segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Uma vida de sombra-capitulo 4

Aqui está a continuação da história uma vida de sombra.Obrigado pelas vossas respostas.Não digo que responda a todas as respostas só neste capitulo que só vai ser um porque tenho uma pergunta a fazer-vos.Amanhã escrevo o capitulo 5.Espero que gostem deste capitulo e que respondem ás perguntas.

-Olá tia!
-Olá querida como correu o dia?
-Bem.
-Que bom!Olha contaste-lhes o que se passou contigo da outra vez?O teu passado?
-Do João?
-Sim.
-Não tia.Eles nem perguntaram-mentiu-vou dormir,estou cansada.
-Adeus.
Mas quando foi para o quarto para ir dormir,não foi.Abriu a gaveta da sua secretária e tirou de lá um diário que ela escrevia há muito tempo.Pegou numa caneta e escreveu o seguinte:
"querido diário,o meu primeiro dia de aulas foi surpreendente.Conheci todos os professores das minhas disciplinas e foram bastante simpáticos,o mais surpreendente de todos foi 3 alunos que matam pessoas,foi incrível!Quem me contou foram 4 raparigas que são muito simpáticas e já os conheciam há muito tempo.Descobri que duas das quatro raparigas que falaram comigo já tinham morto pessoas e já tinham estado no "clube"dos três alunos.No meio daquela conversa ia sendo apanhada,elas com um bocado de sorte iam descobrir que eu tinha morto o João.Eu não o matei mas as autoridades pensam que sim,só de pensar o que fiz no passado.Vou relembrar-me:
Era na escola,na antiga escola,numa sexta-feira um dia de sol radiante,uma rapariga que eu não simpatizava muito,chegou á minha mochila ás escondidas estava eu na casa de banho mas tinha deixado a mochila fora da porta,pôs-me uma faca dentro da mala e saiu.Eu como não sabia de nada,levei a mochila como se nada fosse e andei.De repente,no bar,o João estava a sentir-se mal disposto e estava a ter uma tontura,eu tirei a mochila das costas e ia para ir buscar uns comprimidos para lhe passar as tonturas e deparo-me com uma faca.Pus a faca na beira da mesa e foi nesse instante que ele tropeçou na mesa e caiu,eu tropecei no pé dele e acabei por cair também,nesse instante comecei a ver que a faca ia cair e pequei nela mas não tive forças e deixei cair a faca matando-o.Foi horrível.Bem,amanhã é outro dia,vou ver o que acontece,adeus diário."
Fechou o diário,meteu-o no sitio e foi dormir.


Aqui está o questionário:(são só duas perguntas desta vez e as pessoas que já leram a história completa só podem responder á 2ª pergunta)aqui vai:

1-Quando será o dia em que a Susana dirá á tia que mentiu-lhe e que na verdade os colegas perguntaram-lhe e ela não lhes disse a verdade?
2-Para vocês,será que com tudo isto o que aconteceu no passado a Susana tem perdão?

6 comentários:

  1. respostas ao kestionario:
    1-nao haverá dia.a susana nao vai kontar nada a tia.
    2-a susana nao tem perdao,se nao konta a ninguem entao e porkue sabe que mereke kastigo

    ResponderEliminar
  2. respostas as questionario
    1-vai ser o dia em que a susana vai pedir a tia para sair da escola.se sair.
    2-ela nao matou o namorado a rapariga malvada e que pos a faca na mochila dela

    ResponderEliminar
  3. questionario
    1-acho que ela nao vai contar nada a tia ela e muito timida e nao se sabe decidir
    2-ela nao tem perdao.ela escondeu aos colegas que matou o namorado.ela merecia prisao.

    ResponderEliminar
  4. respostas do questionario:
    2-eu sou bom para juiz mas diria que ela tem perdao ate porque a faca nao era dela.

    diana ainda bem que fazes estas perguntas aqueles que ja leram a historia completa e muito bom para nos tambem comtribuirmos.continua assim.um abraco

    ResponderEliminar
  5. 1 - a susana vai contar a tia , pois ela é sincera e não vai viver com aqele tromento a vida toda
    2-a sussana é uma má influencia , mas cá para mim ela via é continuar a matar ahhahhaa

    ResponderEliminar
  6. Resposta ao kestionario:
    2-axo k a susana tem perdao pk foi um acidente akela rapariga malvada e k teve a kulpa ela e k devia ir por nao so pelo krime mas tb por estragar a vida a susana.

    kontinua axim estas a ir mt bem!

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário, a sua opinião é importante para o escritor.