AVISO...

Olá Pessoal!

Já avisei na Página do Facebook e decidi avisar no blogue também.

Na página Livros têm os links onde poderão comprar o livro "A Escola do Terror".


Aviso mais uma vez que tem alterações ao que está no blogue!


Obrigada.

domingo, 27 de setembro de 2009

Capitulo 22

Aqui está o capitulo 22 espero que gostem:

No dia seguinte ás 9:00 a Letícia,o Bruno e a Cristiana estavam a falar:
-Então sempre vão segui-lo?-perguntou a Letícia.
-Sim,hoje é quinta feira falta um dia para sermos suspensos.-disse o Bruno.
-Não percas a esperança.Á vezes acho que podiam não segui-lo.
-E se for mesmo ele?-perguntou o Bruno.
-Ás vezes invejo a pessoa que matou a professora.
-Porquê?-quis saber a Cristiana.
-Gostava de ser eu a matar a professora,teria muito orgulho em dizer:A Letícia matou a professora de Língua-portuguesa.
-Ah!-o filho da professora,o Francisco,tinha ouvido só a última frase e arrepiou-se.
Os três amigos ao ouvir o barulho viraram-se.
-Olá,não ouviste a nossa conversa pois não?-perguntou a Letícia ao Francisco.
-Ouvi,vocês mataram a minha mãe.-disse ele com medo.
-E se a tivéssemos morto.Qual era o problema?-quis saber a Letícia.
-Iriam presos.-disse ele a tremer por todos os lados.
-Mas não vais contar a ninguém pois não?-perguntou a Letícia.
-Não.-respondeu o Francisco a tremer.
-Agora podes ir embora.-disse ela.
O Francisco saiu dali a correr e a Cristiana e o Bruno continuaram a falar com a Letícia.
-Nós não matámos a professora.-disse a Cristiana.
-Pois não mas tenho um plano.-disse a Letícia.
-Qual?-perguntou o Bruno.
-Então se ele saber que somos nós é mais fácil investigar-mos o Juilson.Estamos mais descansados.
-Tudo bem.-disse o Bruno.
-Letícia,podemos perguntar-te uma coisa sem ofender?-perguntou o Bruno ao olhar para a Cristiana.
-Sim.
-Tu tens mãe?-perguntou o Bruno.
-Sim.
-Mas tu sabes quem é?-perguntou a Cristiana.
-Ah,na verdade não.-disse a Letícia começando a ficar com lágrimas nos olhos.
-Mas tu sabes quem é que poderá ser a tua mãe?-perguntou a Cristiana.
-Não.
As lágrimas dela não eram lágrimas de crocodilo,eram lágrimas de verdade.
Abraçou os amigos(agora sim pode se chamar amigos)e eles continuaram a andar.

Aqui está o questionário:
1-Quem será a mãe da Letícia?
2-Será que o Francisco vai ficar mesmo calado depois daquilo que acabou de ouvir?

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Aviso!

Desculpem mas o link:

http://discussoesehistoriasamistura.blogspot.com

já não está disponível .Desculpem se alguns gostavam do blog mas já não é possível visitá-lo.Podem continuar a escrever no meu blog mas,aviso,que têm de responder aos questionários principalmente ao da continuação do capitulo 21 tenho curiosidade o que será que têm em mente.Mais uma vez,desculpem o incómodo.

Continuação do capitulo 21

Olá aqui está a esperada continuação do capitulo 21:

Entretanto a Letícia,o Bruno e a Cristiana estão a falar:
-O que fazemos?-perguntou o Bruno.
-Vamos ter com o teu pai e contar a verdade?-perguntou a Cristiana á Letícia.
-Não.
-Então vamos ser suspensos.-disse a Cristiana.
-Não vamos.-disse a Letícia.
-E então?tens alguma ideia?É que não são dois professores são três.-disse o Bruno.
-Eu não matei a professora,eu estava no funeral contigo.
-Então quem foi?-perguntou o Bruno.
-Não sabemos por isso é que a tua amiga Cristiana teve uma ideia esfarrapada.-disse a Letícia.
-O que foi?-perguntou o Bruno.
-Fazermo-nos de investigadores.
-O quê?se calhar até é boa ideia.-disse o Bruno.
-Então façam vocês que a mim não me apetece.-disse a Letícia.
-Vai ser fixe,aceita.-pediu o Bruno.
-Esquece,ela já me disse ontem ao telemóvel que não queria.-disse-lhe a Cristiana.
-Então somos só nós os dois?-quis saber o Bruno.
-Parece que sim.-disse a Cristiana.
-Então já têm alguma pessoa?-perguntou o Bruno.
-Pensámos no Juilson.-disse a Cristiana.
-A sério?
-Sim,ele não veio ontem ao funeral só apareceu o Gonçalo,o amigo dele.-disse a Letícia.
-Então vamos segui-lo.-disse o Bruno.
-O quê?-perguntou a Cristiana.
-Sim,é o melhor se querermos saber se esconde alguma coisa.-disse o Bruno.
-Então aqui vamos nós.-gritou a Cristiana.
-Começamos hoje depois das aulas pode ser?-quis saber o Bruno.
-Se ele vier,ele até agora não chegou á escola.-disse a Letícia.
-Pois é,então fica para amanhã.-disse o Bruno.
-Hoje é quarta,amanhã é quinta,tem cuidado o meu pai disse:"no final da semana".Faltam dois dias.-disse a Letícia.
-Pois é,temos de nos despachar.-disse o Bruno.
O dia correu depressa,os alunos foram para casa e os alunos do 11ºc estavam a ficar com os cérebros queimados de tanto pensar quem é que matou a professora de Língua-portuguesa.Uns pensavam que podia ser o Juilson,outros a Letícia ou o Bruno,os alunos de outras turmas pensavam no Gonçalo e o mais inacreditável de todos é que uns pensavam que era a Susana.Bem,ela já matou o namorado mas até matar de professora de Língua-portuguesa acho que não conseguia.Mas então,quem será o culpado pela morte da professora?Será que a Cristiana e o Bruno como investigadores vão descobrir o culpado?Será que o culpado vai ter com o director da escola e dizer que é ele quem matou a professora?Para responder as estas perguntas têm de ler o próximo capitulo.

Gostaram do capitulo?
respondem aos questionários:(quem já leu a história completa não pode responder)
respondem a todas as perguntas que fiz no final do capitulo e respondem a mais uma.

4-Acham que a Inês está certa que não foi o Juilson que matou a professora de Língua-portuguesa?

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Divulgar!

Aqui está um blog para as pessoas que querem discutir ou criticar.Podem visitá-lo as última discussão está nos comentários do capitulo 20 podem ir ver para depois continuarem a seguir a conversa aqui está:

http://discussoesehistoriasamistura.blogspot.com

Visitem e continuem a discussão.

domingo, 20 de setembro de 2009

Capitulo 21

Está aqui o capitulo 21 espero que gostem.

