E na segunda pergunta toda a gente acertou, parabéns é mesmo a Diana.
Agora com a última frase desta 2ª parte do capitulo 19 vai haver mais um problema. Está a começar a formar-se a bola de neve.

Ora pensem comigo:

A Carolina e o Bernardo beijaram-se e a Diana está a ver, ou seja, a Diana (se se lembram dos capítulos anteriores), disse para o Bernardo não beijar a Carolina porque assim ficaria com mais uma "condição" para cumprir. Ou seja, os problemas estão a começar e a bola de neve a formar-se. Pelo menos para estes personagens. Quem será que vai perder? O Bernardo ou a Diana?

No questionário pensem só na pergunta que fiz em cima e tentem responder. Quem irá perder? O Bernardo ou a Diana? É mais provável o Bernardo mas a Diana também é capaz de perder, se o Bernardo pensar bem e suspeitar do que a Diana possa fazer.
A resposta é vossa e, peço desculpa, mas ainda não vai ser no próximo capitulo que isso irá se resolver mas terão a resposta. Queria só que vocês respondessem agora para ter uma ideia.

domingo, 20 de fevereiro de 2011

TERROR 666

Olá Pessoal! Bem, antes de mais nada vim pedir desculpas por não ter sido eu a postar ontem mas não deu, não consegui postar e então pedi à Juliana para fazer isso por mim, se ela não se importasse e parece que não se importou :)
Segunda coisa: Já 17 comentários? Muito obrigado pessoal! Vocês são 5 estrelas.
Outra coisa: Durante esta semana eu vou postar a outra parte do capitulo. Esta semana não vou postar no Sábado nem na Sexta, vai ser Quarta ou Quinta ou até mesmo Terça porque no próximo fim de semana não vou ter tempo.

Agora vamos realmente ao titulo do post: TERROR 666

É verdade, é mais outro blog. É com a Juliana e mais dois comentadores deste blog: o Ricardo e o Rui.
É sobre Terror (claro) e acho que vale a pena ver.

TERROR 666
 (clica aqui)

Vejam, comentem e se quiserem, tornem-se seguidores.

sábado, 19 de fevereiro de 2011

1ª parte do capitulo 19

Olá Pessoal! Bem, como sabem é muito cedo e claro que não é a Diana mas sim a amiga dela a Juliana pois a Diana parece que não tem tempo para postar hoje de modo que posto eu e ela me deu esta primeira parte do capitulo 19 (eu queria mais mas ela só me deu a primeira parte) para eu postar por ela. Pessoal, eu fiquei pasmada quando li a primeira parte do capitulo. Está muito bom!
A Diana agradece os 16 comentários.
Nós temos sorte, pessoal. Ela pode não conseguir postar mas passa sempre a alguém para postar por ela porque ela não gosta de estar mais que uma semana sem postar. Isso é muito bom para nós.
Mas acabou agora a conversa e vamos à 1ª parte do capitulo:

Tinha passado um dia. Era já segunda-feira. Todos os alunos do 9º C estavam na escola às 13:15 pois iriam começar a ter língua-portuguesa na sala 10. Era dia 21 de Setembro, a segunda semana de aulas. Quando as campainhas tocaram, os alunos foram para a sala e sentaram-se nas cadeiras. A professora quando entrou na sala, saudou os alunos e disse logo o que se iria dar naquela aula: a organização da biblioteca de turma e a marcação dos testes para o 1º período. Os testes ficaram marcados para o dia 28 de Outubro e para o dia 2 de Dezembro. Logo de seguida falou em que é que consistia a biblioteca de turma. A biblioteca de turma era onde os alunos trocavam os livros entre si e liam até certo dia. A professora, no final da aula pediu para que os alunos trouxessem livros que tinham em casa para ficarem na biblioteca de turma. Os alunos assim que ouviram a professora, saíram da sala e foram para o intervalo. A Carolina foi ter com o Bernardo, séria.
- Olá.
- Olá. - disse ele com voz séria.
- Está tudo bem? - perguntou a Carolina.
- Sim. Vamos falar longe do Gonçalo e da Mafalda. - disse ele, avançando para um corredor onde os amigos não os pudessem ver.
- O que é que queres saber? - perguntou ele, um pouco zangado.
- Calma! Eu só quero falar. - avisou ela, notando que o Bernardo estava zangado.
- Então fala. - disse ele não deixando de ficar zangado.
- Olha... - fez uns segundos de silêncio, olhando para o chão - o que se passou no Sábado foi...
O Bernardo não a deixou terminar a frase.
- ...foi uma tolice.
A Carolina olhou para ele.
- Para ti foi uma tolice? - perguntou-lhe.

Acabou aqui a 1ª parte do capitulo 19.

Pessoal, eu juro que a partir daqui eu não sei mais nada porque se soubesse eu diria mas eu não recebi mais frase nenhuma nem mais papel nenhum. Sem ser o questionário.

Aqui está:

Questionário:
1- Será que é agora que o namoro do Bernardo e da Carolina acaba?
2- Será que alguém está a ouvir a conversa?

Eu vou responder a isto por comentários mas não faço a mínima ideia do que poderá ser a verdade.
Comentem!

