AVISO...

Olá Pessoal!

Já avisei na Página do Facebook e decidi avisar no blogue também.

Na página Livros têm os links onde poderão comprar o livro "A Escola do Terror".


Aviso mais uma vez que tem alterações ao que está no blogue!


Obrigada.

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Continuação do capitulo 23

Aqui está o capitulo 23 mais tarde vou pôr o capitulo 1 da primeira história no novo blog.Espero que gostem:

-Sim e não,não quer dizer nada,ou sim ou não.
-Sim para o lado de seres correspondido não para o lado de ser perigosa.
-Onde é que queres chegar ao "ser perigosa"?
-Eu não sou boa pessoa Tiago,ainda te acabas por te magoar.
-Porquê?Foste tu que mataste os nossos professores?
-Não,foi muito pior que isso.
-Diz o que foi,juro que não conto a ninguém.
-Não.não quero recordar.
-Mas foi assim tão mau?
-Sim.
-Então...-ela sabia que ele queria saber se sim ou se não namorava.
-Não.por enquanto não,não estou preparada,pode ser que daqui a uns bons anos possa dar,mas agora não.
-Mas podemos ser amigos?
-Também podes ficar em perigo.
-Mas és assim tão má?
-Sou,uma...assassina má.
-Mataste muita gente?
-Não mas se quiseres ser meu amigo estás a vontade,mas tem cuidado.
-Eu vou ser teu amigo.
-Está bem.Adeus.
Ele foi ter com o David e ela foi-se embora.
-Então?
-Nada.
-Mas tu gostas dela?
-Sim e ela também...
-Então?
-Ela diz que é perigosa.
-Não me digas que ela matou os três professores?
-Não,mas fez uma coisa muito pior.
-O que foi?
-Ela não me contou.
-Então temos de descobrir.
-Não faças isso,ela assim perde a confiança em mim.
-Pois é,então o que fazemos?
-Nada,esperamos que ela confie em mim.
-Isso deve ser dia são nunca á tarde.
-Seja o tempo que for,eu espero.
-Tu é que sabes.
Entretanto a Inês,a Angelina,a Mariana e a Carolina estavam a falar no corredor.

O que será que elas estavam a falar?Respondam á pergunta.
PS-desculpem,mas não tive muito tempo para escrever o final do capitulo 23 todo de modo que na sexta feira ou sábado eu acabo-o.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo comentário, a sua opinião é importante para o escritor.