Ás 9:00 o director da escola já estava no pátio a contar a notícia:
-Meus alunos,isto é grave,muito grave,a professora de Língua-portuguesa,a Rosário morreu ontem por volta das 11:00 na escola,como isto não foi a primeira vez que professores da turma do 11º c foram mortos,eu vou tomar medidas drásticas:quem não se acusar durante o final desta semana,todos os alunos vão ficar suspensos como quem diz umas "Mimi-férias"para ver se aclaram as ideias,se o aluno ou alunos se acusarem não vão ser presos mas,que vão ter trabalhos isso vão,agora mais uma vez os policias vão andar a rondar a escola e aos fins-de semana vão pôr guardas à porta da escola.Agora não tenho mais nada a dizer adeus.
O director saiu e os alunos começaram a comentar:
-Quem poderá ter morto a professora?-perguntou a Susana á Carolina,á Inês,a Angelina e á Mariana.
-A Letícia.-respondeu a Carolina.
-Não,ela estava no funeral,e estava com o pai.-disse a Susana.
-Já sei,o Juilson ele não foi ao funeral.-disse a Mariana.
-Pois é pode ter sido ele.-disse a Susana.
-Não,vocês pensam logo nele,o pobre do rapaz veio a meio do ano e já pensam que ele mata pessoas.-defendeu a Inês.
-Inês,tu própria é que disseste no outro dia que o cofre que eles estavam a ver podia ser de facas.-disse a Susana.
-Eu não disse isso,só disse que eles podiam estar a enrolar a conversa.
-De qualquer das maneiras pode ser ele,neste momento podemos pensar em toda a gente.-disse a Angelina.
-Concordo com a Angelina.-disse a Carolina.

Não tive muito tempo para poder postar o capitulo inteiro de modo que postei só metade e na próxima sexta-feira ou sábado acabo o capitulo 21.Desculpem o incómodo e desculpem se vos faço sofrer muito.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Capitulo 20

Olá!Aqui está o capitulo 20 espero que gostem.E por favor não respondem só ás provocações da Inês com o anónimo respondam também aos meus questionários está bem?

Entretanto o David e o Tiago foram a um restaurante perto da escola comer e não tardou que um empregado chegasse.
-Bom-dia eu quero costeletas e um sumo de laranja natural.-pediu o Tiago.
-E eu posta de pescada e mais outro sumo de laranja obrigado.-disse o David.
O empregado retirou-se e eles começaram a falar:
-Então como correu a conversa com a Susana?-perguntou o David.
-Mal,as amigas dela apareceram.
-Que pena.-disse o David a gozar.
-Não gozes,mas eu vou falar com ela,nem que me mate.
-Morto é que ela não te quer.
-Cala-te.
-Está bem,ah e já agora que estás tão animado deixa-me dizer-te:como está a Cristiana?
-Não percebi o que disseste.-a verdade é que ele percebeu perfeitamente.
-Tu e a Cristiana passa-se algo?
-Tiago,não se passa nada.E tu sabes que sou homossexual.
-O quê?não acredito nessa.Então gostas de mim é isso que queres dizer?
-Estou a brincar Tiago,mas eu não gosto da Cristiana.
-Como queiras,tu é que sabes.
-É verdade eu é que sei.
No dia seguinte eles acordaram bem cedo para ir para a escola e a Letícia ainda mais...
-Olá pai.
-Olá filha tudo bem?Hoje acordas-te cedo mas se for só para dizeres a novidade aos alunos olha que eles já sabem.
-Correcção,os pais sabem,tu ligas-te para os pais não para os alunos.
-Grande diferença de ligar aos pais e os filhos saberem.
-É, os pais podem não contar aos filhos.
-Mesmo se os filhos andarem nessa escola?
-Sim,pode ser.
-Está bem,tu é que sabes-o pai lembrou-se-esqueci-me de fazer o discurso aos alunos da morte da professora de Língua-portuguesa.
-E agora?
-Vai indo para a escola que eu já lá vou ter.
-Está bem,até já.
-Até já.
Entretanto a Susana já estava na escola a falar com os filhos da professora de Língua-portuguesa.
-Estão tristes?
-Sim,agora somos órfãos.-disse o Francisco.
-Vocês devem ter o vosso pai?
-Não,o nosso pai morreu.-disse a Marta.
-A sério?que mau,agora vão ficar com quem?
-Com a nossa prima que tem 26 anos.-disse a Marta.
-Isso é mau.
-Isso é bom,nós adoramos a nossa prima.-disse a Marta.
-Então sendo assim,que sorte.
-É verdade.

Gostaram do capitulo?
Aqui vai o questionário:(quem leu a história completa não pode responder).
1-Será que a Cristiana e o David ainda acabam juntos no final?ou ainda a Mariana vai fazer alguma coisa?

Espero que respondem.
POR FAVOR,MÓNICA E ANDRÉ quando lerem o capitulo e principalmente a pergunta não comecem com as discussões está bem?ou então façam uma conversa animada.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Capitulo 19

Olá!hoje tive um tempinho e consegui pôr o capitulo 19 aqui está:

A manhã e os funerais correram depressa e a Susana e a tia foram depressa para casa.
-Ufa,que manhã!-lamentou-se a Susana.
-Foi cansativa não foi?
-Sim.
-Anda almoçar.
-O que é o almoço?-perguntou a Susana.
-Bife com batatas fritas.
-Está bem.
O telefone toca e a tia Elisa vai atender:
-Estou?...Sim...O quê?...Meu Deus que tragédia...vou informar...adeus.
A tia desligou e a Susana quis saber quem era.
-É o director da escola a dizer que a professora de Língua-portuguesa foi morta.
-Foi o quê?-perguntou a Susana sem acreditar no que estava a ouvir.
-Foi morta.
-Meu Deus,aquela escola é horrível.
-Acho que já fiz mal em meter-te naquela escola.-disse a tia.
-Agora não me vais tirar de lá pois não?
-Não sei.
-Não faças isso,quero estar naquela escola eu fiz amigos.
-Mas eles ainda não sabem o que é que fizeste.
-Pois mas são meus amigos acima de tudo.
-Pois isso é verdade,vamos almoçar.
Entretanto em casa da Letícia também se sabe da morte da professora.
-Meu Deus quem terá morto a professora?-perguntou a Letícia.
-Pois quem será.-também quis saber o director.
-Já falaste com as mães de todos?
-Sim.
O telemóvel da Letícia tocou e ela atendeu.
-Estou?
-É a Cristiana,o que fizeste foi intolerável.
A Letícia foi para o seu quarto para o pai não ouvir a sua conversa com a Cristiana.
-O quê?eu não fiz nada.
-Então a professora,mataste-a.
-Eu não a matei.Eu estava com vocês no funeral como podia tê-la morto?
-Mas podias no final dos funerais tê-la morto.
-Mas não a matei.
-O Bruno não vai acreditar em ti.
-Isso já eu estou a pensar.
-Então temos de investigar quem matou a professora.
-Cristiana eu não sou investigadora.
-Nem eu,mas assim estamos salvos de sermos acusados de termos morto os dois professores.
-Pois tens razão mas como é que nós fazemos isso?
-Não sei mas temos de fazer qualquer coisa.
A Letícia teve uma ideia.
-Fazemo-nos de policias?
-Vai ser arriscado.
-Mendigas?-disse a Letícia a ter outra ideia.
-Muita velhada.
-Outros alunos?
-Vão saber depressa.
-Actrizes e cantoras famosas?
-Há séculos que não vem ninguém famoso á escola.
-Cozinheiras do refeitório da escola?
-Não o Bruno fica de fora,esquece amanhã falamos com ele para saber de outro disfarce ou então de nenhum disfarce.
-Está bem ,adeus.
-adeus.
A Letícia desligou o telemóvel,sentou-se na sua cama e ficou a pensar quem é que seria capaz de matar a professora de Língua-portuguesa.Pensou,pensou e chegou a dois possíveis rapazes:o Gonçalo e o Juilson.
Levantou-se,ligou o telemóvel e telefonou á Cristiana:
-Estou Cristiana,agora estive a pensar e pode ter sido o Juilson e o Gonçalo.
-Pois é,esqueci-me desses dois.
-Então amanhã falamos com o Bruno como o combinado,adeus.
-Adeus.
A Letícia desligou o telemóvel e foi á cozinha almoçar.

