quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Capítulo 16

(Observação da autora no dia 11/09/2018 - Corrigi possíveis erros ortográficos deste projeto chamado "A Escola do Terror I". Já é possível relê-lo de forma mais adequada. Não alterei nada no enredo, porque é apenas a versão blogue. A versão em livro encontra-se na página "Livros" ).


Passou um dia, era Sábado, o primeiro Sábado desde que vieram para a escola. Eram 15:00. O José estava a sair de casa para ir buscar a Sofia a casa dela. Quando viu que o José estava lá fora, foi à porta e abriu-a.
– Olá! – Saudou ela.
 Olá!
 Vamos? – Perguntou ela.
– Sim – Respondeu o José.
A Sofia fechou a porta de casa e foi com ele para o parque.

Entretanto a Carolina tinha batido à porta de casa do Bernardo como o combinado. Ele abriu a porta e saudou-a.
 Olá!
 Olá, amor!
A Carolina envolveu os braços em volta do pescoço dele e ia para o beijar, mas ele desvia-se.
 Espera, anda lá para dentro, aqui pode estar algum dos nossos colegas.
Ela tirou os braços do pescoço do Bernardo e foi para dentro de casa. O Bernardo depois olhou para os lados e viu a Diana escondida atrás de uma árvore. Quando viu a pessoa que queria, fechou a porta. A Diana estava à espreita. A Carolina entrou na sala e sentou-se no sofá. O Bernardo foi sentar-se ao pé dela. A Carolina fez uma cara um pouco zangada.
 O que se passa contigo?
 Comigo nada. – Mentiu ele.
 Porque isto foi depressa? – Perguntou ela.
 Do que é que referes? – Perguntou o Bernardo.
 De nós. Foi depressa tudo isto, devíamos ficar pela amizade.
 Achas? – Perguntou o Bernardo – Sentes-te bem?
 Sim, Bernardo, isto foi depressa demais. Não achas? – Quis saber a Carolina.
O Bernardo suspirou sem que a Carolina percebesse e pensou: "Se a Diana estar a ver isto agora deve se estar a rir".
A Diana não estava sequer a ver aquilo. Os cortinados da sala não ajudavam para que a Diana visse "o espectáculo". Ela estava zangada.
A Carolina e o Bernardo beijaram-se e a Diana nem sequer soube de nada, mas ouvia a conversa dos dois.
 Podemos ir para o parque perto daqui? – Perguntou a Carolina.
 Está bem, vamos.
Eles saíram de casa e a Diana seguiu-os.

Entretanto a Inês, recebeu uma chamada:
 Estou?
 Estou, Inês é o Diogo, desculpa mas não vai dar a nossa saída.
 Porquê?
 Desculpa, mas a minha mãe obriga-me a fazer as tarefas de casa. Para um rapaz, o que é um erro, mas mãe é mãe.
A Inês riu-se.
 Está bem. – Disse ela.
 Desculpa.
 Não faz mal, vai lá fazer as tarefas de casa, menina.
 Eh! Não sou menina.
A Inês riu-se.
 Está bem.
 Adeus.
 Adeus.
 Beijinhos.
A Inês achou estranho os "beijinhos", mas também disse.
 Beijinhos.


Fim do Capítulo 16.

13 comentários:

  1. Está muito giro!
    Esta agora foi muita confusão.Este capitulo foi o capitulo das confusões.Eu nem quero imaginar no que vai acontecer se eles forem descobertos já aqui.
    Continua!

    ResponderEliminar
  2. UaU esta muito fixe!
    que boas confusoes eu quase que nao respirei so ao ler essa parte do capitulo.
    muito bom!
    posta rapido!!

    ResponderEliminar
  3. ta fixe!
    muito bom.
    o kapitulo 17 vai ser anxiosamente experado.
    lol.
    ñ max tou a falar a serio.
    a historia ta muito boa.
    exte kapitulo e dox meux favoritox.
    um abraço!

    ResponderEliminar
  4. ta bom.um dos melhores capitulos que ja escreveste.
    agora o capitulo 17 vai ser assim:
    a mafalda e o gonçalo descobrem e no meio de toda a gente que tambem anda no parque vao andar a correr para bater no bernardo e na diana talvez com um chinelo ou um chicote.isso e que era uma comedia.lol!
    ah e o jose tambem nao fica livre.a sofia bate nele e a carolina fica parva a olhar para toda aquela guerra.
    ehehe boas ideias tenho nao e diana?
    posta!!

    ResponderEliminar
  5. ta lindo!!!!
    posta rapido!
    capitulo mais lindo que li.
    adorei.
    este e um dos capitulos mais lindos que ja li nas tuas historias.
    ahhhhh!!!!
    que ansiosa que tou.
    posta ja nesta sexta por favor!!!!
    eu nao vou aguentar.isto ta lindo!!
    este e o capitulo que mais me vai por ansiosa.tenho quase a certeza e essa conversa toda que escreveste no final do capitulo...lindo!!

    ResponderEliminar
  6. ta...
    bem vamos ser realistas,
    estou impressionado.com toda essa conversa no final do capitulo que deixa uma pessoa ansiosa.
    impressionasteme pela positiva.
    ta muito bom o capitulo.
    um dos melhores que ja li escritos por ti.que imaginaçao diana.muito bem!!

    ResponderEliminar
  7. parabens atrasados!!

    ta lindo o capitulo!!
    posta depressa agora ficamos mesmo ansiosas!

    ResponderEliminar
  8. tu mereces Diana.
    ta lindo o capitulo.e tou um pouco ansiosa.acho que o jose nem o bernardo sao apanhados mas nunca se sabe o que pode acontecer.

    ResponderEliminar
  9. ta fixe!!
    posta depressa.
    este capitulo foi um dos melhores que ja li.

    ResponderEliminar
  10. agora ja nao sou o primeiro outra vez.
    agora sou o 10º?fogo!!voces foram rapidos agora neste capitulo.
    ta bom o capitulo!!
    posta depressa!

    ResponderEliminar
  11. parabens atrasados!
    ta lindo!!adorei essas frases depois do final do capitulo!fiquei ansiosa.

    ResponderEliminar
  12. posta!
    ta fixe!!
    essas frases minusculas de resumo do capitulo nao deviam tar ai mas ok.(nao e para o mal mas deixa uma pessoa ansiosa).
    posta!

    ResponderEliminar
  13. amei o capitulo!!
    eu acho que o jose e o bernardo nao sao descobertos.
    desculpa o atraso.
    posta logo!!!

    Beijos,
    Juh :)

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário, a sua opinião é importante para o escritor.