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Última parte do capitulo 18

Olá Pessoal! Já postei no 3º blog, sei que aquela história parece secante, maçuda mas é porque está no principio na verdade também eu achei quando a escrevi mas foi o melhor que consegui arranjar, mas a partir do capitulo 4 que está agora lá, a história vai se desenvolver. Fiquem descansados. Não abandonem já a história.
Agora vamos a este blog e a esta história:
Bem, a história está a evoluir e agora vai chegar uma parte dramática entre duas personagens muito "queridas" pelos leitores. Já estou a avisar porque vai ser um bocadinho pesado e aconselho a não ouvirem músicas lentas e tristes porque vocês acabarão por chorar em algumas vezes.
ATENÇÃO PESSOAS SENSÍVEIS!
Bem, agora vamos a este final do capitulo 18 que começa a parte, digamos, complicada entre estes personagens. E eu que sou a escritora disto não gostaria de estar na pele de alguns destes personagens.
Vamos ao final do capitulo 18.

...
O Gonçalo e a Mafalda encaminharam-se para a porta e saíram da casa do Bernardo deixando a diana e o Bernardo completamente parados.
- Fomos apanhados. - disse a Diana passado uns segundos.
- A culpa foi tua, não devias andar atrás de mim e da Carolina. - avisou o Bernardo.
- Ai, agora a culpa é minha. Tu é que trais a regra e eu é que sou a culpada. Linda conclusão. - disse a Diana, irónica.
- Se tu não andasses atrás de nós eles não desconfiavam de nada. - gritou o Bernardo.
- Não grites comigo! - gritou a Diana também.
Fizeram um momento de silêncio e a Diana continuou a falar normalmente.
- Eles viam-te na mesma com a Carolina se eu não estivesse lá.
- Tens razão. estávamos todos no mesmo sitio, há mesma hora. - concordou o Bernardo.
- É só para saberes que a minha condição ainda está viva. E podes ter de a fazer a qualquer momento. - relembrou a Diana.
- Eu não a vou fazer - disse o Bernardo - acho que o meu namoro com a Carolina vai acabar. Acho que aquilo foi só uma curte de 4 dias.
- Então as condições que eu fiz não valeram de nada? - perguntou a Diana.
- Não valeram de nada. - respondeu ele.
- Mas ela de certeza que quer fazer as pazes. - disse a Diana saindo de casa do Bernardo.
O Bernardo ficou parado, a pensar sobre tudo o que se tinha passado no parque.

Está feito!

Aqui está o início do Drama: A primeira discussão entre os dois personagens.

Questionário:
1- Vocês já esperavam por uma discussão entre estes dois personagens?

Comentem! Beijinhos e obrigado pelos 14 comentários do outro capitulo.

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Música da semana!

Olá Pessoal! Aqui está a música desta semana.



P.S- Na próxima semana não há música da semana. Vai estar fechada por uns tempos. Um mês pelo menos.
Desculpem.

Beijinhos,
Diana (DSP)

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

2ª parte do capitulo 18

Olá Pessoal! Obrigado pelos 18 comentários. Muito obrigado mesmo nunca pensei chegar a 18.
Espero que estejam a gostar da história.

Resposta para o primeiro anónimo: Ainda bem que gostas da história é muito importante para mim saber isso.

Dimitry: Obrigada por comentares.

Nuno: Bem vindo e espero que gostes da história.

Verão com amor e ódio : Amanhã que é Sábado leio os capítulos todos e comento porque tenho mais tempo. Obrigada por comentar e ainda bem que gosta da história.

E muito obrigado a todos os outros que estão cá desde sempre a comentar.
Houve um burburinho sobre o Miguel. Será que ele é assassino ou não? Bem isso irão saber mais para a frente.

Agora a 2ª parte do capitulo 18.

Entretanto em casa do Bernardo, a Mafalda, o Gonçalo, a Diana e o Bernardo estavam a conversar, ou melhor, a discutir.
- O que é que aconteceu a vocês os dois? - perguntou o Gonçalo, zangado e a falar alto.
- Estávamos só no parque. - respondeu o Bernardo.
- Porque é que a Carolina estava contigo Bernardo? Ela não é do grupo. - disse o Gonçalo, irritado.
- Nós vimo-nos por acaso. - respondeu o Bernardo, a olhar para a Diana. Ele sabia que estava a mentir e não queria que a Diana dizesse a verdade.
- E tu Diana? O que tens a dizer a isto? - perguntou o Gonçalo.
A Mafalda virou-se para o Gonçalo.
- Quem faz as perguntas à Diana sou eu, Gonçalo. - disse a Mafalda, depois virando-se para a Diana - responde à pergunta que o Gonçalo te fez.
- Eu não tenho nada a dizer. - respondeu a Diana.
- Espero bem que isto não se volte a repetir. Eu tenho de falar também com o José. - disse o Gonçalo.
- Com o José? - perguntou o Bernardo.
- Sim. Eu e a Mafalda vimos o José com a Sofia. - respondeu ele.
O Bernardo fez uma cara de espantado.
- Que isto não se repita. - avisou a Mafalda.
O Gonçalo e a Mafalda encaminharam-se para a porta e saíram da casa do Bernardo deixando a Diana e o Bernardo completamente sozinhos.

Está feito!

Questionário:
1- O que será que acontecerá com o Bernardo e com a Diana?
2- E o que será do José?

Comentem!