Aqui está outra morte que ficou ainda por descobrir quem será o/a assassino/a.O anónimo vai adorar o capitulo.Aqui está o questionário:
1-Acham que a Cristiana e a Letícia vão investigar o caso da morte da professora de Língua-portuguesa?
2-Será que o Bruno vai acreditar na Letícia quando ela dizer que não foi ela que matou a professora de Língua-portuguesa?

Digam também as vossas opiniões acerca de:quem terá morto a professora de Língua-portuguesa?

domingo, 13 de setembro de 2009

Capitulo 18

Aqui está o capitulo 18 e aqui está o dia tão esperado:os funerais.O que será que vai acontecer?

Ás 10:00 lá estão "todos"a ver o funeral mas por incrível que pareça a professora de Língua-portuguesa e os filhos não apareceram e não há rasto do Juilson.
-Pai,onde está a professora de Língua-portuguesa?-perguntou a Letícia ao director.
-Não sei filha deve ter ido fazer umas coisas.
-Eu também devia ter ido fazer umas coisas.
-Mas estás aqui e não vais fugir.
-Que chatice.
Entretanto o Tiago vai ter com a Susana e diz-lhe:
-Olá.
-Olá.-respondeu ela.
-Tu e a tua tia sempre estão nos funerais.
-Sim.
-Tenho de te dizer uma coisa muito importante pelo menos para mim é importante.
-Diz.
O Tiago não conseguiu lhe dizer nada porque a Angelina,a Inês,a Mariana e a Carolina foram ter com a Susana.
-Olá Susana vieste ao funeral?-disse a Carolina.
-Sim.-respondeu ela.
-Interrompemos alguma coisa?-quis saber a Inês.
-Não.-respondeu o Tiago-Susana vemo-nos depois.
O Tiago saiu e as raparigas continuaram a falar com a Susana.
-Então e o Tiago como está?-perguntou a Mariana.
-Como assim?-perguntou a Susana.
-Tu pensas que nós não sabíamos,tu e o Tiago.-disse a Angelina.
-Não se passa nada.-esclareceu a Susana.
-Se queres contrariar-te tudo bem,mas que há "coisa"isso há.-disse a Carolina.
-Não há nada.-disse a Susana.
-Está bem.-disse a Angelina.
-Eu ao principio pensei que a Letícia era a pessoa mais indicada para o Tiago mas agora penso que és tu.-disse a Mariana.
-A Letícia gosta do Tiago mas o Tiago não gosta dela já tu e o Tiago.-concordou a Inês.
-Não gosto dele e ponto final.-disse a Susana em defesa dela.
-Parágrafo,travessão,gostas dele!mas tu é que sabes.-disse a Angelina.
Entretanto mais á frente o Bruno estava a chorar e ao verem a cara dele a Letícia e a Cristiana foram ter com ele.
-Porque é que estás a chorar Bruno?-quis saber a Letícia.
-O Inglês era a minha disciplina preferida.-respondeu ele.
-O Inglês ainda está cá mas o professor já se foi.-disse a Letícia.
-Mas com o professor é que tinha graça.
-Agora não podemos fazer nada.-disse a Cristiana.
-Alguma de vocês tem um lenço?-perguntou ele.
-Toma.-disse a Cristiana ao pôr a mão no bolso do casaco e tirar de lá um lenço de papel.

Aqui vai o questionário:
1-Será que o Bruno vai tentar matar a Letícia por ter morto o professor de Inglês?
PS:lembrem-se que o Bruno não gosta da Letícia.Vejam o Bruno Ribeiro nas personagens da segunda história para terem uma ideia.

sábado, 12 de setembro de 2009

Aviso!

Olá!É só para avisar que depois de amanhã eu vou só postar os capítulos aos fins-de-semana ou ás sextas-feiras á tarde pois tenho aulas.Em compensação e para vocês não ficarem á espera muito tempo eu posto 2 ou 3 capítulos aos fins-de-semana mas espero que tenha respostas aos questionários desses capítulos. Amanhã vou postar só um capitulo pois tem muitas novidades e também para dar um pouco de suspance.Desculpem se vos faço sofrer.

Capitulo 17

Está aqui o capitulo 17.Finalmente as coisas melhoraram a já não há grandes discussões.Este capitulo vai ser mais interessante que os outros dois.

Entretanto a Susana está em casa a falar com a tia:
-Tia,posso ir aos funerais dos professores de Língua-portuguesa e de Inglês?
-Aos funerais?eu ouvi bem?tu dizes-te funerais?
-Sim,é uma longa história.
-Não quero saber se é longa,quero ouvi-la.
Então a Susana começou a dizer a história toda á tia Elisa que ouvia com interesse...
-Percebeste agora?-perguntou a Susana.
-Meu Deus mas isso é horrível.
-Pois é,parece um pesadelo.
-Nós vamos ao funeral.
-Nós?tu também?
-Claro que sim.É a que horas?
-De manhã,ás 10:00.
-Amanhã lá estaremos e faz o favor de meter o teu despertador para as 9:30.
-Está bem tia,adeus vou para o quarto.

No dia seguinte,estava um sol radiante e a Susana acordou bem-disposta e alegre embora que meia-hora depois tivesse de estar triste pois tinha de ir a um funeral.
-Olá tia.
-Hoje levantaste-te cedo.
-É verdade,quando não me cheira a aulas levanto-me cedo.
-Vá,ás 10:00 temos de estar no funeral,despacha-te.
Entretanto na casa da Letícia nem todos estavam despachados.
-Filha,levanta-te já são horas!-grita o pai da cozinha para o quarto dela.
-Filha!-o director foi ao quarto dela e tirou os lençóis de cima dela.
-Filha despacha-te.
-Deixa-me em paz.-grita a Letícia.
-Não te deixo nada,temos de ir ao funeral,tu já viste algum director da escola,não ir ao funeral do seu amigo e colega professor?
-Nunca vi,mas tu já viste uma filha de um director a ir a um funeral?
-Não mas vou ver agora,levanta-te da cama.
-Ai está bem.

Gostaram?Aqui está a única pergunta do questionário:
1-Será que vão chegar todos ao funeral?

Dêem as vossas opiniões.

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Capitulo 16

O capitulo 16 está aqui.Não há nada de especial aqui acerca dos funerais mas há coisas importantes ou um bocadinho importantes acerca da mãe da Letícia.Quero avisar que a conversa com a Inês e o anónimo acabou portanto não quero ler comentários estúpidos da Mónica e do André e muito menos palavrões da Mafalda para a Inês ou para o Miguel.Agora vamos ao capitulo 16:

A Letícia,a Cristiana e o Bruno estavam em casa da Letícia a falar da notícia do dia(os funerais dos professores).
-Vocês sempre vão aos funerais?-perguntou a Letícia.
-Sim,de Inglês vou de certeza mas para não ser uma falta de respeito também vou ao do professor de Língua-portuguesa.-respondeu o Bruno.
-E tu Cristiana?-perguntou a Letícia virando-se para a Cristiana.
-Eu vou aos dois.
-Eu só vou aos funerais porque sou obrigada.Sou filha do director da escola.
-Letícia,posso te perguntar uma coisa sem ofender?É que a pergunta é um bocado má.-disse a Cristiana.
-Diz.
-Tu tens mãe?
A Letícia demorou um bocado a responder.
-Toda a gente tem não é?-disse ela por fim.
-Pois mas há alguns que não sabem de quem são filhos.-disse o Bruno.
-Para quê esta conversa agora?-tentou a Letícia mudar de assunto.
-Está bem,tu é que sabes.-disse o Bruno.

O que vos parece o capitulo?
Aqui está a única pergunta do questionário:
1-Porque será que a Letícia não respondeu ao Bruno nem á Cristiana quando lhe perguntaram se ela tinha mãe?

Respondam

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Capitulo 15

Aqui está o capitulo 15.Este capitulo não tem nada de interessante mas tem umas coisas que podem fazer falta para a continuação da história.Quero chamar a atenção que o anónimo e a Inês podem continuar com a conversa mas peço ás outras pessoas que não se metam no assunto.Por favor não sejam muito violentos nem respondam mal se não isto acaba por ser mesmo um local de guerra.Podem resolver a situação até porque,sou sincera,e gostava de saber como é que isto vai continuar se continuar.Inês,dá-me a impressão que o anónimo é um rapaz portanto faz o favor de responder-lhe e "fica por cima"da conversa.Aqui está o capitulo 15:

As aulas passaram depressa e a Angelina,a Inês,a Mariana e a Carolina foram a falar com a Susana até á porta da escola(para irem para casa).
-É já amanhã o funeral dos dois professores sabiam?-perguntou a Mariana.
-Sim,como o tempo corre depressa,ainda agora estávamos no inicio do ano e já dois professores morreram.-disse a Carolina.
-É verdade,há uma coisa estranha nisto tudo.-disse a Inês.
-O que é?-perguntou a Angelina.
-Viram o policia Pedro a perguntar ao Gonçalo e ao Juilson o que estavam a fazer no dia em que morreram os dois professores?
-Sim.-respondeu a Angelina.
-Acho que eles estavam a enrolar a conversa.
-Como assim?-perguntou a Mariana.
-Estavam a...não sei explicar muito bem mas...deviam estar a querer mentir mas não estavam a conseguir,foi como se estivessem bloqueados.
-Também achei.Acho que escondem alguma coisa.-concordou a Susana.
-Mas o quê?-perguntou a Carolina.
-Se calhar...pode ser que me engane mas...eles devem ser assassinos.-disse a Susana.
-O quê?não pode ser.-disse a Angelina.
-Sim tem de ser,também posso estar errada mas isso pode ser uma hipótese.Lembram-se de eles dizerem que estavam a ver um cofre?-perguntou a Susana.
-Sim.-respondeu a Angelina.
-O cofre pode ter lá dentro facas.
-Mas também pode ter coisas antigas.-disse a Angelina.
-Isso também pode ser verdade,mas duvido muito.
-Amanhã sempre vão aos funerais?-perguntou a Mariana.
-Ah esqueci-me completamente de dizer á minha tia.Bem vou-me embora adeus,mas tenho a certeza que vou,a minha tia vai deixar,adeus.-disse a Susana.
-Adeus.-disse a Carolina que depois olhou para trás e disse á Mariana.-tu já tinhas dito isto dos funerais á mais tempo,ela não devia estar atenta.

Gostaram?respondam se gostaram ou não e respondam á única pergunta do questionário:(quem leu a história completa não pode responder)
1-Será que a Susana tinha razão a dizer que o cofre que o Gonçalo e o Juilson estavam a mexer tinha facas?

Quem respondeu outra coisa peço desculpa mas a história tinha de ser assim e foi assim que a fiz.
A Inês e o anónimo podem continuar com a conversa.(repito de novo).

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Personagens da segunda história

Aqui estão as personagens da segunda história.Mudei-as de lugar porque enquanto os acontecimentos vão passando,vou mudando a personalidade de cada personagem.Espero que gostem.

Susana Caeiro-Tem 16 anos.É uma rapariga querida mas também é tímida.Quando matou o namorado João escondeu-se do mundo e a tia Elisa apoiou-a embora achar incrível o que ela fez.Vai para uma escola nova e percebe que os colegas são mais malucos que ela.Mas ninguém da escola sabe que a Susana matou o namorado.Como ficará tudo isto?

Elisa Caeiro-Tem 37 anos e é a tia da Susana.Quando soube que a Susana tinha morto o namorado não quis acreditar mas quando o irmão e a cunhada a deixam,a Elisa tenta fazer com que a Susana diga a verdade aos seus colegas da nova escola mas a Susana não conta.Como ficará a tia?E como tudo isto ficará?

Letícia Ribeiro-É a filha do director da escola,a líder do seu grupinho e a rapariga mais malvada da escola.É a assassina em pessoa embora algumas pessoas pensem que não(como o seu pai).É muito mimada pelo pai mas no fundo a Letícia detesta o pai.Gosta do Tiago.Os seus amigos(falsos)são o Bruno e a Cristiana.Adora o Bruno por conseguir ficar calado sem que ninguém saiba de nada mas á Cristiana nem por isso.A Letícia só tenciona ter a Cristiana para ela entrar nos planos dela e terem mais uma pessoa.Deseja ter o Juilson,o Gonçalo e a Susana no grupo por pensar que eles matam pessoas.Tem 16 anos.Será verdade o que eu disse sobre a Letícia?

Cristiana Brito-Faz parte do clube da Letícia.Na escola todos a tratam como se fosse a "cadelinha" da Letícia.Faz tudo o que a Letícia lhe manda fazer.Apesar de participar no grupo da Letícia ela se calhar tem bom coração.Não consegue estar calada.Tem 16 anos.Será que por ter namorado com o David a fez ser boazinha?Não é que ela seja boazinha de todo mas será que a Letícia obrigou-a a ir para o seu clube?Quem sabe?Depressa vão ver o desenrolar da história.

Bruno Ribeiro-É o mais sério do grupo da Letícia mas também sabe se divertir.O Inglês é a sua disciplina preferida e odeia que a Letícia e a Cristiana tenham ideias para matarem os professores de Inglês.Embora ser assassino ele é um assassino civilizado,ou seja,sabe quando as pessoas devem se matar ou não ou quando está na hora de se matar alguém.Detesta a Letícia por não gostar do pai e pensar que o mundo é ela mas ninguém sabe de nada.Tem 17 anos.Será por acaso que eu pus o Bruno com o mesmo apelido que a Letícia?

José Lima-É o pai da Letícia e é o director da escola.Ele é um parvo porque não sabe que a filha anda a matar pessoas.O José tem um segredo:quem será a mãe da Letícia?Isto saberão com a continuação da história.Adiante...o José é um pai que mima muito a filha e isso prejudica a Letícia.Tem 47 anos.

Tiago Ferreira-É um rapaz popular e que apaixona-se pela Susana.Não sabe que a Letícia gosta dele e não sabe que a Letícia e a Susana já mataram pessoas.Odeia a Letícia por pensar que o mundo é só dela e de mais ninguém.Tem 17 anos.

David Galvão-É o melhor amigo do Tiago.Já namorou com a Cristiana mas não sabemos se ainda namora(ás escondidas).Ele pode parecer sertinho mas é um mulherengo,fica com qualquer rapariga.Também pode ser assassino mas isso terão de ver.Tem 17 anos.

Angelina Maneco-É a líder do seu clube mas já foi para o clube da Letícia.Já matou a mãe e neste momento odeia a Letícia.Foi a Angelina que juntou a Susana ao clube por pensar que ela não fazia crimes.Detesta Matemática.A Angelina nunca teve muito jeito para ser líder aliás quem parece ser a líder é a Carolina.A Angelina é uma rapariga prestável mas quando é necessário mente.Adora conhecer pessoas e por isso é que não achou o Juilson e o Gonçalo estranhos.Tem 16 anos.Tem pena do Francisco e da Marta pois eles não sabem que a escola está cheia de assassinos.

Inês Rodrigues-Faz parte do clube da Angelina.Já matou o namorado e já foi para o clube da Letícia.Odeia que as amigas lhe digam que a Cristiana não é muito malvada e deseja ter sempre a razão.É muito desconfiada mas não vai notar que a Susana já matou alguém.Detesta o novo director da escola,José assim como também detesta a Letícia,o Bruno e a Cristiana.Tem 16 anos.

Carolina Riba-Tem 16 anos e é uma das raparigas que faz parte do clube da Angelina.É muito justa e sabe o que quer.Tem uma raiva enorme á Letícia e ao Bruno e desejaria matar o director da escola.Embora for a Angelina a líder do grupo quem é capaz de liderar melhor o clube é a Carolina.Não é indecisa como a Inês.Adora a Língua-portuguesa embora não ser muito boa.Vai achar o Gonçalo e o Juilson rapazes muitos estranhos e muito solitários de mais.Será que a Carolina tem razão e se calhar é verdade que o Juilson e o Gonçalo são muito estranhos?

Mariana Oliveira-Tem 16 anos,faz parte do clube da Angelina e já foi vitima da maldade da Letícia e do Bruno.É uma rapariga muito doce que todos adoram.É a rapariga mais doce do clube da Angelina.Ás vezes pode ser inocente demais mas tem sempre uma pequena raiva á Letícia e ao Bruno.Adoraria matar o director da escola e tem ciúmes da Cristiana.Porque é que tem ciúmes da Cristiana?Isso terão de ver com o decorrer da história.

Bernardo Setas-Tinha 38 anos e era o professor de Língua-portuguesa.Infelizmente não poderão vê-lo mas fiquem descansados pois embora não estar vivo,as personagens vão falar dele até ao fim da história.Pois o professor tem muitos segredos.

Diogo Marques-Era o professor de Inglês e tinha 39 anos.Infelizmente também não o poderão ver mas fiquem descansados que o professor também tem muitos segredos e os alunos vão falar dele principalmente o Bruno que adora o Inglês.

Juilson Vieira-Esta personagem ainda tem muita coisa para contar.Será assassino?ou será uma pessoa "normal"?a Mariana e a Carolina pensam que o Juilson é assassino.E vocês?o que acham?Só digo que ele tem 18 anos e que ao principio é muito solitário mas...

Gonçalo Belo-Este é outro personagem que ainda tem muita coisa para se contar.Será assassino?
Tem 18 anos e é amigo do Juilson.

Rosário Teles-É a nova professora de Língua-portuguesa tem 34 anos e muitos segredos.

Marta Fonseca-É filha da professora de Língua-portuguesa e irmã do Francisco.É muito desconfiada e indecisa.Tem 16 anos e adora ir a festas mas por azar não pode ir com o irmão Francisco pois é muito caseiro.Marta não tem amigas portanto não sai de casa.Quando vai para a nova escola percebe que os alunos são muito estranhos principalmente o Bruno,a Letícia e a Cristiana.

Francisco guerreiro-É o filho da professora de Língua-portuguesa e irmão da Marta.É muito caseiro.Vai notar que o Juilson e o Gonçalo são muito estranhos.Tem 17 anos.

Bruna Dias-É a nova professora de Inglês e o Bruno não vai gostar nada dela.Tem 45 anos.Tem muitos segredos e não gosta de os mostrar nem um pouquinho.É muito tímida e bebe bebidas alcoólicas.É muito solitária.

Teresa Ferreira-É a professora de Matemática.É uma mulher muito autoritária.Tem 42 anos.Esconde muitos segredos mas há um deles que vai prejudicar a escola e os alunos.

Aqui estão as personagens.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Continuação do capitulo 14

Aqui está o capitulo 14.

-Olá meus alunos,vou continuar com a matéria que demos que são as orações.
-Oh não orações não.-lamentou-se a Letícia.
O Bruno tocou no ombro da Letícia para ela virar-se e falar com ele.
-Letícia,não vais matar a professora pois não?-disse ele tão baixo para a professora não ouvir.
-Vou.
-Mas porquê?
-Eu disse-te que se a mulher ou o homem que fosse substituir falasse de orações que matava-o ou matava-a.
-Pois mas não podes fazer isso.
-Porquê?Eu posso fazer isso se quiser.
-Está bem tu é que sabes mas não faças mal há nossa professora de Inglês.
-Porquê?Tu disses-te que a mulher parecia uma velha.
-Sim mas é a minha disciplina preferida.
-Está bem vou tentar não a matar mas não prometo nada.
-Está bem.
Ao lado das mesas do Bruno e da Letícia,os filhos da professora de Língua-portuguesa,a Marta e o Francisco estavam a falar.
-Aqueles dois estão a falar muito.-disse a Marta.
-Quais dois?-perguntou o Francisco.
-O Bruno e a Letícia.
-Pois é,mas estão a preocupar-te?
-Sim,um bocado.Lembras-te da Susana dizer-nos que eles são maus e perigosos?
-Sim.
-Acho que estou mais preocupado com o Gonçalo e o Juilson.
-Porquê?
-Eles são esquisitos,não querem falar com ninguém,vão logo embora depois das aulas numa correria,é estranho.
-Pois também é.
-Agora fica atenta na aula se não a nossa mãe chama-nos a atenção.
A aula passou-se depressa e eles saíram para fora.Eles queriam aproveitar o intervalo mas o policia Pedro já estava á espera da turma para falar.
-Olá alunos eu sou o Policia Pedro e quero falar com vocês acerca da morte dos dois professores da vossa turma o de Língua-portuguesa e o de Inglês,façam o favor de se sentarem nesta mesa.
O policia apontou para uma mesa que estava no corredor perto da sala onde os alunos acabaram de ter Língua-portuguesa.
-Ora muito bem,eu já falei com a menina Susana portanto se quiser pode-se retirar.
-Não obrigada,quero estar presente.
-Está bem,a menina é que sabe.Vou primeiro que tudo falar com os meninos Tiago e David pode ser?
-Sim.-respondeu o Tiago.
-Muito bem,onde é que os meninos estavam quando a morte dos dois professores aconteceu?
-Eu estava em casa da Susana.-respondeu o Tiago.
-Então estava com a tia da Susana não estava?
-Sim.
-E eu estava em casa a jogar playstation 2.-disse o David.
-Está bem.
-Se quiser pormenores...estava a jogar um jogo de corrida de carros.
-Não quero pormenores,basta isto.E as meninas Letícia e Cristiana?
A Letícia e a Cristiana olharam-se e a Letícia começou a inventar qualquer coisa.
-Ah...estava em casa da Cristiana a jogar damas.
-Muito bem.E o menino Bruno?
-Estava a dormir.
-Em sua casa?
-Sim.
-E a menina Mariana?
-Estava em casa da Inês a almoçar.
-E a menina Carolina?-continuou o policia.
-Estava a brincar com o meu irmão.
-Menina Angelina?
-Estava a almoçar com a minha irmã num restaurante.
O policia Pedro continuou a perguntar a todos os alunos até chegar aos filhos da professora de Língua-portuguesa.
-E vocês?
-Estava a ouvir música com o meu irmão.-disse a Marta.
-E os meninos Juilson e Gonçalo?
O Gonçalo e o Juilson olharam-se e o Gonçalo quando desviou o olhar disse:
-Estávamos em minha casa.
-A fazer o quê?
-A mexer num cofre?
-Qual cofre?
A campainha tocou e eles despediram-se do policia Pedro.

Agora devem ter ficado com curiosidade de saber o que continha o cofre que o Gonçalo e o Juilson estavam a mexer na hora em que os professores foram mortos não é?
Pois vamos ao questionário:(aqueles que leram a história completa podem responder a 4ª pergunta)
1-O policia ficou desconfiado da Susana quando ela respondeu-lhe que estava em casa da tia a falar com o Tiago?
2-Como será que correrá os funerais?
3-O Francisco tem razão que o Gonçalo e o Juilson escondem alguma coisa?
4-Qual era o cofre que o Gonçalo e o Juilson tiveram a falar?O que será que continha ele?

Digam o que acham

domingo, 6 de setembro de 2009

Capitulo 14

Aqui está o capitulo 14:

A Susana foi falar com o policia:
-Olá sou o policia Pedro e menina Susana não vai ser presa fique descansada vim só falar consigo para ter a alguns dados.Então vamos começar...onde estava quando se deu a morte dos dois professores?
-Estava em minha casa a falar com um...amigo-tentou pensar bem na palavra para descrever o Tiago embora não fosse o momento adequado.
-Estava só com ele em sua casa?
-Não a minha tia estava também.
-Certo.Então não viu nada?
-Nada.
-Está bem diga aos seus colegas que todos vão ser chamados para falar comigo.
-Até os novos alunos?-perguntou a Susana.
-Até os novos alunos.Agora vá para a aula,já deve ter perdido metade e peço desculpa.
-Adeus senhor policia.
-Adeus.
A Susana foi para a aula e essa aula acabou depressa pelo que a Angelina,a Inês,a Carolina e a Mariana foram ter com a Susana saber o que se passou.
-Então como correu a conversa?-perguntou a Inês.
-Bem,e o policia Pedro vai perguntar a todos da nossa turma onde nós estávamos nesse dia.
-A todos?-perguntou a Mariana.
-Sim.
-Até aos novos alunos?-perguntou a Angelina.
-Sim.
-Meu Deus.E o que é que ele te perguntou?
-Onde é que eu estava quando os dois professores morreram.
-E por falar em morrer,quando é que é o funeral dos dois professores?-perguntou a Inês.
-Inês,eu acho que já foi.-respondeu a Susana.
-Não foi nada,é amanhã ás 10:00.-acertou a Mariana.
-E então vocês vão?-perguntou a Inês.
-Eu ainda vou perguntar á minha tia.-respondeu a Susana.
-E nós também.-disseram a Carolina,a Mariana e a Angelina ao mesmo tempo.
-Mas amanhã vamos faltar as aulas se formos ao funeral.-disse a Susana.
-Não vamos nada,a escola vai fechar para irem todos ao funeral,aliás funerais.-disse a Carolina.
-Os funerais vão decorrer no mesmo dia?-quis saber a Susana.
-Sim,o primeiro é do professor de Inglês porque foi morto primeiro e depois é o do professor de Língua-portuguesa.-explicou a Angelina.
-Não vai haver intervalo entre os dois?-perguntou a Susana.
-Sim,vai haver,mas os dois vão ser no mesmo dia.-disse a Mariana.
-Está bem.
A campainha tocou para irem para a aula de Língua-portuguesa e elas lá foram.

Desculpem amanhã posto o capitulo 14.Hoje não tive muito tempo.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Capitulo 13

Aqui está o capitulo 13 e vai entrar mais uma personagem na história.Leiam:

O dia começou muito bem e a Susana ás 8:30 já estava na escola a falar com os novos alunos(os filhos da professora de Língua-portuguesa)
-Gostam da turma?-perguntou a Susana.
-Sim,é engraçada.-respondeu a Marta.
-Gostam de todos os alunos?
-Sim,porquê?-pergunta o Francisco.
-Eu também sou nova aqui e quando vim não gostei de três alunos.
-Quais?-perguntou a Marta.
-A Letícia,a Cristiana e o Bruno.
-Eu ainda não falei com eles.-disse o Francisco.
-Nem eu.-disse a Marta.
-Mas é melhor não falarem porque eles não são bons?-disse a Susana.
-Como assim?não são bons?-perguntou a Marta.
-Têm de saber por vocês,não vos posso ajudar,vou-me embora mas se precisarem de alguma coisa avisem.
-Está bem.-respondeu o Francisco.
Entretanto o David e o Tiago estão a falar na biblioteca da escola enquanto estavam a fazer os trabalhos de casa de matemática que já eram para ser feitos á mais tempo pois tinham ás 8:45 a aula.
-Não percebo nada disto.-disse o David.
-Nem eu.-diz o Tiago.
-Preparado para dizer á professora que não fizemos?
-Não,eu ainda vou tentar,ainda falta dez minutos para irmos para a aula.
O David mudou de assunto.
-Então e a Susana como vai?
-Bem porquê?
-Conte-me a verdade menino Tiago,o que se passa?
-Bem a verdade,quer dizer,eu nem era para te contar-começou a ficar embaraçado-mas tu és o meu melhor amigo e tenho a certeza que não contas a ninguém.
-E não conto,diz lá.
-Ah,bem eu,não tenho a certeza mas...
-Mas?
-Eu acho que estou apaixonado pela Susana.
-Eh pá que batem os tambores.
-Cala-te!
-Falem baixo meninos!-avisa a dona da biblioteca a senhora Alice.
-Está bem senhora Alice.-disse o Tiago que depois virou-se para o David-seu idiota disse-te para não contares a ninguém.Ah,então sendo assim como vai a Cristiana?
-Vai bem,eu já não tenho nenhum caso com ela.
-Pois é passado.-o Tiago olhou para o relógio que tinha no pulso-David,agora vamos para a aula,estamos atrasados dois minutos.
Quando o David e o Tiago foram para a aula a professora Teresa já estava a dar a sua aula.
-Menino Tiago e menino David chegaram atrasados,vão levar falta.
O David sussurrou ao Tiago:
-A esta aula não podemos faltar,a professora não perdoa.
-Também acho.-concordou o Tiago.
A aula é interrompida por um policia.
-Desculpe professora Teresa por estar a interromper a sua aula mas preciso de falar com a menina Susana.

Gostaram do capitulo?
Vamos ao questionário?(as pessoas que leram a história completa não podem responder)
1-A Susana quer pôr os filhos da professora de língua portuguesa contra a Letícia,o Bruno e a Cristiana?
2-Será que afinal não é passado o namoro do David com a Cristiana e se calhar ainda estão apaixonados?

Espero que acertem.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Capitulo 12

Olá!está aqui o capitulo 12 no blogue.Várias pessoas pediram-me para pôr as personagens da primeira e da segunda história:a idade,o nome,o que faz na vida etc...como foram mais de 15 pessoas a pedirem-me eu vou pôr já as personagens da primeira história mas só vou pôr ainda umas poucas personagens.Amanhã ou depois de amanhã meto mais.Agora vamos ao capitulo 12:

Os alunos entraram e sentaram-se nas cadeiras e não tardou a chegar a nova professora.
-Olá alunos sou a vossa nova professora de Língua-portuguesa a Rosário e espero que gostem da matéria.
-Se for de orações mato-a.-falou baixinho a Letícia para a Cristiana.
-Tenho dois alunos para vos apresentar,são o Francisco e a Marta os meus filhos.Já os matriculei e vão ficar este ano nesta turma e espero que façam mais duas amizades.O director pediu-me para apresentar outros dois alunos que são o Juilson e o Gonçalo,que vieram de outro país e esperemos que se adaptem bem á escola.E agora sim vamos começar a aula com orações.
A Letícia gritou ao ouvir a palavra "orações" .
-O quê?
-O que se passa menina?-perguntou a professora.
-Acalma-te Letícia.-pediu a Cristiana.
-Sim acalma-te.-concordou o Bruno.
-Orações não por favor.-queixa-se a Letícia.
-Mas tem que ser.-disse a professora.
-Está bem.-acalmou-se a Letícia.Mas a verdade é que não estava nada bem.
A aula acabou depressa e a Letícia,Cristiana e o Bruno foram falar com os novos alunos (Juilson e Gonçalo)
-Olá,são novos alunos não são?-perguntou a Letícia.
-Sim.-respondeu o Gonçalo.
-Já mentiram?-perguntou a Letícia.
-Porque é que querem saber isso?-perguntou o Juilson.
-Por nada,só para saber.-respondeu a Letícia.
-Nós já mentimos porquê?-perguntou o Juilson.
-Por nada é que se quiserem podem vir para o nosso clube.-disse a Cristiana.
O Bruno deu-lhe um encontrão no braço.
-Não liguem ela é maluca.-disse ele.
-Pois sou.-disse a Cristiana já a perceber que tinha feito asneira.
-Não temos nada a fazer aqui adeus.-disse o Gonçalo.
-Esperem temos de falar e de conhecermo-nos melhor.-gritou a Letícia.
Eles foram-se embora e não quiseram dar ouvidos á Letícia.
-Que raiva,Cristiana.Bruno,acho que eles têm muita coisa a contar-nos.
-Também acho,mas não são só eles,a Susana também.-disse o Bruno.
-Pois é,e o pior é que não nos querem contar.-disse a Cristiana.
-Mas nós vamos descobrir.-disse a Letícia.
As aulas acabaram e a Susana foi para casa.
-Olá tia.
-Olá sobrinha,então como foi o dia?
-Bem.Vou para o meu quarto,até já.
-Está bem.
Ela foi para o quarto...

Gostaram do capitulo?

Vamos ao questionário:(as pessoas que leram a história completa não podem responder ás perguntas)
1-A Letícia irá matar a professora Rosário?
2-A Letícia e o grupo dela estão certos que o Gonçalo e o Juilson escondem alguma coisa?

Espero que acertem ás perguntas.

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Capitulo 11

Neste capitulo vai entrar dois personagens novos.Serão assassinos?No capitulo 12 vão perceber.Agora é a vez do capitulo 11.Espero que gostem.

Em casa do director da escola,a Letícia está a falar com o Bruno pelo telemóvel.
-Bruno,não dá para acreditar o que aconteceu hoje á tarde.
-O que aconteceu?mataram o professor de Língua-portuguesa?
-E não só,também matámos o professor de Inglês.
-O quê?o da minha disciplina preferida?-gritou o Bruno.
-Ele estava na mesma hora na escola onde estava o outro professor e então para não nos atrapalhar matámo-lo.
-Vocês são incríveis e agora onde estão os professores?
-Ficaram lá na escola.
-E quem vai ficar com as culpas?
-Quem é que haveria de ser,a Susana.
-E quem a vai acusar?
-Tu,ainda não fizeste nada para contribuir.
-Eu,tens a certeza?
-Sim,vais dizer que a viste na escola.
-Está bem,até segunda-feira.
-Até segunda-feira.
A noite de Sábado correu depressa e o domingo também,segunda feira chegou com uma manhã radiante mas a Susana mal sabia o que ia acontecer.
Na escola,o director José estava no pátio a contar a novidade aos alunos.
-Meus queridos alunos aconteceu uma novidade catastrófica,os dois professores da turma do 11ºc,o professor Bernardo de Língua-portuguesa e o professor Diogo de Inglês morreram no Sábado,nesse caso os professores vão ser substituídos por outros.
-Director foi morte natural ou foram mortos?-perguntou o David.
-Foram mortos David,e os policias vão investigar,se virem guardas na escola é porque estão a investigar.Agora já não tenho mais nada a fazer aqui,adeus.
-Director,desculpe não é preciso os guardas andarem pela escola a encontrarem quem foi,eu sei,vi-a na escola.
-E quem foi Bruno?-perguntou o director.
-A Susana.
-Tens pistas?-perguntou o director.
-Não,mas eu vi-a.
-O quê?Eu não fiz nada.-defendeu-se a Susana.
-Eu sou testemunha,eu estive com ela,em casa dela,no Sábado.-disse o Tiago.
-O quê?-gritou a Letícia.
-Não pode ser ela.-defendeu o Tiago.
-O quê?tu estiveste com ela?-gritou de novo a Letícia.
-Sim,porquê algum problema?-perguntou o Tiago.
-Sim claro que há problema.-disse a Letícia.
O director José acalmou os alunos.
-Calma,não vamos fazer uma tempestade num copo de água,a policia vai investigar o caso e se acontecer alguma coisa eu comunico-vos.
-Está bem pai.
-Agora andem para as aulas.-disse o director.
Os alunos lá foram para as aulas e a turma do 11ºc estava desejosa de descobrir quem era o novo professor ou professora de Inglês.
-Olá meus queridos alunos eu sou a Bruna e vou ser a vossa nova professora de Inglês e espero que gostem da minha forma de ensinar.
-Quem é esta?-perguntou o Bruno a falar baixinho.
-É a nova professora de Inglês,estás satisfeito?-perguntou a Letícia.
-Então não estou,a professora parece uma velha.
-Letícia acho que fizemos mal em matar o professor,não?-perguntou a Cristiana.
-Agora não há nada a fazer.-disse a Letícia.
-Podem matá-la,já me dói a barriga e esta é só a primeira aula que temos com ela.-disse o Bruno.
-Aguenta até agora,se for má,nós matamo-la.
A aula terminou depressa e a Angelina,a Mariana,a Carolina e a Inês foram ter com a Susana.
-Então está tudo bem?-perguntou a Carolina.
-Não,estou a ser acusada de uma coisa que não fiz,acham isto normal?-perguntou a Susana.
-Não,mas esta escola é assim,desde que a Letícia veio que a escola está horrível.-disse a Mariana.
-Porque não a expulsam da escola?-perguntou a Susana.
-Não é bem assim,ela não fez nenhum crime pelo menos é o que a escola pensa.-disse a Angelina.
-E vocês?Não a acusam?-perguntou a Susana.
-Para quê?não serviria de nada,ainda pensavam que éramos nós.-disse a Carolina.
-Isto não pode ser assim eles estão a estragar a escola.-disse a Susana.
-Mas o que queres que nós façamos,não podemos fazer nada.-disse a Inês.
-Eu iria jurar que foram eles que mataram os professores mas agora eu não tenho provas.-disse a Carolina.
-Eu não os conheço mas está na cara que foram eles ,para o Bruno me acusar a mim,então são eles só pode.-disse a Susana.
-Como podes estar tão certa disso?-perguntou a Inês.
-Não sei mas se já mataram pessoas também podem matar mais a não ser que estejam arrependidos.
-Não nos parece que estejam arrependidos.-disse a Mariana.
-Se tivessem morto só um pessoa ainda podiam estar arrependidos mas assim.-disse a Angelina.
-Concordo com a Angelina-disse a Inês-se só tivessem morto uma pessoa ainda podiam estar arrependidos mas a matar tantas parece que não estão.
-Agora os policias vão vaguear pela escola para descobrir pistas e de certeza que vão perguntar-nos coisas-disse a Mariana.
-Vocês vão dizer a verdade?-perguntou a Susana.
-Claro,a verdade sempre a verdade.-disse a Carolina.
-E se for a pergunta:"se já mataram alguém"?
-Dizemos a verdade.-disse a Angelina.
- Têm a certeza?
-Sim.-disse a Angelina.
Entretanto as raparigas chocam com dois alunos que não conhecem de lado nenhum.
-Desculpem,não vos vimos mas,nós não os conhecemos quem são vocês?-perguntou a Inês.
-Nós somos novos na escola,eu sou o Juilson e ele o Gonçalo,eu vim de Cabo-verde e ele de Angola.
-Bem vindos á escola,precisam de ajuda?-perguntou a Carolina.
-Sim,vocês são alunas do 11ºc?-disse o Gonçalo.
-Sim,porquê?também são?-perguntou a Mariana.
-Sim,e precisávamos de saber qual é a nossa próxima aula.-disse o Juilson.
-É a de língua portuguesa na sala 1.-esclareceu a Angelina.
-Obrigado.-agradeceu o Gonçalo.
-De nada.-respondeu a Inês.
Os dois rapazes saíram e as raparigas começaram a falar.
-Eles parecem estranhos.-disse a Carolina.
-Se calhar até são.-disse a Mariana.
-Não digam disparates.-disse a Susana.
-É verdade.-continuou a Mariana.
A campainha tocou para irem para a aula.
-Vamos para a aula meninas.-disse a Susana.

Agora vamos ao questionário:(quem já leu a historia completa pode responder a pergunta 2)
1-Será que o Bruno não irá aguentar a professora Bruna e irá mata-la?
2-A Angelina e as 3 amigas foram sinceras para a Susana quando dizeram que iriam dizer toda a verdade aos policias?
3-O Juilson e o Gonçalo são só simples novos alunos ou a Carolina e a Mariana estavam certas de eles serem "estranhos"?

Espero que acertem.

Continuação do capitulo 10

Aqui está a continuação do capitulo 10 desculpem não pus ontem porque tive a escrever os últimos capítulos da terceira história que ainda de momento não tem titulo.Para compensar vou postar também o capitulo 11.Espero que gostem e que respondam ás perguntas.

-Susana,se tu não quiseres contar estás á vontade,tu ainda não tens confiança em mim é normal que não contes,mas podias não mentir.Podias só dizer que não querias contar,não és obrigada a contar-me.
-Juro-te que é só por causa dos meus pais.
-Está bem,tu é que sabes.Vamos mudar de assunto.
Ficaram a conversar até á hora do jantar (20:00) até que a tia da Susana foi ter com eles.
-Está o jantar pronto,Tiago queres jantar connosco?
-Não obrigado.
-Podes ficar,se quiseres liga á tua mãe.
-Está bem.
E lá foi o Tiago ligar á mãe.
-Mãe...vou jantar fora...desculpa,não te avisei...vou jantar em casa de uma colega,aliás amiga...adeus.-desligou o telemóvel.
A palavra amiga ,a Susana não estava á espera que ele disse-se,sentiu-se mal e bem ao mesmo tempo.
-Agora que falas-te com a tua mãe vamos comer.
Começaram a comer animadamente,quer dizer,só a tia é que comia animadamente porque o Tiago estava um bocado mal por estar a comer numa mesa que desconhecia e a Susana estava a olhar para o prato nervosa mas finalmente o jantar acabou e o silêncio também pela voz da tia da Susana.
-Agora vais para casa não é Tiago?
-Sim,porque se não a minha mãe mata-me.-disse o Tiago a brincar.
-Está bem,então adeus.
-Adeus senhora Elisa,até segunda Susana.
-Adeus Tiago..-disse a Susana.
Ele foi-se embora e a tia da Susana falou com ela.
-Susana,com que então já tens amigos?
-Nem por isso.
-Mas e então aquele rapaz?
-Só descobriu a minha casa por azar.
-Mas ele vai preencher o teu futuro se...não lhe mentires.
-O que queres dizer com isso?Eu e o Tiago somos só colegas,aliás acho que amigos.
-Pois,até são amigos mas se tu queres que a relação avance não podes mentir a ele.
-Tia não me digas que tiveste a ouvir a nossa conversa no meu quarto?
-Sim desculpa querida foi difícil não ouvir.
-Está bem.
-Querida,andas a mentir a ele eu sei,porque é que fazes isso?
-Tia não me apetece falar.
-Susana,por pior que seja não vais passar os anos todos a mentir,tenta perceber isso.Agora anda ajudar-me a levantar a mesa.

Gostaram do final do capitulo?
Agora é a vez do questionário:(as pessoas que leram a história completa não podem responder á pergunta)
1-Será que a Susana ainda vai dar ouvidos á tia e contará a verdade ao Tiago?

Espero que respondam e que acertem.